dogue alemão 8

O Dogue Alemão é uma raça de cachorro Alemã bastante conhecida por seu tamanho gigante.

Ele é uma das raças mais altas do mundo.

Esta raça foi originalmente criada para caçar javalis, mas a ferocidade necessária para rastrear um animal tão grande e astuto acabou por sendo retirada do Dogue Alemão.

Hoje, ele é um cão de natureza gentil e um verdadeiro companheiro de família.

Ele gosta de brincar e é gentil com as crianças.

Caso você esteja procurando por um gigante gentil, este pode muito bem ser o cão para você.

Essa e outras características você vai ver aqui neste super guia que a Cachorros Incríveis preparou para você.

Perfil da Raça Dogue Alemão

Grupo: Cães de Trabalho

Tamanho: Porte Grande

Peso: Os machos podem pesar de 54 a 90 quilos, já as fêmeas podem pesar de 45 a 59 quilos.

Altura: Os machos podem medir de 76 a 86 centímetros, já as fêmeas podem medir de 71 a 81 centímetros de altura.

Expectativa de vida: de 8 a 10 anos.

Origem: Alemanha

Pelagem: Curto e liso

Cores: Tigrado, Preto, Fulvo, Arlequim, Azul, Mantado

Destaques da Raça Dogue Alemão

O Dogue Alemão é Uma Das Raças de Cães Mais Altas do Mundo

A altura e peso do Dogue Alemão o colocam entre as maiores raças.

Apenas uma raça irlandesa é mais alta, e alguns Mastiffs podem superá-lo.

O detentor do recorde de cachorro mais alto foi um Dogue Alemão chamado Zeus (falecido em setembro de 2014, com 5 anos de idade).

Ele media 111,8 centímetros da pata ao ombro.

Esteja ciente do tamanho que seu filhote vai ficar e comece logo cedo a ensiná-lo  a nunca pular nas pessoas.

Seu tamanho gigante também pode proporcionar alguns problemas.

Demora um tempo para que seus ossos e articulações parem de crescer e se tornem estáveis.

Não permita que seu filhote de Dogue Alemão pule e cuide para que ele não se envolva em “corridas” até que ele tenha pelo menos 18 meses de idade.

Isso reduzirá o estresse nos ossos e articulações em crescimento.

Os seus requisitos dietéticos especiais devem ser seguidos ou então questões ortopédicas podem se desenvolver.

O Dogue Alemão Pode se Adaptar em Casas Pequenas ou Apartamentos

Embora seja uma raça gigante, por causa de sua natureza quieta e pouco ativa, podem viver em casas pequenas e apartamentos.

Mas, você precisará oferecer exercício suficiente para movimentar suas articulações.

Então, você precisará sair com ele para passear de 1 a 2 vezes ao dia.

E, antes de adquirir um Dogue Alemão, ou mudar com o seu para um lugar com escadas, pense em como você o levaria para dentro e para fora se ele estivesse ferido e/ou doente e não pudesse subir e descer por conta própria.

O Dogue Alemão Tem Uma Expectativa de Vida Curta

Esteja ciente de que, devido ao seu tamanho, ele tem um tempo de vida relativamente curto, de aproximadamente oito anos. 🙁

Isso significa que ele ocupa um espaço enorme em seu coração por um curto período de tempo.

É Bastante Oneroso Ter Um Dogue Alemão

Tudo custa mais quando você tem um cachorro gigante – coleiras, medicamentos veterinários, banhos, alimentação…

A alimentação é uma das grandes despesas, visto que o Dogue Alemão vai comer muito!

E, não queira oferecer um alimento de má qualidade, pois o alimento correto vai ajudar a evitar problemas articulares nesta raça.

Além disso, você precisará de uma caixa e de um veículo para transporte que sejam grandes o suficiente para que ele caiba.

O Dogue Alemão é Um Ótimo Cão de Companhia

O Dogue Alemão é doce e adora agradar seus humanos.

Esta raça é bem calma e ficará feliz em compartilhar o sofá e ajudá-lo a assistir TV.

História da Raça Dogue Alemão

A história do Dogue Alemão não é uma história de uma única versão.

Alguns argumentam que a raça evoluiu principalmente na Inglaterra ao longo de centenas de anos.

Enquanto outros dizem que os alemães fizeram todo o trabalho.

Na realidade é pouco documentada e os historiadores tentam juntar as peças.

A história do Dogue Alemão aparece pela primeira há vez cerca de 3000 a.C. no Egito.

Neste local, foram encontradas esculturas em monumentos egípcios construídos nesta época.

Artefatos foram encontrados também em templos babilônicos que foram construídos por volta de 2000 a.C.

Há também evidências de cães semelhantes no Tibete, com relatos escritos aparecendo na literatura chinesa em 1121 a.C.

Acredita-se que esses cães tenham sido espalhados por várias partes do mundo pelos assírios, que trocavam seus cães pelos cães gregos e romanos.

Então, os gregos e romanos cruzaram esses cães com outras raças.

A teoria é que estes cães tenham sido cruzados com cães do tipo Mastiff, com o Greyhound Irlandês e com o Wolfhound Irlandês.

Produzindo então, uma raça gigante mas mais magra que o Mastiff puro.

Esse esforço levou ao desenvolvimento do “Dogue Inglês”, que alguns dizem ser o ancestral do Dogue Alemão moderno.

No século 16, esses cães gigantes eram bastante comuns como cães de caça na Inglaterra e na Alemanha.

Os alemães importaram um grande número desse “Dogue Inglês” para melhorar sua própria versão.

Eles também desejavam desenvolver um cão caçador de javalis perfeito para suas próprias necessidades.

É nesta parte do desenvolvimento da raça que os alemães se destacaram e contribuíram para a raça como conhecemos hoje.

O cão formado pelos alemães para caçar javalis eram rápidos, fortes e agressivos.

Então, eles perceberam que um cão deste tamanho poderia ser um excelente cão de guarda.

Mas, para cumprir essa função, algo teria que ser feito para tornar esse cão mais amigável com as pessoas.

E assim, ao longo dos séculos 18 e 19, os criadores de cães alemães concentraram-se em evoluir seu cão de caça aos javalis em uma espécie com bom temperamento e amigável.

Os alemães continuaram desenvolver a raça e em 1880, em uma apresentação de cães, ele foi reconhecido e declarado uma raça distinta.

Sendo diferenciada de Mastiffs Ingleses, foi formalmente chamada de Deutsche Doggen, ou Dogue Alemão.

Personalidade da Raça Dogue Alemão

A grande e imponente aparência do Dogue Alemão esconde sua natureza amigável.

Os Dogues Alemães são uma raça recomendada para famílias.

O Dogue Alemão é frequentemente descrito como um gigante gentil.

Algumas pessoas consideram a raça “o maior cachorro de colo do mundo”.

Dado a sua preferência em sentar e se apoiar nos seus tutores. 🙂

Ele é carinhoso e ama as pessoas.

Mas é bom que sejam adestrados e socializados desde filhotes.

Entretanto, ele pode ser naturalmente protetor quando a situação o exige.

Saúde do Dogue Alemão: Veja os Pontos Críticos

A raça Dogue Alemão tem uma expectativa de vida de 8 a 10 anos. São geralmente saudáveis, mas, como todas as raças, estão propensos a certos problemas de saúde.

Nem todos os Dogue Alemães vão adquirir essas doenças, mas é importante estar ciente delas se você estiver pensando em ter um cachorro desta raça.

Torção-Dilatação Gástrica

Muito comum em animais de grande porte.

Nesta doença pode ocorrer a torção completa ou parcial do estômago.

Pode acontecer principalmente com cachorros que são alimentados apenas uma vez ao dia, e logo em seguida fazem exercícios vigorosos.

Sem atendimento veterinário imediato, o cachorro pode morrer.

Displasia de quadril

Ocorre desenvolvimento anormal e / ou degeneração da articulação coxofemoral (quadril).

Osteossarcoma

É um tipo de  câncer que se desenvolve nos ossos, e é considerado super agressivo.

Geralmente afeta raças grandes e gigantes, e o Dogue Alemão é uma das raças mais afetadas.

O primeiro sinal de osteossarcoma é claudicação (termo médico usado para indicar quando o cachorro manca).

O tratamento para osteossarcoma é radical e envolve a amputação total do membro afetado.

Doenças cardíacas

Doenças cardíacas afetam muito esta raça.

As variedades incluem cardiomiopatia dilatada, defeitos valvares mitrais, displasia da valva tricúspide, estenose subaórtica, persistência do canal arterial e persistência do arco aórtico direito.

O prognóstico e o tratamento variam dependendo do distúrbio específico e da idade e estado geral do cão.

Pelagem do Dogue Alemão

O Dogue Alemão possui uma pelagem curta e lisa, bem fácil de cuidar.

Ele tem queda de pelos acentuada que pode piorar nas épocas de troca, isto é, no verão e no inverno.

Cores:

São 6 as cores do Dogue Alemão que são aceitáveis.

São elas:

Tigrado (fulvo e preto misturado por todo o corpo em um padrão de listras de tigre).

Preto

Fulvo (uma cor dourada com uma máscara preta)

Arlequim (branco com manchas pretas irregulares em todo o corpo)

Azul (azul aço, que é realmente uma espécie de cinza)

Manto (preto e branco com um cobertor preto sólido sobre o corpo)

Cuidados e Higiene Com o Dogue Alemão

A pelagem do Dogue Alemão é bastante fácil de cuidar.

Embora não seja muito fácil dar um banho nele.

Então, faça uma escovação regularmente para manter o pelo saudável.

Use uma escova de cerdas firmes para escová-lo 1 vez por semana.

O banho pode ser dado 1 vez ao mês ou quando ele estiver sujo ou com cheiro ruim.

Convívio do Dogue Alemão Com Crianças e Outros Pets

Os Dogue Alemães costumam se dar bem com crianças.

Na verdade, eles amam as crianças, mas precisam aprender a ser gentis com elas.

Pois, um golpe daquele rabo abanando pode derrubar uma criança.

Então é importante supervisionar suas interações.

Estes grandes cães também podem aprender a conviver com outros animais de estimação, especialmente quando são criados com eles.

Alimentação do Dogue Alemão

Sabemos que o Dogue Alemão é um cachorro gigante e possui necessidades nutricionais diferenciadas.

Além do mais, a maneira mais rápida de fazer um cachorro feliz e saudável é por meio de uma alimentação balanceada.

Quer seja uma ração comercial ou uma alimentação natural para cachorros, é importante verificar os ingredientes para saber qual decisão tomar.

Então, se você alimentar seu Dogue Alemão corretamente, eles serão mais enérgicos, terão menos problemas de saúde e estarão menos propensos a problemas de desenvolvimento ósseo e articular.

Igualmente, com uma alimentação saudável, sua pele e pelagem também ficarão excelentes, com brilho e maciez, e com certeza ele terá menor queda de pelos.

Então, para garantir todos os nutrientes que o seu Dogue Alemão precisa, vamos dar uma olhada nas necessidades dele.

Nutrientes Necessários Para o Dogue Alemão: Como Escolher a Melhor Nutrição

O principal item da dieta de um Dogue Alemão, assim como de outras raças de cachorros, é a carne.

Da carne são extraídas as proteínas, aminoácidos, e uma pequena porcentagem de gordura, dos quais ele necessita.

Se você observar no rótulo da sua ração preferida, o primeiro item da lista é geralmente uma proteína.

As fontes de proteína saudáveis e próprias para consumo são a carne, a farinha de carne ou então frango e farinha de frango.

Recuse as formulações com farinha de penas, farinha de ossos, farinha de carne e ossos, farinha de subprodutos, farelo de milho, farelo de soja, soja, trigo ou milho.

A porcentagem de proteínas para um Dogue Alemão pode variar de acordo com as idades:

  • para um Dogue Alemão adulto é de 22 a 26% de proteína
  • para um Dogue Alemão filhote vai de 24 a 28% de proteína
Certifique-se que seu Dogue Alemão está consumindo estas proteínas para que ele desenvolva uma boa saúde.

Um bom nível de proteínas na dieta também ajudará a evitar o sobrepeso, uma vez que a alimentação com proteínas favorece o metabolismo e evita o acúmulo de gorduras.

Falando em gorduras, este é o segundo nutriente necessário na dieta do seu Dogue Alemão.

A gordura é uma fonte de energia, principalmente para filhotes, que estão em fase de crescimento.

Assim como as proteínas, filhotes necessitam de maior nível de gorduras, em torno de 14 a 18%, quando para um adulto é de 12 a 16%.

Como falado neste artigo sobre os Labradores Retrievers, todos os cachorros não necessariamente precisam de carboidratos em suas dietas.

Os alimentos do seu Dogue Alemão nunca devem conter conservantes químicos, açúcar ou corantes artificiais.

Outro fator muito importante na dieta de Dogues Alemães é a presença de glucosamina e condroitina.

Estes suplementos são essenciais para a saúde osteoarticular do seu Dogue Alemão.

E, portanto, ao escolher alimentação adequada certifique-se que ela contenha estes suplementos.

Preço de um Filhote de Dogue Alemão

Essa é uma dúvida frequente de muitas pessoas que estão em busca do seu filhote perfeito.

O preço de um filhote de Dogue Alemão pode variar absurdamente, de um criador para outro.

Algumas variáveis que compõem o preço de um filhote, seja ele Dogue Alemão ou de outra raça, são:

  • os custos que o criador tem para adquirir e para manter as matrizes;
  • os custos de todos os cuidados dispensados para produzir uma ninhada;
  • os custos com veterinários e outros profissionais envolvidos.

Ou seja, quanto maior o nível de profissionalismo e cuidados com todos os animais envolvidos, maior é o preço de um filhote.

Em contrapartida, infelizmente, existem criadores que mantêm seus cães em situações de vida insalubres e, por isso têm um preço mais baixo.

Fuja deles.

Essas questões não são vias de regra, por isso, é totalmente indicado que você pesquise a fundo como são as condições de criação e a reputação deste criador de cães.

Faça várias visitas ao canil, de preferência sem hora marcada para certificar de que está fazendo uma escolha certa.

Em nossa pesquisa encontramos preços de Dogue Alemão entre R$800,00 a R$4.500,00 reais.

Conclusão

Agora que você já sabe tudo sobre seu Dogue Alemão, queremos saber como é seu convívio e de sua família com essa raça incrível.

Compartilhe conosco suas experiências com seu(s) Dogue Alemão(es) deixando um comentário.

Além disso, também criamos uma hashtag perfeita para você e seu Dogue Alemão.

Publique no seu Instagram, uma foto do seu Dogue Alemão com a seguinte hashtag #Doguesalemãesincriveis.

Você poderá ter uma foto do seu Dogue Alemão aqui neste artigo!

Nos ajude também a compartilhar essas informações e ajudar centenas de milhares de pessoas com seus Dogue Alemão..

Compartilhe com seus amigos ou em suas redes sociais.

Um AUbraço! E até o próximo artigo!