filhote de boxer 2

Ter um filhote de Boxer é algo maravilhoso e gratificante!

Animado, brincalhão, energético e… um pouco teimoso!

Essas são algumas das características que os pais de Boxers descrevem quando falam de seus filhotes.

Mas não se assuste com a palavra teimoso.

Pois basta você olhar para as suas carinhas enrugadas para o amor aflorar dentro de você!

O que você precisa é saber como lidar com isso.

E transformar seu filhote de Boxer em um adulto educado!

E, por isso, preparamos um super artigo onde vamos falar dessa e outras características dos filhotes de Boxer.

Nós, da Cachorros Incríveis, vamos te fornecer todas as informações sobre o filhote de Boxer que você precisa saber.

Então continue lendo e veja o que você vai aprender neste artigo:

Comportamento

A maioria dos tutores de Boxers se refere ao comportamento de um filhote de Boxer como: muito animado e levemente indisciplinado.

Por isso, você deve ser firme desde o momento que o filhote chegar em sua casa.

Filhotes de Boxer são geralmente muito ativos e gostam de pular, saltar e correr pela casa.

Se você adora brincar e ser entretido por um filhote, o Boxer é um cachorrinho para você!

Ele não é um filhote que costuma latir muito, mas geralmente faz muitos ruídos engraçados e por quaisquer motivos.

Isso inclui ele se lamentar (grunhindo ou gemendo) caso ele tenha fome ou queira chamar sua atenção ou até mesmo para você levá-lo para fazer suas necessidades.

O Boxer pode exibir algum comportamento destrutivo se não for devidamente estimulado ao longo do dia.

Principalmente mastigar objetos e cavar buracos no jardim.

Por isso, forneça brinquedos de mastigar para que ele não mastigue os seus objetos.

Um fato interessante sobre essa raça é que eles permanecem com espírito jovem por um bom tempo em suas vidas.

Algumas pessoas dizem que são como filhotes até os 3 anos de idade.

Aparência

O Boxer é considerado uma raça de médio a grande porte na categoria dos cães de trabalho, com uma pelagem curta e compacta e um conjunto de ossos pesados, tornando-o um adulto robusto.

Entretanto, filhotes de Boxer têm uma aparência arredondada e suave, pois os músculos ainda não se desenvolveram.

O focinho compacto e achatado do Boxer o coloca no grupo dos cães braquicefálicos, embora o grau seja menor quando comparado com outras raças com a mesma característica.

Eles também têm dobras ao redor de seus focinhos.

Outra característica perceptível em filhotes de Boxer é uma “pele solta”.

Alguns temem que isso aponte para uma falha e se preocupam com a aparência do Boxer ao se tornar adulto.

Mas é simplesmente uma questão de idade.

À medida que crescem, irão se tornar mais musculosos e esses músculos preencherão a pele solta.

O primeiro ano é de rápido crescimento, mas, à medida que seu Boxer chega à adolescência, às vezes há um breve período sem que haja ganho de peso.

Nesse período ele tem uma aparência magra, que é completamente normal e tende a durar poucos meses antes que o ganho final aconteça.

Saúde

Os filhotes de Boxer tendem a ser bastante saudáveis.

Mas, assim como todas as raças, Boxers podem ser propensos a algumas doenças.

Para saber mais sobre as doenças que podem afetar um Boxer adulto, acesse nosso artigo completo sobre a raça.

Já os filhotes de Boxer são propensos a um problema de pele causado por um ácaro, chamado Demodex canis.

No nascimento a mãe passa o ácaro para os filhotes.

Essa doença é comumente conhecida como sarna demodécica.

É uma doença que costuma aparecer quando o sistema imunológico está prejudicado, podendo causar sérios problemas na pele.

Outro problema que é ligeiramente comum em filhotes de Boxer é a Estenose Aórtica.

Esse é um problema hereditário que afeta o coração do cão e a raça Boxer é mais propensa do que outras raças de cães.

Em casos leves o cão viverá uma vida normal e, às vezes, a doença nem mesmo é notada.

No entanto, pode haver casos mais graves onde a detecção da doença fará toda a diferença.

Então, se você notar sinais como cansaço, respiração difícil, perda de ar e até mesmo desmaios procure o médico veterinário e peça para ele investigar o coração.

A primeira coisa a se fazer é escolher um bom criador de Boxer.

Procure por referências, investigue o canil, conheça outros clientes que já compraram Boxers com o mesmo criador.

Ao visitar o canil, verifique como eles filhotes são criados, o tamanho do espaço e os pais.

Embora os potenciais problemas de saúde possam não ser visíveis, observe as seguintes características:

  • Olhos: os olhos não são apenas a janela para a alma, eles também podem lhe dar uma pista sobre a saúde do cão.

Secreções nos olhos, alguma película esbranquiçada ou o ato de apertar os olhos são sinais de problemas de saúde.

  • Respiração: apesar de ser um pouco difícil, você pode tentar ouvir a respiração do filhote colocando-o próximo ao seu ouvido.

Se notar algum tipo de som como um chiado ou como pequenas bolhas estourando, significa que o filhote está com algum problema respiratório.

O filhote também deve ser capaz de respirar com a boca fechada quando estiver em repouso.

  • Movimentação: observe o filhote andar. Veja se ele não está mancando, andando cambaleando ou então andando travado.
  • Interação e Atividade: veja como os filhotes interagem entre si e como eles se aproximam de você.

Os mais ousados, que respondem prontamente, podem se tornar cães difíceis de adestrar.

Filhotes tímidos tendem a ter problemas de medo e necessitam de socialização intensa.

Os cuidados especiais com filhotes de Boxer se referem principalmente ao adestramento e socialização e aos cuidados com suas dobras de pele.

Considerando que Boxers são propensos a serem teimosos e indisciplinados, é preciso que você seja firme com ele desde o momento que o filhote chegar em sua casa.

Não o deixe aprender comportamentos inadequados, pois, devido à sua teimosia, pode ser difícil corrigi-lo depois.

Forneça muitos brinquedos de mastigar para que ele não destrua seus móveis e objetos.

Faça a socialização apresentando seu filhote de Boxer a outros cães, animais e pessoas.

As dobras da pele precisarão de um pouco de atenção também.

Limpe o rosto do seu Boxer (e as outras dobras do corpo) diariamente.

É preciso que o filhote seja acostumado com a manipulação desde cedo, pois você vai precisar fazer isso durante a vida toda.

Faça isso com delicadeza passando uma gaze, pano ou toalha levemente umedecidos por entre as dobras.

Isso evita o acúmulo de sujeira e de bactérias que podem causar infecções ou deixar seu filho de 4 patas doente.

No final, você pode usar um cotonete para espalhar vaselina dentro das rugas para manter a pele interna protegida.

Para garantir a saúde do seu filhote de Boxer, certifique-se de que ele seja vacinado e vermifugado.

A vacinação começa com 45 dias com a vacina polivalente, conhecida como V10.

O ideal é que, assim que adquirir seu filhote de Boxer, você o leve ao médico veterinário para ser avaliado.

Essa é uma dúvida frequente de muitas pessoas que estão em busca do seu filhote perfeito.

O preço de um filhote de Boxer pode variar absurdamente de um criador para outro.

Algumas variáveis que compõem o preço de um filhote, seja ele Boxer ou de outra raça, são:

  • os custos que o criador tem para adquirir e para manter as matrizes;
  • os custos de todos os cuidados dispensados para produzir uma ninhada;
  • os custos com veterinários e outros profissionais envolvidos.

Ou seja, quanto maior o nível de profissionalismo e cuidados com todos os animais envolvidos, maior é o preço de um filhote.

Em contrapartida, infelizmente, existem criadores que mantêm seus cães em situações de vida insalubres e, por isso, têm um preço mais baixo.

Fuja deles.

Essas questões não são a regra e, por isso, é totalmente indicado que você pesquise a fundo como são as condições de criação e a reputação desse criador de cães.

Faça várias visitas ao canil, de preferência sem hora marcada, para se certificar de que está fazendo a escolha certa.

Em nossa pesquisa, encontramos preços de Boxer entre R$250,00 a R$3.000,00.

Se você gostou deste artigo, vai gostar ainda mais do conteúdo incrível que preparamos para você em nosso e-book: TENHO UM CACHORRO, E AGORA?

Esse e-book é o Único e Exclusivo Manual que te guiará na criação de um cachorro incrível ao invés de um bagunceiro, mal comportado e cheio de problemas de saúde.

Clique Aqui Para Conhecer o Ebook

Clique para saber mais, afinal você provavelmente sabe ou já tem uma boa ideia de quão trabalhoso e custoso é cuidar de um cachorro.

Então é melhor estar preparado para criar o seu filhote de uma forma incrível!

Esperamos que neste artigo você tenha encontrado todas as informações sobre filhotes de Boxer que procurava.

Então, se você gostou deste artigo, nos ajude a distribuir essas informações compartilhando este artigo com seus amigos e nas suas redes sociais.

E não se esqueça de deixar um comentário abaixo para que possamos saber se você está gostando dos nossos conteúdos!

Compartilhe suas experiências conosco!

Até o próximo artigo!

Um AUbraço