filhote de akita 4

Ele é um cachorrinho fofo e costuma chamar atenção das pessoas por onde passa, assim é o filhote de Akita.

Mas, embora essa raça possa ser amorosa, não é tão louca para agradar seus tutores como Labradores.

Os Akitas são cães mais quietos e têm fortes instintos de guarda!

Soarão o alarme se qualquer intruso invadir sua casa.

E, por isso, muitas vezes Akitas têm fama de preferirem estar isolados ou então de serem até mesmo agressivos.

Então, para que você possa desfrutar de um relacionamento longo e satisfatório, é ideal estabelecer medidas já no início da vida do seu filhote de Akita.

E, para descobrir tudo o que você precisa saber para manter seu Akita feliz e saudável, continue lendo este artigo que a Cachorros Incríveis preparou para você.

Veja o que você vai aprender neste artigo:

Comportamento

Akitas são cães inteligentes que exigem muita interação, disciplina e afeição.

Embora seja conhecido por ser um cão quieto, o Akita pode variar seu temperamento de calmo para saltitante e agressivo.

Ele pode ser dócil, mas isso vai depender de como são criados desde filhotes.

Então a raça deve sempre ser supervisionada em torno de crianças pequenas e outros animais.

Os Akitas tendem a mostrar agressividade em relação a outros animais de estimação, mas isso depende de como eles foram socializados enquanto filhotes.

Eles gostam de ser “líderes de matilha” e, por isso, precisam de liderança forte desde filhotes para que entendam seu lugar na família.

E certamente não são recomendados para tutores de primeira viagem.

Eles também fazem muitos sons interessantes quando se comunicam, mas não costumam latir excessivamente.

Aparência

Akitas podem vir em seis cores: branco, tigrado, fulvo, fulvo-vermelho, vermelho, malhado e sésame.

Os filhotes vermelhos nascem de cor parda e podem ter máscaras negras.

À medida que o filhote cresce, o pelo também cresce e fica mais vermelho e sua pelagem de dupla camada começa a se desenvolver.

A camada superior é chamada de capa protetora e vai se tornar um aspecto duro e áspero.

O revestimento inferior é chamado de subpelo e é grosso e macio.

A pelagem se tornará bastante densa, o suficiente para mantê-los quentes e secos nas condições mais adversas, como as montanhas frias do Japão, de onde se originaram.

O Akita deve ter uma cabeça grande com um crânio largo e um focinho afunilado.

A cauda grossa e peluda é a marca registrada do Akita e se enrola sobre as costas desde filhotes.

Saúde

Filhotes de Akita geralmente são saudáveis.

E são poucas as situações em que você precisará ter mais atenção.

Confira no nosso Guia Completo do Akita alguns problemas que pode enfrentar quando seu Akita se tornar adulto.

Você também precisará fazer os protocolos de vacinação de filhotes e vermífugos.

A vermifugação pode começar aos 30 dias de idade.

Já a vacinação pode começar com 45 a 60 dias de idade.

Não negligencie essas medidas.

Pois a vacinação continua sendo de extrema importância.

A primeira coisa a se fazer é escolher um bom criador de Akita.

Procure por referências, investigue o canil, conheça outros clientes que já compraram Akitas com o mesmo criador.

Ao visitar o canil, verifique como os filhotes são criados, o tamanho do espaço e os pais.

Embora os potenciais problemas de saúde possam não ser visíveis, observe as seguintes características:

  • Olhos: os olhos não são apenas a janela para a alma, eles também podem lhe dar uma pista sobre a saúde do cão.

Secreções nos olhos, com alguma película esbranquiçada ou o ato de apertar os olhos são sinais de problemas de saúde.

  • Respiração: apesar de ser um pouco difícil, você pode tentar ouvir a respiração do filhote colocando-o próximo ao seu ouvido.

Se notar algum tipo de som, como um chiado ou pequenas bolhas estourando, significa que o filhote está com algum problema respiratório.

O filhote também deve ser capaz de respirar com a boca fechada enquanto estiver em repouso.

  • Movimentação: observe o filhote andar. Veja se ele não está mancando, andando cambaleando ou andando travado.
  • Interação e Atividade: veja como os filhotes interagem entre si e como eles se aproximam de você.

Os mais ousados, que respondem prontamente, podem se tornar cães difíceis de adestrar.

Filhotes tímidos tendem a ter problemas de medo e necessitam de socialização intensa.

Para cuidar de um filhote de Akita, em primeiro lugar, tenha em mente que você precisará ser um tutor responsável, firme e gentil ao mesmo tempo.

Filhotes de Akita podem ser um verdadeiro desafio para tutores de primeira viagem.

O cuidado mais importante é se certificar de que o seu Akita seja adestrado e socializado adequadamente desde filhote.

Isso é o mais indicado por causa de sua propensão a ser independente, desconfiado e até mesmo agressivo.

Comece o treinamento e a socialização o quanto antes possível, de preferência ainda na infância, por volta de 10 semanas de idade.

Akitas ficam entediados facilmente e não se dão bem com treinamentos repetitivos.

É importante que o filhote tenha contato com o maior número de pessoas e outros animais para uma socialização adequada.

Quanto mais cedo você começar o processo de socialização, melhor seu Akita aprenderá a se sentir mais confortável com as situações.

Forneça também brinquedos mastigáveis para que o filhote não desenvolva hábitos inadequados de mastigar móveis e objetos alheios.

Por último, acostume seu Akita a ser tocado e escovado desde filhote, pois eles são notórios por resistirem à manipulação para higiene.

Por isso, os filhotes devem ser escovados desde cedo, as patas também devem ser manuseadas para que se acostumem em aparar as unhas.

Relacione esses momentos com coisas positivas, como recompensas de carinho e/ou petiscos.

Isso vai facilitar muito a manipulação do seu cachorro.

Afinal, você precisará escová-lo até 3 vezes por semana para manter a pelagem em boas condições.

Essa é uma dúvida frequente de muitas pessoas que estão em busca do seu filhote perfeito.

O preço de um filhote de Akita pode variar absurdamente de um criador para outro.

Algumas variáveis que compõem o preço de um filhote, seja ele Akita ou de outra raça, são:

  • os custos que o criador tem para adquirir e para manter as matrizes;
  • os custos de todos os cuidados dispensados para produzir uma ninhada;
  • os custos com veterinários e outros profissionais envolvidos.

Ou seja, quanto maior o nível de profissionalismo e cuidados com todos os animais envolvidos, maior é o preço de um filhote.

Em contrapartida, infelizmente, existem criadores que mantêm seus cães em situações de vida insalubres e, por isso, têm um preço mais baixo.

Fuja deles.

Essas questões não são a regra e, por isso, é totalmente indicado que você pesquise a fundo como são as condições de criação e a reputação desse criador de cães.

Faça várias visitas ao canil, de preferência sem hora marcada, para se certificar de que está fazendo a escolha certa.

Esperamos que neste artigo você tenha encontrado todas as informações sobre filhotes de Akita que procurava.

Se você gostou deste artigo, nos ajude a distribuir essas informações compartilhando este artigo com seus amigos e nas suas redes sociais.

E não se esqueça de deixar um comentário abaixo para que possamos saber se você está gostando dos nossos conteúdos!

Compartilhe suas experiências conosco!

Até o próximo artigo!

Um AUbraço