O filhote de Pequinês é um cachorrinho pequeno, dócil e muito engraçadinho. 

Ele já foi muito famoso nos anos 80, mas atualmente é uma raça bem rara no Brasil.

E se você está pensando em levar um filhote de Pequinês para sua casa precisa saber algumas particularidades dos filhotes desta raça.

Algumas pessoas dizem que o Pequinês parece um macaquinho, com alguns traços de um leão. 

Mas para falar bem a verdade, esses filhotes são bem fofos e adoram um chamego. 

Antes de tudo, o filhote de Pequinês é uma bolinha de pelos, com cara de enfezado que pode derreter qualquer coração.  🙂

Além disso, a raça possui uma personalidade forte, inteligente e valente desde filhotes.

E, se você quer saber mais informações sobre um filhote de Pequinês, continue lendo este artigo que a Cachorros Incríveis preparou para você.

Veja o que você vai aprender nesse artigo: 


Comportamento 

O Pequinês tem uma personalidade corajosa, que já aparece na infância.

Ele não começa uma briga, mas também não recua diante de qualquer um e isso vale mesmo quando ele ainda é um filhote. 

Mas não se preocupe. 

Eles não são cães agressivos. 

Ele tende a ser indiferente com estranhos e é muito devotado a sua família, mas também pode ser um pouco independente. 

Essa independência não o impede de ser afetivo com o seu dono. 

Além disso, o filhote de Pequinês se relaciona bem com outros animais domésticos. 

Por serem cachorros de longos pelos e de pequeno porte, não são filhotes muito ágeis, mas gostam muito de brincar. 

Sua altivez é o ponto mais forte do seu comportamento.

Isso significa que você precisa ter bastante paciência e firmeza caso queira ensinar algo para ele. 

É importante que você comece a ensinar enquanto ele ainda é um filhote, para que ele aprenda mais facilmente e obedeça. 

O filhote de Pequinês também pode se mostrar indiferente quando o assunto é carinho.

Muitas vezes ignoram completamente a atenção do seu dono.

Há quem diga que eles se parecem muito com os gatos, por terem esse tipo de personalidade. 

Para as crianças, um filhote de Pequinês não é muito recomendado, uma vez que ele não é muito sociável. 

Por causa disso, elas podem não saber brincar com eles, deixando-os irritados ou bravos. 

Aparência

O Pequinês é um cão bem pequeno, de nariz achatado. 

Sua pelagem é extravagante, de aspecto leonino, lembrando bem um mini leão.

A cabeça dessa raça é bem chamativa por causa do seu tamanho. 

Suas orelhas possuem formato de coração e ficam penduradas nos lados da cabeça.  

É um cachorro de expressão alerta, com aparência digna e nobre. 

A pelagem longa não deve impedir suas atividades. 

É um filhote de pequeno porte, bem balanceado, compacto e de olhos redondos, escuros e brilhantes. 

Todas as cores são aceitas para um cachorro da raça Pequinês, com exceção do fígado e do albino. 

Saúde 

Apesar de ser uma raça bem saudável, o Pequinês pode apresentar algumas condições que são típicas da raça. 

Por exemplo, mesmo quando filhote, o Pequinês apresenta olhos saltados. 

Dessa forma, eles podem apresentar prolapso do globo ocular ou inflamações. 

Para que isso não aconteça, tente não deixar o seu filhote exposto a objetos pontiagudos ou a ventos fortes. 

Outro fator importante em relação à saúde do seu filhote de Pequinês é causado pela conformação do seu focinho curto, que dificulta a respiração.

Estes cachorrinhos são mais vulneráveis ​​em clima quente e úmido.

Eles também estão propensos à hipoglicemia.

A hipoglicemia é uma queda rápida e perigosa nos níveis de açúcar no sangue. 

Os sinais de hipoglicemia são fraqueza, sonolência repentina, tontura, tropeços ao andar e/ou confusão. 

Caso você note estes sinais tente esfregar um pouco de mel nas gengivas do seu Pequinês.

Para evitar futuros problemas de saúde recorrentes, leia abaixo sobre cuidados com o filhote de Pequinês.

A primeira coisa a se fazer é escolher um bom criador de Pequinês.

Procure por referências, investigue o canil, conheça outros clientes que já compraram Pequinês com o mesmo criador.

Ao visitar o canil verifique como eles filhotes são criados, o tamanho do espaço e os pais.

Embora os potenciais problemas de saúde possam não ser visíveis, observe as seguintes características:

  • Olhos: Os olhos não são apenas a janela para a alma, eles também podem lhe dar uma pista sobre a saúde do cão. 

Secreções nos olhos ou com alguma película esbranquiçada, ou o ato de apertar os olhos são sinais de problemas de saúde.

  • Respiração: Apesar de ser um pouco difícil, você pode tentar ouvir a respiração do filhote, colocando-o próximo ao seu ouvido.

Se notar algum tipo de som como um chiado ou como pequenas bolhas estourando, significa que o filhote está com algum problema respiratório.

O filhote também deve ser capaz de respirar com a boca fechada, em repouso.

  • Movimentação: observe o filhote andar. Veja se ele não está mancando ou andando cambaleando, ou então andando travado. 
  • Interação e Atividade: veja como os filhotes interagem entre si e como eles se aproximam de você. 

Os mais ousados, que respondem prontamente, podem se tornar cães difíceis de adestrar.

Filhotes tímidos tendem a ter problemas de medo e necessitam de socialização intensa. 

Os pequenos filhotes de Pequinês são cachorrinhos bem delicados, e por isso é importante ter cuidado ao manipular estes nenens.

Supervisione o contato deles com as crianças para que não haja nenhum tipo de acidente que possa machucá-los.

Assim como todos os filhotes, os  Pequineses precisam ser vacinados e vermifugados.

A vacinação começa com 45 dias com a vacina polivalente, conhecida como V10.

O ideal é que assim que adquirir seu filhote de Lhasa Apso você leve-o ao médico veterinário para ser avaliado.

Pentear e escovar são hábitos necessários que devem ser feitos regularmente, até mesmo  diariamente. Os olhos também merecem atenção!

Por isso, acostume seu Lhasa desde filhote ao hábito de escovação e limpeza das secreções na área dos olhos, pois estes cuidados serão necessários durante a  toda sua vida.

E quanto mais acostumados eles forem a estes cuidados, mais fácil será manter a pelagem bonita.

Utilize uma escova macia para acostumar seu filhotinho com a escovação regular.

Já o canto dos olhos podem ser limpos com uma toalha umedecida com água.

O melhor que você pode fazer é manter o canto dos olhos sempre limpos, e se notar alguma vermelhidão excessiva, leve-o ao veterinário.

Mantenha seu filhote sempre em local limpo e fresco e cuidado com o clima quente!

Estes cachorrinhos são feitos para morarem dentro de casa, e não em quintais!

Fora as questões de saúde, os filhotes dessa raça também devem receber aulas de adestramento. 

Isso porque, quando eles estiverem na fase adulta, tendem a ser cães teimosos. 

Por conta disso, o tutor de um filhote de Pequinês deve começar o treinamento assim que possível. 

Preço de Um Filhote de Pequinês

Essa é uma dúvida frequente de muitas pessoas que estão em busca do seu filhote perfeito.

O preço de um filhote de Pequinês pode variar absurdamente, de um criador para outro.

Algumas variáveis que compõem o preço de um filhote, seja ele Pequinês ou de outra raça, são: 

  • Os custos que o criador tem para adquirir e para manter as matrizes; 
  • Os custos de todos os cuidados dispensados para produzir uma ninhada;
  • Os custos com veterinários e outros profissionais envolvidos.

Ou seja, quanto maior o nível de profissionalismo e cuidados com todos os animais envolvidos, maior é o preço de um filhote.

Em contrapartida, infelizmente, existem criadores que mantêm seus cães em situações de vida insalubres e, por isso têm um preço mais baixo.

Fuja deles.

Essas questões não são vias de regra, por isso, é totalmente indicado que você pesquise a fundo como são as condições de criação e a reputação deste criador de cães. 

Faça várias visitas ao canil, de preferência sem hora marcada para certificar de que está fazendo uma escolha certa.

Em nossa pesquisa encontramos preços de Pequinês entre R$ 500,00 a R$ 4.000,00 reais.

Esperamos que neste artigo você tenha encontrado todas as informações sobre filhotes de Pequinês que procurava.

Então, se você gostou deste artigo, nos ajude a distribuir estas informações compartilhando este artigo com seus amigos e nas suas redes sociais.

E não se esqueça de deixar um comentário abaixo para que possamos saber se você está gostando dos nossos conteúdos!

Compartilhe suas experiências conosco!

Até o próximo artigo!

Um AUbraço