O tamanho de um São Bernardo pode até assustar em um primeiro contato.

Porém, logo em seguida, o medo pode ser transformado em encantamento!

Isso acontece porque esse grandalhão tem um coração enorme e amável.

E alguns especialistas o consideram o maior cachorro do mundo. 

Com um porte enorme, corpo forte e musculoso, essa raça é descendente dos mastiffs. 

Originados na Suíça, ele é famoso em todo o mundo e já esteve entre as raças mais populares do mundo. 

Mas hoje, de acordo com a classificação da AKC, que lista as raças de acordo com sua popularidade, o São Bernardo ocupa o 49° lugar. 

Quer saber mais detalhes sobre esse grandalhão bondoso?

Então continue lendo esse artigo e confira o guia completo dessa raça. 

Perfil da Raça São Bernardo

Grupo: Cães de Trabalho

Tamanho: Porte Grande

Peso: Tanto machos como fêmeas podem pesar de 54 a 90 quilos.

Altura: Tanto machos como fêmeas podem ter uma altura de 63.5 cm e 76.2 cm. 

Expectativa de vida: de 8 a 10 anos.

Origem: Suíça

Pelagem: curto ou longo 

Cores: Preto e branco, vermelho e branco 

Destaques da Raça São Bernardo

São Bernardo São Protetores

Essa é uma raça bastante protetora. 

Mas não se preocupe, eles não são nem um pouco agressivos. 

Aliás, o São Bernardo se adapta a todo tipo de pessoa. 

Por isso, é uma raça perfeita para ser criada dentro de casa com uma família grande (como ele). 

São Bernardo São Dorminhocos

No dia a dia, o São Bernardo vai amar passar horas relaxando e dormindo.

Porém, ao acordar do descanso, ele estará de energia e pique para correr e fazer festa, apoiando-se sobre seus tutores. 

Prepare-se para esse afago de muito peso. 

São Bernardo São Muito Sociáveis

Essa raça é bastante sociável e companheira. 

Eles adoram passar bastante tempo com os seus donos e costumam aprender os comandos com facilidade. 

Entretanto, ele também costuma ser um pouquinho teimoso, tendo o seu próprio ritmo. 

Se ele não quiser fazer algo, ele vai deitar no chão e não sairá do lugar. 

História da Raça São Bernardo

Embora as verdadeiras origens da raça São Bernardo não estejam bem documentadas, alguns aspectos desta extraordinária raça são conhecidos. 

Sabe-se que raça teve origem nos Alpes Suíços e foi desenvolvida a partir do cruzamento de antigos cachorros “Molossos”. 

A história mais antiga da raça remonta ao século XI, a um monge chamado Bernard de Menthon e seu Mosteiro nos Alpes entre a Itália e a Suíça.

Não está claro quando os cães foram usados ​​pela primeira vez no Mosteiro.

Foram monges residentes da região que preservaram e aprimoraram a raça, passando a criar os São Bernardos por volta de 1660.

Porém, foi encontrada uma pintura representando cães de pêlo curto bem construídos que se assemelhavam muito a São Bernardo como são hoje, datada de 1695. 

Já a primeira menção escrita da raça nos registros do mosteiro foi em 1703.

O isolamento do mosteiro provavelmente contribuiu para o refinamento dos cães em uma raça que poderia suportar invernos rigorosos e tinha as características físicas necessárias para seu trabalho de busca e resgate.

Inicialmente, essa raça era utilizada como cães guardiões e de tração.

Foi a partir do século 18 que eles se mostraram ótimos cães de resgates para viajantes soterrados na neve ou perdidos.

Ainda em por volta de 1800, os cães do mosteiro não tinham um nome formal, embora fossem bem conhecidos. 

Entre 1800 e 1810, um cão do hospício chamado Barry foi creditado com 40 resgates e se tornou um dos cães mais famosos que já existiram e freqüentemente, os cães eram chamados de “Barryhunden” em sua homenagem.

Já os ingleses se referiam a eles como cães sagrados e importaram muitos deles para a Inglaterra em um esforço para revigorar sua própria raça Mastiff. 

Na Alemanha, o nome AlpenDog foi sugerido para a raça na década de 1820. 

Em 1833, um homem chamado Daniel Wilson sugeriu que a raça fosse chamada de São Bernardo, e foi isso que eles se tornaram quando o Kennel Club Suíço reconheceu a raça em 1880.

Em 1887, o Congresso Internacional de Zurique elaborou o primeiro padrão da raça e todos os países, exceto a Inglaterra, o aceitaram.

Personalidade da Raça São Bernardo

Fiéis a sua herança genética do Mosteiro Alpino, o São Bernardo é um cachorro muito dócil e carismático. 

Ele foi considerado por estudiosos a raça mais sociável com estranhos. 

De acordo com o Livro A Inteligência dos Cães, ele ocupa a 65° posição, demonstrando que não é muito obediente quando se trata de aprendizagem.

Então, o recomendado é que essa raça seja treinada desde cedo para que se acostume com as suas obrigações. 

Além disso, essa raça gosta bastante de contato com as pessoas de sua família e de grandes espaços onde possa brincar e fazer suas atividades.

Saúde do São Bernardo: Veja os Pontos Críticos

A raça São Bernardo tem uma expectativa de vida de 8 a 10 anos. São geralmente saudáveis, mas, como todas as raças, estão propensas a certos problemas de saúde.

Nem todos os São Bernardo vão adquirir essas doenças, mas é importante estar ciente delas se você estiver pensando em ter um cachorrinho desta raça.

Displasia de quadril

Ocorre desenvolvimento anormal e/ou degeneração da articulação coxofemoral (quadril).

Entrópio 

Entrópio é a inversão, ou a virada para dentro, de todo ou parte da borda de uma pálpebra, ou das duas.

Catarata

Esta doença causa uma opacidade na lente do olhos causando dificuldade visual.

Os sinais de catarata aparentam como uma mancha branca na lente do olho.

A catarata pode ser tratada cirurgicamente.

Epilepsia: 

Doença caracterizada por aparecimento de convulsões periódicas ou não, causada por disfunções cerebrais.

A convulsão em si não é um sinal de epilepsia somente. Portanto outros problemas de saúde devem ser descartados.

Displasia de Cotovelo

É uma má-formação da articulação do cotovelo, onde as taxas de crescimento dos três ossos que a compõem causam frouxidão nesta articulação.

Trata-se de um problema muito comum em raças de cachorros de grande porte. 

Alergias

São reações excessivas do sistema imunológico a um alérgeno, que é qualquer substância que seja capaz de induzir uma reação nesse animal em particular.

O tratamento para alergias deve ser direcionado a eliminar o alérgeno da convivência do cachorro.

Torção-Dilatação Gástrica 

Muito comum em animais de grande porte.

Nesta doença pode ocorrer a torção completa ou parcial do estômago.

Pode acontecer principalmente com cachorros que são alimentados apenas uma vez ao dia, e logo em seguida fazem exercícios vigorosos.

Sem atendimento  veterinário imediato, o cachorro pode morrer.

Pelagem do São Bernardo

O São Bernardo pode ser encontrado na pelagem curta ou longa. 

O padrão de pelo curto é lisa, mas densa, o pelo é ligeiramente espesso nas coxas e a cauda é coberta por pelos longos e densos que se tornam mais curtos na direção da ponta. 

O pelo comprido é ligeiramente ondulado, mas nunca encaracolado ou crespo e mais assentado. 

Cuidados e Higiene Com o São Bernardo

O São Bernardo precisa de atividades diárias para evitar problemas com obesidade. 

Mas não é preciso nada muito longo. 

Bastam caminhadas moderadas ou corridas com distâncias curtas, pois essa raça gosta do clima frio e não se sente bem no calor. 

Além disso, se sentem mais felizes quando podem ter acesso tanto para a casa, como para o quintal.

Sua pelagem, independentemente de ser longa ou curta, precisa de escovação semanal. 

E todos os São Bernardos babam de forma considerável, então considere limpar os pelos próximos da boca e pescoço pelo menos 2x por semana com um sabonete específico para cães.

Se não tiver esta possibilidade, pelo menos limpe com um pano úmido.

Convívio do São Bernardo Com Crianças e Outros Pets

O São Bernardo pode receber o apelido de babá de crianças, de tão perfeito que é um relacionamento com os pequenos. 

Além de ser um cão bondoso, ele também é amistoso com qualquer que seja a criança. 

E o mesmo vale para o relacionamento com outros pets.

Apesar do tamanho, o São Bernardo pode conviver tranquilamente com outros animais da sua casa, inclusive cães em miniaturas e gatos.

Alimentação do São Bernardo

Uma dieta bem equilibrada é vital para manter seu São Bernardo saudável e feliz.

Para uma boa nutrição, garanta que a sua dieta contenha equilíbrio de todos os nutrientes essenciais.

Uma suplementação com vitaminas e minerais pode ser feita se necessário. Para isso, fale com seu veterinário.

Conhecer alguns fatores básicos de dieta e nutrição vai ajudar você a determinar que tipo de dieta é melhor para seu São Bernardo.

Como com todos os seres vivos, existem cinco elementos básicos que são necessários para a saúde ideal do seu São Bernardo.

São eles: vitaminas, minerais, proteínas, gorduras e carboidratos (com restrição).

Outro elemento muito importante é a água, que é essencial para o organismo do seu São Bernardo.

As quantidades de cada elemento podem variar de acordo com a idade, nível de atividade, condições de saúde e/ou doença.

Todos estes nutrientes combinados, somam-se em suas calorias para montar uma dieta ideal.

Para calcular a quantidade de calorias que seu cachorro deve comer acesse esta calculadora de calorias própria para cachorros aqui.

Aconselhamos, no entanto, que o ideal é que você consulte o médico veterinário.
Ao escolher entre as opções de rações comerciais seca ou úmida (ou ambas) ou a alimentação natural para cachorros certifique-se de estar oferecendo a melhor nutrição.

Mantenha seu São Bernardo em boa forma, sempre colocando a quantidade correta de alimento, e dividindo em 2 ou 3 refeições ao dia.

Preço de um Filhote de São Bernardo

Essa é uma dúvida frequente para muitas pessoas que estão em busca do seu filhote perfeito.

O preço de um filhote de São Bernardo pode variar absurdamente de um criador para outro.

Algumas variáveis que compõem o preço de um filhote, seja ele São Bernardo ou de outra raça, são: 

Os custos que o criador tem para adquirir e para manter as matrizes; 

Os custos de todos os cuidados dispensados para produzir uma ninhada;

Os custos com veterinários e outros profissionais envolvidos.

Ou seja, quanto maior o nível de profissionalismo e cuidado com todos os animais envolvidos, maior é o preço de um filhote.

Em contrapartida, infelizmente, existem criadores que mantêm seus cães em situações de vida insalubres e, por isso, têm um preço mais baixo.

Fuja deles!

Estas questões não a regra e, por isso, é totalmente indicado que você pesquise a fundo como são as condições de criação e a reputação desse criador de cães. 

Faça várias visitas ao canil, de preferência sem hora marcada, para certificar que está fazendo uma escolha certa.

Em nossa pesquisa encontramos preços de São Bernardo entre R$ 1.900,00 a R$ 5.000,00. 

Agora que você já sabe tudo sobre seu São Bernardo, queremos saber como é seu convívio e de sua família com essa raça incrível.

Compartilhe conosco suas experiências com seu São Bernardo deixando um comentário.

Além disso, também criamos uma hashtag perfeita para você e seu São Bernardo.

Publique no seu Instagram, uma foto do seu São Bernardo com a seguinte hashtag #saobernadossincriveis.

Você poderá ter uma foto do seu São Bernardo aqui neste artigo!

Nos ajude também a compartilhar essas informações e ajudar centenas de milhares de pessoas com seus São Bernardo.

Compartilhe com seus amigos ou em suas redes sociais.

Um AUbraço! E até o próximo artigo!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorAprenda Agora: Como Ensinar o Cachorro a Sentar
Olá, Humanos Incríveis, me chamo Mariana Godoy, e sou uma Veterinária Incrível! Eu sou apaixonada por cachorros, e amo compartilhar Informações Incríveis que vão facilitar a sua vida!