pinscher 10

O Pinscher Miniatura é uma das raças de cachorro com origem na Alemanha.

Ele é um cão ativo, e sobretudo curioso, reconhecido por sua aparência imponente e atitude autoconfiante.

O Pinscher não faz ideia de que é um cachorrinho pequenino.

Na mente dele, ele é um dos grandões! 🙂

Ao contrário do que muitas pessoas podem pensar, ele não é um Doberman reduzido.

Essa classificação foi erroneamente adotada anteriormente.

Na verdade, o Pinscher é uma raça distinta e muito mais antiga.

Ele foi originalmente criado para caçar, principalmente ratos, em casas e estábulos.

E esse é um dos motivos porque eles têm tanta energia.

Os Pinschers podem ser também bastante fujões.

E encontrar uma saída no quintal é provavelmente uma de suas diversões.

Talvez, ele não seja a raça mais adequada para tutores inexperientes.

Ele pode se tornar possessivo e, às vezes, anti-social.

Essa e outras características você vai ver aqui neste super guia que a Cachorros Incríveis preparou para você.

Perfil da Raça Pinscher

Grupo: Cães de Companhia

Tamanho: Porte Pequeno

Peso: Tanto machos como fêmeas podem pesar de 3 a 5 quilos.

Altura: Tanto machos como fêmeas podem medir de 25 a 30 centímetros.

Expectativa de vida: de 10 a 14 anos.

Origem: Alemanha

Pelagem: Curta e Lisa

Cor: Vermelho, Preto e canela, Marrom Avermelhado, Preto e Ferrugem, Vermelho, Chocolate e Castanho

Destaques da Raça Pinscher

Pinschers Têm Muita Energia

O sinônimo de Pinscher deveria ser energia ou vigor!

E Pinschers têm muita energia, provavelmente mais do que você.

Eles também são muito curiosos.

Neste caso, você precisa proporcionar atividades e muitos brinquedos.

Caso contrário, o seu desejo de explorar pode fazê-lo entrar em atividades proibidas.

Como tentar fugir por uma cerca ou um portão.

Ou então, mastigar móveis e objetos indevidamente.

Pinschers Precisam Muito Ser Adestrados e Socializados Desde a Infância

O Pinscher é um cachorrinho muito imponente e autoconfiante.

Ele tende a dominar uma casa e ser fortemente o chefe.

Por isso, você deve começar a adestrar logo na infância, para não ter problemas depois.

Você deve estar disposto a assumir a posição “alfa” em sua casa.

Se você não fizer isso, o seu Pinscher assumirá  o papel com muito prazer.

A socialização deve evitar também problemas com dominância.

Pinschers São Ótimos Cães de Guarda

Os Pinscher estão sempre em alerta, o que os torna ótimos cães de guarda.

Eles têm muita coragem e a qualquer sinal de intruso vão proteger o seu local.

Apesar do seu pequeno tamanho.

Eles também costumam fazer um pequeno escândalo, latindo e rosnando para a ameaça.

Pinschers Têm Tendência a Obesidade

Esta raça tem propensão para o ganho de peso.

Eles possuem um bom apetite e amam comer.

Você deve escolher uma alimentação de qualidade e limitar a quantidade de petiscos.

Também deve proporcionar bastante exercícios.

História da Raça Pinscher

Em termos de relatos documentados, o Pinscher é uma raça relativamente nova.

Existem documentos que demonstram que a raça surgiu em meados de 1800.

Entretanto, artefatos históricos e pinturas indica   m que o Pinscher é uma raça muito mais antiga.

Sendo assim, sua real origem é desconhecida.

A história conhecida é que foram criados durante o século XIX para caçar ratos e outras pragas.

Possivelmente, os ancestrais do Pinscher Miniatura foram o Pinscher Alemão misturado com dachshunds e galgos italianos.

Um padrão da raça foi estabelecido através de uma reprodução cuidadosa e seletiva em 1884.

Mas apenas em 1895, um homem chamado Josef Bertha fundou o “Pinscher Klub”, quando a raça foi oficialmente reconhecida.

Então, o Pinscher Miniatura rapidamente cresceu em popularidade na Alemanha, até a Primeira Guerra Mundial.

Por volta de 1919, os primeiros Pinschers Miniatura começaram e ser exportados para os Estados Unidos e para o resto do mundo.

Por ocasião da Segunda Guerra Mundial, o número de Pinschers caiu em declínio, e a última ninhada foi criada e registrada no livro genealógico foi em 1949.

Por quase 10 anos não houve nenhum registro de ninhadas, e os alemães quase viram esta raça desaparecer.

Mas um homem chamado Werner Jun assumiu a missão de salvar a raça e estabelecer um programa de criação.

E através da criação cuidadosa e seletiva, a raça sobreviveu.

Ele contribuiu com uma matriz chamada Blista, que foi incluída no programa de criação que se estabeleceu na Inglaterra.

Curiosidade: Por que o Pinscher foi chamado de Mini Doberman?

O equívoco aconteceu nos Estados Unidos pois o Doberman foi introduzido neste país antes do Pinscher.

Na descrição da raça, o AKC (American Kennel Club) descreveu o Pinscher Miniatura como:

“… deve se parecer como um doberman em miniatura…

E essa descrição levou ao conceito errado de que a raça seria um Doberman Miniatura.

Personalidade da Raça Pinscher

O Pinscher é um cachorrinho com uma grande atitude.

Ele não faz ideia de que ele não é tão grande como seu amigo Doberman.

Ele tentará proteger sua família, expulsar os gatos do jardim e soar o alarme quando achar necessário.

Aliás, ele irá defender qualquer ameaça, incluindo um cão muitas vezes do seu tamanho.

Embora ele caiba na sua bolsa de cachorro, ele não vai gostar disso.

Ele é o tipo de cachorro que adora caminhar, brincar e correr.

Os Pinscher têm tendência a cavar, latir e perseguir qualquer coisa que se mova, como gatos, ratos e, possivelmente, outros cães.

Ele também tem a tendência de proteger seu território.

E pode ser um pouco teimoso, com certeza.

Por isso, o Pinscher necessita de adestramento e socialização desde filhotes.

É preciso controlar estas características inatas ou você pode ter um cão difícil de lidar.

Não deixe que ele siga com um comportamento ruim ou isso rapidamente se tornará um hábito quase impossível de ser quebrado.

Saúde do Pinscher: Veja os Pontos Críticos

A raça Pinscher tem uma expectativa de vida de 10 a 14 anos. São geralmente saudáveis, mas, como todas as raças, estão propensas a certos problemas de saúde.

Nem todos os Pinschers vão adquirir essas doenças, mas é importante estar ciente delas se você estiver pensando em ter um cachorro desta raça

Atrofia Retiniana Progressiva:

São distúrbios degenerativos do olho que eventualmente levam à cegueira permanente em ambos os olhos.

Felizmente, os cachorros conseguem usar os outros sentidos para compensar a cegueira, e pode viver muito bem.

Epilepsia

É uma doença neurológica que pode ser herdada ou não.

A epilepsia causa convulsões leves ou graves que podem se mostrar como um comportamento incomum (como correr freneticamente como se fosse perseguido, andar cambaleando ou se escondendo) ou mesmo caindo, membros rígidos e perda de consciência.

É assustador assistir a uma convulsão, mas a epilepsia idiopática geralmente é tratável.

É importante levar o seu cachorro ao médico veterinário para um diagnóstico adequado, pois as convulsões podem ter outras causas e é essencial descobrir a causa para o tratamento.

Hipotiroidismo

É causado por uma deficiência de hormônio da tireoide.

Os sinais que incluem infertilidade, obesidade, aborrecimento mental e falta de energia.

O pelo do cão pode tornar-se grosseiro e quebradiço e começar a cair, enquanto a pele fica dura e escura.

O tratamento para hipotireoidismo inclui a reposição do hormônio.

Geralmente, a medicação deve continuar durante toda a vida do cachorro.

Luxação Patelar

Ocorre quando a patela (osso do joelho) é deslocada da articulação. Este deslocamento pode ser total ou parcial.

Necrose Asséptica da Cabeça do Fêmur

A maioria das raças toy são propensas a essa doença que envolve a articulação do quadril.

Nesta doença, o suprimento de sangue para a cabeça do fêmur (o grande osso da pata traseira) está diminuído, e a cabeça do fêmur que se conecta à pélvis começa a se desintegrar.

Normalmente, os primeiros sinais são claudicação (isto é, mancar) e atrofia do músculo da perna, e pode ocorrer em filhotes, entre 4 a 6 meses de idade.

Esta doença pode ser corrigida com cirurgia para cortar o fêmur doente, de modo que ele não fique mais preso à pélvis.

Pelagem do Pinscher

A pelagem do Pinscher é curta e lisa, e ele não tem subpelos.

Entretanto, a queda de pelos pode ser de leve a moderada.

Esta queda tende a aumentar no verão e no inverno, época de renovação da pelagem.

Eles podem vir em várias cores, incluindo Vermelho, Preto e canela, Marrom Avermelhado, Preto e Ferrugem, Vermelho, Chocolate e Castanho.

Cuidados e Higiene Com o Pinscher

A limpeza do seu Pinscher deve ser fácil.

A pelagem lisa e curta não precisa de muita atenção.

Você vai precisar fazer uma escovação e lavagem ocasionalmente.

Para ajudar a diminuir a queda de pelos você pode escová-lo com uma escova de cerdas macias 1 vez por semana.

Os banhos podem ser dados uma vez ao mês ou somente quando ele estiver sujo ou com mal cheiro.

Convívio do Pinscher Com Crianças e Outros Pets

Pinschers Miniatura não são recomendados para crianças muito pequenas.

Sua estrutura corporal é delicada e eles podem se machucar facilmente.

Mas eles podem ser maravilhosos com crianças mais velhas, desde que as crianças não os maltratem.

Supervisione as interações com crianças pequenas para que elas não machuquem o cão ou vice-versa.

Sempre ensine as crianças como tocar e conviver com qualquer cão.

Pinscher costumam se dar bem com outros animais, principalmente se forem criados juntos.

Apesar disso, espere a dominância do Pinscher sobre o outro animal.

Então tome cuidado se for um animal maior, pois o seu Pinscher pode se machucar.

Alimentação do Pinscher

Uma dieta bem equilibrada é vital para manter seu Pinscher saudável e feliz.

Para uma boa nutrição, garanta que a sua dieta contenha equilíbrio de todos os nutrientes essenciais.

Uma suplementação com vitaminas e minerais pode ser feita se necessário. Para isso, fale com seu veterinário.

Conhecer alguns fatores básicos de dieta e nutrição vai ajudar você a determinar que tipo de dieta é melhor para seu Pinscher.

Como com todos os seres vivos, existem cinco elementos básicos que são necessários para a saúde ideal do seu Pinscher

São eles: vitaminas, minerais, proteínas, gorduras e carboidratos (com restrição).

Outro elemento muito importante é a água, que é essencial para o organismo do seu Pinscher.

As quantidades de cada elemento podem variar de acordo com a idade, nível de atividade, condições de saúde e/ou doença.

Todos estes nutrientes combinados, somam-se em suas calorias para montar uma dieta ideal.

Para calcular a quantidade de calorias que seu cachorro deve comer acesse esta calculadora de calorias própria para cachorros aqui.

Não se esqueça que Pinschers têm tendência a ganhar peso e isso pode fazer muito mal para sua saúde.

Aconselhamos, no entanto, que o ideal é que você consulte o médico veterinário.
Ao escolher entre as opções de rações comerciais seca ou úmida (ou ambas) ou a alimentação natural para cachorros certifique-se de estar oferecendo a melhor nutrição.

Mantenha seu Pinscher em boa forma, sempre colocando a quantidade correta de alimento, e dividindo em 2 ou 3 refeições ao dia.

Preço de um Filhote de Pinscher

Essa é uma dúvida frequente de muitas pessoas que estão em busca do seu filhote perfeito.

O preço de um filhote de Pinscher pode variar absurdamente, de um criador para outro.

Algumas variáveis que compõem o preço de um filhote, seja ele Pinscher ou de outra raça, são:

  • os custos que o criador tem para adquirir e para manter as matrizes;
  • os custos de todos os cuidados dispensados para produzir uma ninhada;
  • os custos com veterinários e outros profissionais envolvidos.

Ou seja, quanto maior o nível de profissionalismo e cuidados com todos os animais envolvidos, maior é o preço de um filhote.

Em contrapartida, infelizmente, existem criadores que mantêm seus cães em situações de vida insalubres e, por isso têm um preço mais baixo.

Fuja deles.

Essas questões não são via de regra, por isso, é totalmente indicado que você pesquise a fundo como são as condições de criação e a reputação deste criador de cães.

Faça várias visitas ao canil, de preferência sem hora marcada para certificar de que está fazendo uma escolha certa.

Em nossa pesquisa encontramos preços de Pinscher entre R$300,00 a R$1.500,00 reais.

Conclusão

Agora que você já sabe tudo sobre seu Pinscher, queremos saber como é para você ter esse cachorro leal e protetor em sua casa.

Compartilhe conosco suas experiências com seu(s) Pinscher(es) deixando um comentário.

Além disso, também criamos uma hashtag perfeita para você e seu Pinscher.

Publique no seu Instagram, uma foto do seu Pinscher com a seguinte hashtag #PinschersIncriveis

Você poderá ter uma foto do seu Pinscher aqui neste artigo!

Nos ajude também a compartilhar essas informações e ajudar centenas de milhares de pessoas com seus Pinscher..

Compartilhe com seus amigos ou em suas redes sociais.

Um AUbraço! E até o próximo artigo!