filhote de pug 1

Você concorda comigo que filhote é tudo de bom? E um filhote de Pug então?

Com seus focinhos enrugados e suas dobras pelo corpo todo.

Um filhote de Pug encanta a todos ao seu redor.

E estes filhotes não se preocupam com nada, a não ser comer e se divertir.

E é nossa obrigação fornecer estas duas coisas que eles mais amam fazer.

Mas não se engane, diferentemente deles, nós temos algumas preocupações a mais para pensar.

E é sobre estes assuntos que vamos falar hoje.

Pois, pode ser que você tenha adotado um Pug recentemente.

Ou então, pode ser que você esteja pensando em ter um Pug.

Não importa.

Nós, da Cachorros Incríveis, vamos te fornecer todas as informações sobre o filhote de Pug que você precisa saber.

Até mesmo porque filhotes de Pug têm necessidades especiais e você precisa saber delas.

E estar preparado para cuidar muito bem do seu filhote de Pug.

Então, continue lendo, pois neste artigo você vai aprender:

Comportamento

Pugs são cães que estão sempre prontos para brincar e se divertir, e um filhote de Pug não é diferente.

Mas filhotes de Pug não são só brincadeira e amor.

Aqueles rostinhos enrugados podem esconder atitudes obstinadas.

Eles podem ser um pouco teimosos, por isso você deve ser firme desde o momento que o filhote chegar em sua casa.

Filhotes de Pug podem ter também uma tendência excessiva de mastigar.

Por isso forneça brinquedos de mastigar para que ele não mastigue os seus objetos.

Pugs também são filhotinhos que tendem a latir um pouco, como todos os cães.

E é bom que ele seja corrigido desde filhote para que não se torne um cão adulto que late demais e atrapalha toda a vizinhança.

Filhotes de Pug podem ser carentes.

Pugs, na verdade, foram sempre criados para serem animais de companhia.

E eles amam estar com seus tutores e suas famílias.

Por isso, gostam sempre de estar perto das pessoas e odeiam ficar sozinhos.

Todos estes comportamentos são, muitas vezes, exacerbados na infância.

Além do mais, existe um grande estresse nesse período provocado pelo fato do filhote ser retirado da mãe.

O importante neste caso é ter paciência, ser firme e consistente – tudo isto misturado com muito amor.

Aparência

Pugs são cães de aparência diferenciada e inconfundível.

Eles têm dobras de pele na face e no corpo.

Além disso, eles têm o focinho achatado, e isso os enquadra no grupo de cães braquicefálicos.

***Braquicefálicos: termo indicado para designar cães de focinho curto e achatado.

Seus focinhos são cobertos por uma máscara negra.

Pugs podem ser de duas cores: Abricot e Preto.

O Pug Preto é mais raro que o Pug Abricot.

Pugs Abricot podem ser um pouco mais claros, próximos ao branco ou pouco mais escurecidos, mas as duas opções são genuínas.

Em uma ninhada podem nascer Pugs Pretos e Abricots.

Por causa de suas dobras na pele, principalmente na face, pugs necessitam de cuidados especiais com a pele.

O focinho achatado também é outra característica que demanda um pouco de atenção.

Veremos estas informações logo mais.

Saúde

Os filhotes de Pug tendem a ser bastante saudáveis.

E são poucas as situações que você precisa ter atenção.

Lembramos que é importante que seja respeitado a fase de amamentação e imprinting juntamente com a mãe.

Filhotes de Pug são ligeiramente propensos a uma condição médica chamada hipoglicemia.

A hipoglicemia é uma queda rápida e perigosa nos níveis de açúcar no sangue.

Os sinais de hipoglicemia são fraqueza, sonolência repentina, tontura, tropeços ao andar e/ou confusão.

Caso você note estes sinais tente esfregar um pouco de mel nas gengivas do seu Pug.

E se os sintomas persistirem procure um médico veterinário.

Pele, olhos e sistema respiratório do Pug merecem atenção.

Nestes casos, existem várias doenças as quais o Pug está propenso

Para saber sobre todas elas leia nosso Guia Completo Sobre o Pug.

Entretanto, um filhote saudável e de boa procedência não deve apresentar nenhum sintoma nestas áreas.

Para evitar futuros problemas de saúde recorrentes, leia abaixo sobre cuidados com o filhote de Pug.

A primeira coisa a se fazer é escolher um bom criador de Pug.

Procure por referências, investigue o canil, conheça outros clientes que já compraram Pugs com o mesmo criador.

Ao visitar o canil verifique como os filhotes são criados, o tamanho do espaço e os pais.

Embora os potenciais problemas de saúde possam não ser visíveis, observe as seguintes características:

  • Olhos: Os olhos não são apenas a janela para a alma, eles também podem lhe dar uma pista sobre a saúde do cão.

Secreções nos olhos ou com alguma película esbranquiçada, ou o ato de apertar os olhos são sinais de problemas de saúde.

  • Respiração: Apesar de ser um pouco difícil, você pode tentar ouvir a respiração do filhote, colocando-o próximo ao seu ouvido.

Se notar algum tipo de som como um chiado ou como pequenas bolhas estourando, significa que o filhote está com algum problema respiratório.

O filhote também deve ser capaz de respirar com a boca fechada, em repouso.

  • Movimentação: observe o filhote andar. Veja se ele não está mancando ou andando cambaleando, ou então andando travado.
  • Interação e Atividade: veja como os filhotes interagem entre si e como eles se aproximam de você.

Os mais ousados, que respondem prontamente, podem se tornar cães difíceis de adestrar.

Em se tratando de Pugs, tente escolher um filhote calmo, mas verifique se essa calma não é devido a alguma doença ou extrema timidez.

Filhotes tímidos tendem a ter problemas de medo e necessitam de socialização intensa.

Assim como todos os filhotes, Pugs precisam ser vacinados e vermifugados.

A vacinação começa com 45 dias com a vacina polivalente, conhecida como V10.

O ideal é que assim que adquirir seu filhote de Pug você leve-o ao médico veterinário para ser avaliado.

Como já dissemos filhotes de Pug necessitam de cuidados especiais.

Estes cuidados referem-se principalmente à pele e ao fato de que Pugs são cães braquicefálicos.

Desde que Pugs estão propensos a ter problemas de pele por causa de suas dobras, aqui estão alguns cuidados que você deve ter:

  • Limpe o rosto do seu Pug (e as outras dobras do corpo) diariamente.

É preciso que o filhote seja acostumado com a manipulação desde cedo, pois você vai precisar fazer isso durante a vida toda.

Faça isso com delicadeza passando uma gaze, pano ou toalha levemente umedecidos por entre as dobras.

Isso evita o acúmulo de sujeira e bactérias que podem causar infecções ou deixar seu filhote doente.

No final, você pode usar um cotonete para espalhar vaselina dentro das rugas para manter a pele interna protegida.

  • Escove seu filhote de Pug 1 a 2 vezes por semana para retirar os pelos mortos
  • Na hora do banho utilize shampoos com pH apropriados para filhotes e seque a pelagem com um secador. Evite a todo custo deixar seu filhote úmido.

Por causa de seus focinhos curtos, filhotes de Pug estão propensos a problemas respiratórios e problemas de superaquecimento.

Portanto, Pugs são adversamente afetados por condições quentes e podem ficar desidratados.

Caso você sinta que o ambiente está muito quente, você tem que movê-lo para uma sala fria e fornecer-lhe muita água.

Em condições extremas, você pode colocar compressas frias na sua barriguinha até ele esfriar.

Em dias muito quentes é bom evitar a caminhada nos horários em que o sol está mais forte, pois o seu filhote de Pug pode se sentir mal.

Essa é uma dúvida frequente de muitas pessoas que estão em busca do seu filhote perfeito.

O preço de um filhote de Pug pode variar absurdamente, de um criador para outro.

Algumas variáveis que compõem o preço de um filhote, seja ele Pug ou de outra raça, são:

  • os custos que o criador tem para adquirir e para manter as matrizes;
  • os custos de todos os cuidados dispensados para produzir uma ninhada;
  • os custos com veterinários e outros profissionais envolvidos.

Ou seja, quanto maior o nível de profissionalismo e cuidados com todos os animais envolvidos, maior é o preço de um filhote.

Em contrapartida, infelizmente, existem criadores que mantêm seus cães em situações de vida insalubres e, por isso têm um preço mais baixo.

Fuja deles.

Essas questões não são vias de regra, por isso, é totalmente indicado que você pesquise a fundo como são as condições de criação e a reputação deste criador de cães.

Faça várias visitas ao canil, de preferência sem hora marcada para certificar de que está fazendo uma escolha certa.

Em nossa pesquisa encontramos preços de Pug entre R$1.500,00 a R$4.500,00 reais.

Se você gostou desse conteúdo, vai gostar ainda mais deste conteúdo incrível que preparamos para você em nosso e-book: TENHO UM CACHORRO, E AGORA?

Este e-book é o Único e Exclusivo Manual que te guiará na criação de um cachorro incrível ao invés de um bagunceiro, mau comportado e cheio de problemas de saúde.

Clique Aqui Para Conhecer o Curso

 

Clique para saber mais, afinal você provavelmente sabe ou já tem uma boa ideia de quão trabalhoso e custoso é cuidar de um cachorro.

Então, é melhor estar preparado para criar o seu filhote de uma forma incrível!

Esperamos que neste artigo você tenha encontrado todas as informações sobre filhotes de Pug que procurava.

Então, se você gostou deste artigo, nos ajude a distribuir estas informações compartilhando este artigo com seus amigos e nas suas redes sociais.

E não se esqueça de deixar um comentário abaixo para que possamos saber se você está gostando dos nossos conteúdos!

Compartilhe suas experiências conosco!

Até o próximo artigo!

Um AUbraço