samoieda 3

O Samoieda é uma das raças de cachorro que tiveram sua origem na Sibéria.

Ele foi originalmente criado para caçar, puxar trenós e pastorear os rebanhos.

Entretanto o Samoieda provou ser uma companhia valiosa para sua tribo, os “Samoyedes”.

Os membros da tribo Samoyede eram nômades pacíficos que manifestavam um amor extraordinário por seus belos cães, tratando-os como membros da família.

Assim, seus cães desenvolveram amor, confiança e lealdade, característica que é mantida na raça até hoje.

O Samoieda também é um cão alegre.

Aliás, ele apresenta um sorriso no rosto, que é uma das razões pelas quais a raça se tornou popular.

Essas e outras características do Samoieda você vai ver aqui, neste super guia que a Cachorros Incríveis preparou para você.

Perfil da Raça Samoieda

Grupo: Cães de Trabalho

Tamanho: Porte Grande

Peso: Os machos podem pesar de 20 a 30 quilos, já a fêmeas, de 16 a 20 quilos.

Altura: Os machos podem podem ter de 53 a 60 centímetros, já as fêmeas, de 48 a 53 centímetros de altura.

Expectativa de vida: de 12 a 13 anos.

Origem: Sibéria

Pelagem: revestimento duplo, comprimento médio

Cores: Branco, Branco e Prata, Branco e Creme

Destaques da Raça Samoieda

Samoiedas São Amorosos e Leais Por Natureza

Samoieda é uma delícia de se ter por perto graças à sua natureza carinhosa, divertida e alegre.

Desde sua criação, eles apresentaram um grande companheirismo com seus humanos.

Entre os antigos deveres da raça estavam fazer caminhadas, rastrear alimento para tribo e aquecer seus donos dormindo em cima deles à noite.

Samoiedas São Extremamente Tolerantes Com Crianças

Esse traço de sua natureza amorosa é incrivelmente perceptível.

Geralmente, Samoiedas são muito pacientes com crianças de todas as idades.

Eles são deliciosos companheiros de brincadeira e fiéis protetores das crianças.

Samoiedas Têm Alto Custo de Manutenção

A pelagem branca e fofa do Samoyed é linda, mas mantê-la em bom estado requer cuidados rigorosos.

Eles têm bastante queda de pelos durante todo o ano e que aumenta ainda mais nas épocas de troca de pelos.

Espere escovar o cão e aspirar sua casa diariamente durante a temporada de troca de pelos.

História da Raça Samoieda

O Samoieda que conhecemos hoje possui uma ascendência interessante e são considerados cães do grupo Spitz.

Ele recebeu o nome da tribo Samoyede, que eram nômades asiáticos que se acredita serem descendentes dos mongóis.

Mas, inicialmente, eram chamados de “Bjelkier”.

Nome pelo qual ainda é chamado em vários lugares do mundo, principalmente na Europa.

A tribo Samoyede criou esses cães brancos principalmente para ajudar na criação de renas e para puxar os trenós quando se moviam.

E os Bjelkiers acabaram sendo bastante úteis e altamente valorizados por esse tipo de trabalho.

Além disso, eles eram tão estimados que filhotes e adultos da raça viviam com seus mestres dentro de seus alojamentos, conhecidos como “chooms”.

Foi durante os séculos XVII e XVIII que os exploradores russos começaram a viajar pela Sibéria, onde perceberam a eficiência do Bjelkier como cão de trabalho.

Eles começaram a ser usados ​​para puxar trenós de coletores de impostos e para ajudar os exploradores a viajar pelas regiões siberianas da Terra.

Eles também reconheceram a beleza desses cães e, como tal, o czar da Rússia se interessou pela raça e até ofereceu alguns deles aos nobres e às realezas européias.

Logo o Bjelkier foi premiado com “status real” com o intuito de proteger a raça do mundo exterior.

Outros entusiastas da raça no passado incluíam o rei da Itália, que possuía muitos deles.

Muitos exploradores conseguiram obter Bjelkiers para uso em suas expedições ao Ártico e ao Pólo Norte.

A razão pela qual os Bjelkiers eram os cães preferidos em relação a outras raças, como o Husky, é que eles tinham um temperamento e disposição muito melhores.

Um explorador chamado Roald Amundsen usou Bjelkiers em sua expedição ao Pólo Sul e um de seus cães foi o primeiro cão a pisar no Polo Sul em 1911.

Praticamente todos os Samoiedas vistos hoje podem rastrear sua ancestralidade até cães que foram usados ​​em expedições à Antártida e ao Ártico.

Em 1909 um cavalheiro inglês chamado Ernest Kilburn-Scott fundou o Samoyede Club e estabeleceu o nome da raça na Inglaterra.

Entretanto, em sua nativa Sibéria, eles ainda eram conhecidos como “Bjelkiers“.

Esse cavalheiro foi um dos maiores promotores de raça fora da Sibéria.

Personalidade da Raça Samoieda

O Samoieda é um bom exemplo de um antigo cão de trabalho.

Ele tem natureza gentil e sociável e é leal aos seus tutores.

Com amor e carinho, ele enriquecerá a vida de seus donos.

Além disso, ele tem um grande senso de saber quando você está feliz ou triste, quem realmente o ama, apenas o tolera ou não gosta dele e retornará seu amor de acordo.

Eles gostam de fazer parte de uma família e se envolver em tudo que acontece em uma casa.

Os Samoiedas não são uma raça adequada para confinamento solitário no quintal.

Caso seja deixado sem atenção pessoal e/ou companhia canina, é provável que se torne um cão problemático e destrutivo.

Eles são altamente inteligentes, mas também são um dos cães mais sensíveis do tipo Spitz.

Eles são inquisitivos, perspicazes e travessos, permanecendo brincalhões pela velhice.

No fundo, o Samoieda ainda é um caçador.

Ele é capaz de perseguir pequenos animais se achar que eles são uma presa.

Para sua segurança, ele deve sempre ser controlado quando não estiver em casa em seu quintal cercado.

Eles não são a melhor escolha para os donos da primeira viagem, porque, apesar de inteligente e rápido em aprender, o Samoieda pode ser desafiador para treinar.

Eles mantiveram um traço muito independente, o que pode dificultar o treinamento deles.

Os Samoiedas precisam conhecer o seu lugar na matilha e quem é o cão alfa de uma família para serem cães verdadeiramente felizes, bem equilibrados e obedientes.

Saúde do Samoieda: Veja os Pontos Críticos

A raça Samoieda tem uma expectativa de vida de 12 a 13 anos. São geralmente saudáveis, mas, como todas as raças, estão propensas a certos problemas de saúde.

Nem todos os Samoiedas vão adquirir estas doenças, mas é importante estar ciente delas se você estiver pensando em ter um cachorrinho dessa raça

Displasia de quadril

Ocorre desenvolvimento anormal e/ou degeneração da articulação coxofemoral (quadril).

Glaucoma:

O glaucoma é um transtorno ocular grave caracterizado por acúmulo de fluído dentro do olho.

Atrofia Retiniana Progressiva:

São distúrbios degenerativos dos olhos que eventualmente levam à cegueira permanente em ambos os olhos.

Catarata

Essa doença causa uma opacidade na lente dos olhos causando dificuldade visual.

Os sinais de catarata aparentam como uma mancha branca na lente do olho.

A catarata pode ser tratada cirurgicamente.

Estenose ou Sub-Estenose Aórtica

É um defeito cardíaco e se trata de uma doença hereditária.

Aorta é a principal artéria do corpo e o termo estenose se refere a um estreitamento.

Essa estenose geralmente ocorre abaixo da válvula aórtica, forçando o coração a trabalhar mais para fornecer sangue ao corpo.

Essa condição pode causar desmaios e até morte súbita.

Displasia Renal Hereditária

Essa doença é causada por um defeito genético ou de desenvolvimento dos rins, que são pequenos e irregulares.

A doença varia em gravidade: filhotes severamente afetados são excessivamente sedentos e pequenos para a idade e frequentemente sofrem de insuficiência renal.

Cães levemente afetados podem não apresentar sintomas.

Hipotiroidismo

É causado por uma deficiência de hormônio da tireoide.

Os sinais incluem infertilidade, obesidade, aborrecimento mental e falta de energia.

O pelo do cão pode se tornar grosseiro e quebradiço e começar a cair, enquanto a pele fica dura e escura.

O tratamento para hipotireoidismo inclui a reposição do hormônio.

Geralmente, a medicação deve continuar durante toda a vida do cachorro.

Diabetes Mellitus

A Diabetes é um mau funcionamento, destruição ou mesmo ausência de certas células responsáveis ​​pela produção e secreção de insulina

A deficiência de insulina afeta o metabolismo do açúcar.

Surdez

Essa é uma condição hereditária.

Mas pode ser testada enquanto os filhotes são muito jovens.

Cães surdos não devem ser reproduzidos.

Pesquisas indicam que a surdez está ligada à cor.

Genes que causam filhotes brancos ou com pelos brancos no pelo que causam um padrão diferenciado estão ligados à surdez.

Pelagem do Samoieda

Quando se trata de sua pelagem, podemos dizer que o Samoieda tem a pelagem exuberante.

Ele possui um revestimento de pelos em dupla camada.

Isto é, a camada exterior é lisa, grossa e dura, de comprimento médio e as pontas têm um brilho prateado.

Já o subpelo é macio e espesso (geralmente chamado de lã).

A pelagem de um Samoieda não deve ter qualquer ondulação.

As duas camadas de pelos devem sobressair do corpo.

Isto é, o pelo caído não é típico da raça.

E fornece ao Samoieda muita proteção contra os elementos da natureza.

A manutenção dessa raça pode ser assustadora.

O Samoieda tem queda de pelos durante todo o ano.

Essa queda aumenta nas épocas de troca de pelos, isto é, no começo do verão e inverno.

Geralmente, as fêmeas têm maior queda de pelos que os machos.

Cores

Embora a cor branca seja predominante nessa raça, algumas variações são também aceitas para o registro, são as seguintes:

  • Branco e Prata
  • Branco e Creme

Cuidados e Higiene Com o Samoieda

Para manter a pelagem saudável, escove-o 1 ou 2 vezes por semana.

Nas épocas de troca de pelos, a escovação diária pode ser necessária.

Quanto aos banhos, serão necessários somente a cada 2 meses, ou se estiver sujo ou, ainda, cheirando mal.

Dar banho no seu Samoieda pode ser um desafio, já que sua pelagem é difícil de molhar e de secar.

Espalhar o shampoo também pode ser bem difícil.

Por isso, muitos tutores optam por contratar um profissional para o seu Samoieda.

Os pelos do Samoieda não devem ser aparados ou tosados, pois isso poderia deixar a pele exposta demais e colocar o cão em risco de queimaduras solares.

O Samoieda é um cão inteligente e de alta energia e, como tal, precisa receber a quantidade certa de exercício diário e estimulação mental para ser um cão verdadeiramente feliz e bem disposto.

Isso significa exercitar um Samoieda por, no mínimo, 1 hora por dia.

Podemos destacar também a importância de socializar um Samoieda no início de sua vida e isso deve incluir introduzi-los a novas situações, barulhos, pessoas, outros cães e animais de estimação.

O mesmo vale para o seu treinamento.

Ele deve começar quando os cães são jovens, com muita ênfase sendo colocada no treinamento de obediência.

Convívio do Samoieda Com Crianças e Outros Pets

Os Samoiedas são cães amigáveis e sociáveis.

Eles são bons em torno de crianças de qualquer idade.

Como já dissemos acima, eles são muito pacientes e protetores com crianças.

Embora seja sempre melhor supervisionar qualquer interação entre crianças e cães para o caso de as brincadeiras ficarem muito turbulentas e uma criança ser derrubada por acidente.

Eles também são sociais por natureza, o que significa que geralmente se dão bem com outros cães.

Especialmente se um Samoieda tiver sido criado junto com o outro cão e/ou bem socializado desde filhote.

Se forem criados juntamente com um gato da família em casa, eles se darão bem juntos e geralmente toleram outros animais de estimação pequenos também.

No entanto, é de sua natureza perseguir qualquer animal que tente fugir ou que vejam à distância.

Alimentação do Samoieda

Sabemos que o Samoieda é um cachorro robusto e forte, e, portanto, você deve dar conta das suas necessidades nutricionais.

Além do mais, a maneira mais rápida de fazer um cachorro feliz e saudável é por meio de uma alimentação balanceada.

Quer seja uma ração comercial ou uma alimentação natural para cachorros, é importante verificar os ingredientes para saber qual decisão tomar.

Então, se você alimentar seu Samoieda corretamente, ele será mais enérgico, terá menos problemas de saúde e estará menos propenso ao ganho de peso.

Igualmente, com uma alimentação saudável, sua pele e pelagem também ficarão excelentes, com brilho e maciez e com certeza ele terá menor queda de pelos.

Então, para garantir todos os nutrientes que o seu Samoieda precisa, vamos dar uma olhada nas necessidades dele.

Nutrientes Necessários Para o Samoieda: Como Escolher a Melhor Nutrição

O principal item da dieta de um Samoieda, assim como de outras raças de cachorros, é a carne.

Da carne são extraídas as proteínas, aminoácidos e uma pequena porcentagem de gordura que ele necessita.

Se você observar no rótulo da sua ração preferida, o primeiro item da lista é geralmente uma proteína.

As fontes de proteína saudáveis e próprias para consumo são a carne, a farinha de carne ou então frango e farinha de frango.

Recuse as formulações com farinha de penas, farinha de ossos, farinha de carne e ossos, farinha de subprodutos, farelo de milho, farelo de soja, soja, trigo ou milho.

A porcentagem de proteínas para um Samoieda pode variar de acordo com a idade:

para um Samoieda adulto, de 22 a 26% de proteína

para um Samoieda filhote, de 24 a 28% de proteína

Certifique-se que seu Samoieda está consumindo essa quantidade de proteína para que ele desenvolva uma boa saúde.

Um bom nível de proteína na dieta também ajudará a evitar o sobrepeso, uma vez que a alimentação com proteínas favorece o metabolismo e evita o acúmulo de gorduras.

Falando em gorduras, esse é o segundo nutriente necessário na dieta do seu Samoieda.

A gordura é uma fonte de energia principalmente para filhotes, que estão em fase de crescimento.

Assim como as proteínas, filhotes necessitam de maior nível de gordura, em torno de 14 a 18%, enquanto que para um adulto é de 12 a 16%.

Assim como falado neste artigo sobre os Labradores Retrievers, todos os cachorros não necessariamente precisam de carboidratos em suas dietas.

Os alimentos do seu Samoieda nunca devem conter conservantes químicos, açúcar ou corantes artificiais.

Preço de um Filhote de Samoieda

Essa é uma dúvida frequente de muitas pessoas que estão em busca do seu filhote perfeito.

O preço de um filhote de Samoieda pode variar absurdamente de um criador para outro.

Algumas variáveis que compõem o preço de um filhote, seja ele Samoieda ou de outra raça, são:

os custos que o criador tem para adquirir e para manter as matrizes;

os custos de todos os cuidados dispensados para produzir uma ninhada;

os custos com veterinários e outros profissionais envolvidos.

Ou seja, quanto maior o nível de profissionalismo e cuidados com todos os animais envolvidos, maior é o preço de um filhote.

Em contrapartida, infelizmente, existem criadores que mantêm seus cães em situações de vida insalubres e, por isso, têm um preço mais baixo.

Fuja deles.

Essas questões não são a regra e, por isso, é totalmente indicado que você pesquise a fundo como são as condições de criação e a reputação desse criador de cães.

Faça várias visitas ao canil, de preferência sem hora marcada, para certificar que está fazendo uma escolha certa.

Em nossa pesquisa, encontramos preços de Samoieda entre R$1.200,00 a R$6.500,00.

Conclusão

Agora que você já sabe tudo sobre seu Samoieda, queremos saber como é seu convívio e de sua família com essa raça incrível.

Compartilhe conosco suas experiências com seu(s) Samoieda(es) deixando um comentário.

Além disso, também criamos uma hashtag perfeita para você e seu Samoieda.

Publique no seu Instagram uma foto do seu Samoieda com a seguinte hashtag #samoiedasincriveis.

Você poderá ter uma foto do seu Samoieda aqui neste artigo!

Nos ajude também a compartilhar essas informações e ajudar centenas de milhares de pessoas com seus Samoieda.

Compartilhe com seus amigos e em suas redes sociais.

Um AUbraço! E até o próximo artigo!