como funciona o adestramento de cães 3

Muitas pessoas têm perguntado como funciona o adestramento de cães.

Afinal, a grande maioria das pessoas que têm um cachorro deseja que ele saiba se comportar e obedecer aos seus tutores.

Hoje em dia, o adestramento é visto como uma necessidade para cães que é quase tão importante quanto suas necessidades básicas de comida, água e cuidados médicos.

Além disso, o status de membro da família também pode exigir que o cão atenda a certos padrões de comportamento.

Entretanto, os cães têm seu próprio jeito de pensar e fazer as coisas.

Então, é preciso alinhar a comunicação entre nós, humanos, e nossos peludinhos!

Para que eles possam se comportar adequadamente na sociedade humana.

Isso, de forma alguma, vai transformá-los em seres “robotizados”.

Muito pelo contrário, o adestramento é uma comunicação alinhada que proporciona felicidade a todos os cachorros.

Pois, quando os tutores se esforçam para preencher a liderança, que seria o trabalho do líder da matilha, os cães se sentem mais seguros e confiantes.

Então, veja a seguir o que preparamos para você aprender neste artigo.

Você já aprendeu que o adestramento de cães é uma comunicação alinhada que permite tutores a educar seus cães.

E o adestramento funciona a partir de uma sugestão, estímulo ou comando levando à execução de tarefas de forma condicionada.

Isto é, para que o cachorro realize uma tarefa, ele precisa associar (condicionar) um sentimento àquele tarefa.

Por isso, também dizemos que o adestramento é a mudança intencional do comportamento de um cão.

Atualmente, acreditamos que o adestramento com reforço positivo é o melhor tipo de adestramento de cães.

Pois, nesse adestramento, o treinador associa a tarefa a um bom sentimento, ou seja, felicidade, satisfação por receber atenção do tutor.

Isso é o que o seu cachorro sente quando, após realizar a tarefa corretamente, você o recompensa com petiscos, carinhos ou brinquedos (ou todas estas coisas). 🙂

Segundo os especialistas, essa é a melhor maneira de mostrar ao animal que ele fez algo certo.

Neste contexto, as broncas devem ser evitadas, pois as punições podem traumatizar o cão e até fazer como que ele aprenda o que é errado.

A punição acaba valorizando um comportamento inadequado, pois eles não têm a percepção de “bronca” e sim de atenção.

Outro problema relacionado à punição é o sentimento de medo que, na maioria das vezes, acaba levando a outros tipos de problemas comportamentais.

Mesmo na técnica de reforço positivo há muitas métodos diferentes que podem ser utilizados.

A principal diferença entre eles é a rapidez com que os adestradores trabalham e o quão divertida é a atividade para o cão.

Se você se interessa por ciência, vai adorar saber onde tudo começou.

Até mesmo porque vamos detalhar estas descobertas científicas para você entender tudinho sobre adestramento.

Tudo começou com os estudos de um cientista russo chamado Ivan Pavlov.

No estudo inovador de Pavlov, ele demonstrou que os cães aprendem mediante sugestões e estímulos.

E, utilizando um comportamento natural e incondicional – a salivação – para a avaliação do aprendizado.

Isto é, a salivação sempre vai ocorrer em antecipação à comida.

Nesse caso, o cientista adicionou o toque de um sino para sugerir que eles estavam prestes a ser alimentados.

Veja bem, o toque de um sino não significava nada para os cachorros.

Então, o teste acontecia desta forma: um sino tocava, e os cães eram alimentados.

Depois de algumas tentativas, os cães aprenderam a associar o toque do sino à alimentação e reagiam salivando ao toque do sino, antecipando a comida, mesmo sem qualquer alimento presente.

A nova reação do cão é um resposta ao estímulo que foi condicionada. Isso é adestramento.

Muitas pessoas acreditam que o adestramento garante um cachorro altamente obediente que obedece ao seu comando sem falhas e somente isso.

Entretanto, você pode se surpreender ao saber que há muitos benefícios além.

O adestramento tem a função de melhorar a integração do cão com sua família e com a sociedade por meio da educação.

Ele também pode melhorar a qualidade de vida do cão e da família, pois ajuda a eliminar ou minimizar comportamentos indesejados.

Como já dissemos acima, ao contrário do muitos ainda imaginam, o adestramento não deixa o animal “robotizado”.

Aqui está uma lista dos benefícios mais comuns em adestrar um cachorro:

1 Você Tem Mais Controle e Segurança

Ensinar seu cachorro a sentar ou vir quando é chamado não é apenas um truque para diversão, mas uma ferramenta para controlar as ações do seu cão.

Por razões óbvias, a capacidade de chamar o seu cão de volta garante que ele não vá fugir para encarar alguns “problemas”.

Isto é, ele não vai perseguir as pessoas no parque ou na rua e, se o fizer, você poderá chamá-lo de volta.

Além disso, dar ao seu cachorro algo para fazer garante que seu cão não esteja fazendo algo inapropriado.

Por exemplo, se o seu cão late para um carteiro, mande-o sentar e, se ele ficar quieto, você pode elogiá-lo para reforçar o bom comportamento.

2 Você Consegue Aprender

Há um equívoco comum de que somente adestradores formados podem educar os cães.

Embora o cachorro possa aprender muito com adestradores, os tutores também podem aprender e realizar esse treinamento.

Como pai ou mãe de um cachorro, você aprende a se comunicar com seu cachorro, em como ler suas intenções e padrões de comportamento, como transmitir suas mensagens para o seu cão e guiá-lo a responder adequadamente.

3 Você e Seu Cachorro Se Tornam Mais Ativos

Cães são animais ativos e, na natureza, passariam a maior parte do tempo rastreando e caçando comida.

E, claro, você não quer que seu cão se dedique à caça de coelhos, especialmente se os coelhos são imaginários, mas parecem “viver” debaixo do seu gramado.

Portanto, atividades regulares, como adestramento, dão ao seu cão uma infinidade de atividades reais para realizar, fazendo com que ele não precise “inventar” outras atividades sozinho.

É claro que o adestramento é apenas uma de suas opções – você também pode levar seu cão para passear ou brincar de buscar a bola.

Entretanto, o adestramento é a atividade que mais exercita mais o cérebro do seu cão.

E, como efeito colateral, você também fica mais ativo.

4 O Cachorro Se Torna Mais Obediente

Cães adestrados têm menos problemas de desobediência do que cães não adestrados.

Pois a comunicação com seus tutores é melhor, o que torna mais fácil estabelecer limites para o que é e o que não é permitido.

Mais importante ainda, sessões regulares de adestramento são física e psicologicamente exigentes – de um jeito bom.

O que significa que os cães recebem estimulação e atenção necessárias (a falta disso muitas vezes causa problemas comportamentais em cães).

Inclusive, o adestramento permite ensinar ao animal o que fazer quando o seu dono está ausente ou ocupado.

5 O Cachorro Aprende Habilidades Sociais

A prática das habilidades sociais permite que o seu cão se comporte adequadamente em determinadas situações.

Seu cão se acostuma com outras pessoas e outros cães, o que é crucial para o desenvolvimento de cães jovens.

Também garante que seu animal de estimação não vai latir para um pedestre, não vai entrar em pânico e puxar uma coleira ao ver um gato ou saltar em seus convidados.

Cães bem treinados podem ser levados para quase qualquer lugar, como uma viagem em família, uma festa ou uma aula de corrida – você escolhe.

Um cão treinado se junta à diversão quando a companhia vem, acompanha a família nos jogos esportivos das crianças, acompanha você para visitar amigos e parentes, faz caminhadas, mergulhos e tudo mais que a família faz junta.

Enfim, o adestramento constrói seu vínculo mútuo, aumenta a parceria e enriquece o relacionamento que você compartilha com seu cão.

Existe coisa melhor?

Conclusão

Para que a iniciativa dê certo, os tutores também precisam trabalhar.

Por isso, esperamos que este artigo ajude você a educar seu filho de 4 patas, tornando você cooperador e responsável pela educação do seu cachorrinho.

E por favor, nos ajude a levar informações para outros tutores de cães compartilhando este artigo com seus amigos e em suas redes sociais.

Fazendo isso você estará ajudando outros apaixonados por cães que querem saber como funciona o adestramento de cães e quais são seus benefícios.

Não se esqueça de deixar um comentário nos dizendo se você já teve problemas com adestramento do seu cachorro e se conseguiu resolvê-lo com o que aprendeu aqui no artigo.

Compartilhe suas experiências conosco!

Até o próximo artigo!

Um AUbraço