filhote de dachshund (5)

Um Filhote de Dachshund é um cachorrinho charmoso e popular.

São pequenos cães alongados e de personalidade extremamente animada.

São chamados de vários nomes como Basset, Teckel e Salsicha!

Eles se tornam ótimos cães de companhia e costumam ser muito amados.

Mas você sabia que Dachshunds podem se comportar de uma forma dominante e até mesmo agressiva?

Acredite ou não, o pequeno Dachshund é um dos cães com mais tendência ​​a morder à medida que envelhecem.

Se não forem ensinados desde filhotes que beliscar e morder é errado, eles serão mais propensos a mostrar uma mordida dominante e agressiva mais tarde na vida.

Por isso, continue lendo para saber como você deve cuidar de um filhote de Dachshund para que ele se torne um adulto bem comportado e feliz.

Veja o que você vai aprender neste artigo que a Cachorros Incríveis preparou para você:

Comportamento

Um dos primeiros aspectos que você provavelmente notará sobre o seu filhote de  Dachshund é que ele adora brincar.

Isso é algo que você deve encorajar e participar, pois a brincadeira é muito importante para o seu cão e para você.

Afinal de contas, bons momentos de brincadeira ajudarão a socializar e criar laços com seu filhotinho.

Além disso, quando você brinca com seu filhote de Dachshund, você será capaz de aprender coisas sobre o temperamento dele que você pode não gostar.

Isso permitirá que você o ensine a se comportar desde filhote.

Apesar dessa raça ser predominantemente de estimação nos dias de hoje, muitos mantêm os impulsos de seus ancestrais.

Eles podem ter um forte instinto de perseguir pequenos animais e pássaros, outro motivo pelo qual você deve começar a ensinar boas maneiras desde filhote.

Mas um dos maiores problemas de comportamento da raça foi publicado em um estudo em 2008, que registrou que os Dachshunds estavam entre as raças mais propensas a mostrar agressão aos seres humanos

Os Dachs também são cães mais propensos a latir e podem se mostrar membros bastante vocais de sua família.

Aparência

Os Salsichinhas são cães de aparência diferenciada e inconfundível.

Eles têm pernas muito curtas em proporção a um corpo relativamente longo.

Seus focinhos são longos, não muito pontiagudos, olhos escuros e orelhas caídas.

Eles são comumente encontrados na pelagem curta e lisa, mas também podem ter variedades de cabelos longos.

Quanto ao tamanho, podem ser de dois tamanhos: padrão e miniatura.

A classificação dessa raça quanto ao porte é mensurada conforme o diâmetro da caixa torácica.

Dachshunds Miniatura podem ter até 30 centímetros de diâmetro de caixa torácica.

Já os Dachshunds Padrão podem ter em torno de 35 centímetros de diâmetro de caixa torácica.

Saúde

É importante que você saiba o que está fazendo quando decide trazer um Dachshund para a sua vida.

Esses filhotinhos de pernas curtas tendem a ser bastante saudáveis!

Mas, assim como todas as raças, os Dachs podem ser propensos a algumas doenças.

Os filhotes de Dachshund são ligeiramente propensos a uma condição médica chamada hipoglicemia.

A hipoglicemia é uma queda rápida e perigosa nos níveis de açúcar no sangue.

Os sinais de hipoglicemia são fraqueza, sonolência repentina, tontura, tropeços ao andar e/ou confusão.

Caso você note esses sinais, tente esfregar um pouco de mel nas gengivas do seu Dachshund.

Se os sintomas persistirem, procure um médico veterinário.

Os adultos dessa raça, são bastante propensos a problemas na coluna.

Aproximadamente 10% dos Salsichas apresentam problemas como doença de disco intervertebral já em idade média de 3 anos de idade!

A primeira coisa a se fazer é escolher um bom criador de Dachshund.

Procure referências, investigue o canil, conheça outros clientes que já compraram Dachshunds com o mesmo criador.

Ao visitar o canil, verifique como os filhotes são criados, o tamanho do espaço e os pais.

Embora os potenciais problemas de saúde possam não ser visíveis, observe as seguintes características:

  • Olhos: os olhos não são apenas a janela para a alma, eles também podem lhe dar uma pista sobre a saúde do cão.

Secreções nos olhos, com alguma película esbranquiçada ou o ato de apertar os olhos são sinais de problemas de saúde.

  • Respiração: apesar de ser um pouco difícil, você pode tentar ouvir a respiração do filhote colocando-o próximo ao seu ouvido.

Se notar algum tipo de som como um chiado ou como pequenas bolhas estourando, significa que o filhote está com algum problema respiratório.

O filhote também deve ser capaz de respirar com a boca fechada enquanto em repouso.

  • Movimentação: observe o filhote andar. Veja se ele não está mancando, andando cambaleando ou andando travado.
  • Interação e Atividade: veja como os filhotes interagem entre si e como eles se aproximam de você.

Os mais ousados, que respondem prontamente, podem se tornar cães difíceis de adestrar.

Filhotes tímidos tendem a ter problemas de medo e necessitam de socialização intensa.

Os cuidados especiais com filhotes de Dachshund se referem principalmente ao adestramento e socialização.

Uma socialização profunda desde muito cedo pode ajudar seu Dachs a aceitar amigos em sua casa com alegria.

E aproveitar novas experiências sem ansiedade.

Considerando que Dachs são propensos a terem problemas comportamentais, é preciso que você seja firme desde o momento que o filhote chegar em sua casa.

Não o deixe aprender comportamentos inadequados, pois, devido à tendência à dominância e agressividade, pode ser difícil corrigi-lo depois.

Forneça muitos brinquedos de mastigar para que ele não destrua seus móveis e objetos.

Infelizmente, devido a exageros na forma do seu corpo, criados com o passar dos cruzamentos, alguns problemas de saúde se introduziram na raça, o que significa que você precisará ter um cuidado especial ao exercitar seu amigo de pernas curtas.

Também é importante manter esses cachorrinhos magros, já que o peso extra pode levar a ainda mais problemas.

Há algumas evidências de que não castrar seu cão pode ajudar a reduzir o risco de problemas na coluna. Converse com seu veterinário sobre isso.

Embora não exista como identificar visualmente um filhote que apresentará problemas na coluna, as evidências sugerem que os problemas nas costas podem ser hereditários.

Portanto, pesquise com seu criador sobre histórico de casos na família.

Para garantir a saúde do seu filhote de Dachshund, certifique-se de que ele seja vacinado e vermifugado.

A vacinação começa com 45 dias com a vacina polivalente, conhecida como V10.

O ideal é que assim que adquirir seu filhote você o leve ao médico veterinário para ser avaliado.

Essa é uma dúvida frequente de muitas pessoas que estão em busca do seu filhote perfeito.

O preço de um filhote de Dachshund pode variar absurdamente de um criador para outro.

Algumas variáveis que compõem o preço de um filhote, seja ele Dachshund ou de outra raça, são:

  • os custos que o criador tem para adquirir e para manter as matrizes;
  • os custos de todos os cuidados dispensados para produzir uma ninhada;
  • os custos com veterinários e outros profissionais envolvidos.

Ou seja, quanto maior o nível de profissionalismo e cuidado com todos os animais envolvidos, maior é o preço de um filhote.

Em contrapartida, infelizmente, existem criadores que mantêm seus cães em situações de vida insalubres e, por isso, têm um preço mais baixo.

Fuja deles.

Essas questões não são a regra, por isso, é totalmente indicado que você pesquise a fundo como são as condições de criação e a reputação desse criador de cães.

Faça várias visitas ao canil, de preferência sem hora marcada, para se certificar de que está fazendo a escolha certa.

Em nossa pesquisa, encontramos preços de Dachshund entre R$800,00 a R$2.500,00.

Esperamos que neste artigo você tenha encontrado todas as informações sobre filhotes de Dachshund que procurava.

Se você gostou deste artigo, nos ajude a distribuir essas informações compartilhando-o com seus amigos e em suas redes sociais.

E não se esqueça de deixar um comentário abaixo para que possamos saber se você está gostando dos nossos conteúdos!

Compartilhe suas experiências conosco!

Até o próximo artigo!

Um AUbraço