chihuahua 4

O Chihuahua é uma das raças de cachorro com origem no México.

Esta raça é conhecida por ser a menor raça do mundo.

Mas não se engane, ele não é um cachorro que gosta de ficar no colo.

Eles têm muita energia e gostam de se movimentar.

Eles também são personagens leais e carinhosos.

E gostam de estar na presença de seus tutores todo o tempo.

Aliás, Chihuahuas não toleram ficar sozinhos por muito tempo.

Uma notável característica desta raça é que são inteligentes e aprendem rápido.

Chihuahuas podem ter 2 comprimentos de pelagem e têm uma ampla variedade de cores.

Essa e outras características você vai ver aqui neste super guia que a Cachorros Incríveis preparou para você.

Perfil da Raça Chihuahua

Grupo: Cães de Companhia

Tamanho: Porte Pequeno

Peso: Tanto machos como fêmeas podem pesar de 1,5 a 3 quilos.

Altura: Tanto machos como fêmeas podem medir de 15 a 23 centímetros.

Expectativa de vida: de 12 a 20 anos.

Origem: México

Pelagem: São dois tipos: 1) pelo curto e liso 2) pelo médio e liso

Cores: Variadas

Destaques da Raça Chihuahua

Os Chihuahuas Têm Uma Expectativa de Vida Longa

Esta é uma das raças com maior expectativa de vida do mundo.

Ele pode viver até 20 anos de idade.

É importante que você esteja ciente desta característica, pois é bem possível que este cachorrinho te faça companhia por muitos anos.

Além disso, saiba que você terá um idoso bem delicado para cuidar.

Chihuahuas Possuem Baixa Tolerância ao Frio

Esta raça é bem sensível a temperaturas baixas.

É importante que você forneça um local quente para que ele possa dormir.

Você também deve considerar agasalhá-lo nos dias mais frios.

Chihuahuas São Ótimas Escolhas Para Apartamento

Esta é uma raça ótima para viver em apartamentos.

Eles costumam ser bem educados e vivem bem em espaços pequenos.

Além disso, eles necessitam de muito pouco exercício.

Uma caminhada rápida pela manhã pode funcionar muito bem.

História da Raça Chihuahua

Embora o Chihuahua seja uma raça de origem atribuída ao México, existem teorias de que ele supostamente teria sua origem na Europa, até mesmo na China.

Mas, aparentemente, o México é o lugar mais provável de origem da raça.

Neste país foram encontrados artefatos arqueológicos que remetem ao Chihuahua.

Além disso, contos mexicanos populares reforçam essa suposição.

A teoria que segue é de que os Chihuahuas são descendentes de cães que existiam antigamente, os Techichi.

Os Techichis foram cães que existiram durante a civilização mexicana conhecida como tolteca.

Estas suposições sobre as origens do Chihuahua são apoiadas em achados arqueológicos que remetem a enterros de cães que datam de 300 a.C.

Como também, esculturas toltecas datadas do século IX que foram encontradas.

Muitas delas retratam um cão parecido com o chihuahua, com as mesmas orelhas grandes e cabeça redonda.

Quando os astecas conquistaram os toltecas, eles absorveram os Techichis em sua sociedade.

Muitos dos cães viviam em templos e eram usados ​​em rituais astecas.

Os astecas acreditavam que os Techichis tinham poderes místicos, incluindo a capacidade de ver o futuro, curar os doentes, e ser um guia para as almas dos mortos.

Eles tinham o costume de matar um Techichi vermelho e cremá-lo juntamente com os restos mortais do falecido.

A outra teoria é de que os Chihuahuas tenham surgido na Espanha ou na ilha de Malta.

Pinturas e afrescos antigos mostram cães com aparência muito semelhante a esta raça.

Estes achados históricos datam de antes das viagens dos espanhóis em direção às Américas.

O que significaria que cães parecidos com Chihuahuas já existiam nestas regiões.

Os primeiros registros do Chihuahua moderno, como uma raça propriamente dita, datam de 1800.

Chihuahua é um estado mexicano que faz fronteira com os Estados Unidos.

Nesta época, comerciantes mexicanos começaram a vender os cães na fronteira e para turistas.

Estes cães ainda não eram denominados “Chihuahuas”.

A raça começou a ficar popular, sendo chamada de vários nomes: como Cão de Chihuahua, Cão do México, Cão do Texas, Cão do Arizona.

Com o tempo o nome Chihuahua prevaleceu e então foi registrado.

Personalidade da Raça Chihuahua

O Chihuahua é um ótimo cão de companhia.

Ele é um cachorro corajoso, extremamente animado, orgulhoso e aventureiro.

Esta raça ama estar no colo de seus tutores e gostam de carinho.

Mas também gostam de estar sempre em movimento, interagindo e brincando.

Eles são leais e se apegam aos seus tutores.

Chihuahuas são bastante curiosos.

Eles têm uma tendência forte de fugir entre os vãos de portões para explorar o mundo ao seu redor.

Essa raça também tem uma personalidade forte e dominante e tende a tentar dominar seu lugar.

Por isso, é bom que você faça adestramento e socialização desde filhotes para evitar comportamentos de dominância.

Com toda certeza, se você não dominar a casa e seu Chihuahua, ele fará isso para você.

E um chihuahua que é líder de seus humanos pode, até mesmo, atacar as crianças.

Eles não gostam de ficar sozinhos por qualquer período de tempo.

Os cães desta raça estão propensos a sofrer de ansiedade de separação, o que pode resultar em comportamento destrutivos, como mastigar móveis e objetos.

Saúde do Chihuahua: Veja os Pontos Críticos

A raça Chihuahua tem uma expectativa de vida de 12 a 20 anos. São geralmente saudáveis, mas, como todas as raças, estão propensos a certos problemas de saúde.

Nem todos os Chihuahuas vão adquirir essas doenças, mas é importante estar ciente delas se você estiver pensando em ter um cachorro desta raça.

Hipoglicemia

Chihuahuas podem sofrer hipoglicemia, especialmente quando são filhotes.

A hipoglicemia é causada pelo baixo nível de açúcar no sangue.

Alguns dos sinais podem incluir fraqueza, confusão, uma marcha bamba e episódios parecidos com crises de convulsões.

Luxação Patelar

Ocorre quando a patela (osso do joelho) é deslocada da articulação. Este deslocamento pode ser total ou parcial.

Doenças Cardíacas

A doença cardíaca afeta estes cães em várias formas, sendo a estenose aórtica mais comum.

A estenose aórtica é um defeito cardíaco congênito, o que significa que é algo com que o cão nasce.

É um estreitamento anormal da conexão entre o ventrículo esquerdo e a aorta.

Alguns cães não têm sinais ou apenas sinais menores, enquanto outros podem ter pouca energia ou até morrer de repente.

Se o seu veterinário ouvir um sopro no coração, uma radiografia do tórax e um eletrocardiograma podem confirmar o diagnóstico.

Epilepsia

É uma doença neurológica que pode ser herdada ou não.

A epilepsia causa convulsões leves ou graves que podem se mostrar como um comportamento incomum (como correr freneticamente como se fosse perseguido, andar cambaleando ou se escondendo) ou mesmo caindo, membros rígidos e perda de consciência.

É assustador assistir a uma convulsão, mas a epilepsia idiopática geralmente é tratável.

É importante levar o seu cachorro ao médico veterinário para um diagnóstico adequado, pois as convulsões podem ter outras causas e é essencial descobrir a causa para o tratamento.

Colapso de Traquéia

A traquéia apresenta-se anormalmente estreita em um Chihuahua afetado pela doença.

Respiração com ruídos ou problemática e tosse frequente podem ser alguns sinais de colapso de traquéia.

Hidrocefalia

É quando líquido cefalorraquidiano (LCR) se acumula no cérebro devido a um defeito congênito, obstrução ou resultado de trauma durante o parto, colocando pressão sobre o cérebro.

A cabeça parece inchada ou aumentada, mas o diagnóstico pode ser confirmado com um ultrassom, se necessário.

Não há cura para a hidrocefalia, embora em casos leves os esteróides possam ajudar a reduzir a pressão do fluido.

Filhotes com casos graves geralmente morrem antes dos quatro meses de idade.

Moleira (Fontanela Aberta)

Chihuahuas são a única raça que nasce com um ponto fraco no topo da cabeça.

Quando os filhotes crescem seus crânios acabam se desenvolvendo.

Então, normalmente, o ponto fraco se fecha, muito parecido com moleira de um bebê.

Entretanto, às vezes não se fecha totalmente.

Trate esses cães com cautela. Um golpe acidental na cabeça pode matá-los.

Muitos veterinários que não estão familiarizados com a raça, bem como criadores inexperientes, muitas vezes confundem um crânio que não está totalmente desenvolvido com uma condição que citamos acima, a hidrocefalia.

Tremores

Tremores são uma ocorrência comum em chihuahuas.

A causa destes tremores não está clara, mas geralmente ocorre quando o cão está excitado, estressado ou com frio.

Pelagem do Chihuahua

Chihuahuas podem ser de duas variedades, uma delas o pelo é liso e curto, na outra variedade é liso, levemente encaracolado e médio.

O Chihuahua de pelo liso e curto tem:

  • um pelo liso e brilhante que se ajusta ao corpo (bem curto);
  • com um colar levemente mais grosso no pescoço e
  • os pelos da cabeça e das orelhas é mais fino.

Os Chihuahuas de pelo médio são revestido por pelos mais macios, lisos ou ligeiramente encaracolados e:

  • no corpo é parecida com a de um Chihuahua de pelos lisos;
  • nas orelhas eles têm uma franja de cabelo e
  • a cauda emplumada se espalha como um leque nas costas.

Além de ter duas variedades de pelagem, os Chihuahuas podem ser encontrados em uma variedade de cores e marcações.

Eles podem ser cores sólidas, como preto, branco, fulvo, chocolate, cinza e prata, bem como tricolor (chocolate, preto ou azul com tan e branco, por exemplo), tigrado, manchado, merle e uma variedade de outras marcações).

Eles têm uma leve queda de pelos durante todo o ano que se acentua no verão e no inverno, época de troca de pelos.

Cuidados e Higiene Com o Chihuahua

 

Chihuahuas são de fácil manutenção no departamento higiene da pelagem já que eles possuem um casaco curto.

No entanto, eles precisam e gostam de ser escovados regularmente, porque eles amam a atenção quando estão sendo escovados.

A escovação também ajuda a manter o pelo e a pele em boas condições.

A escovação pode ser feita com uma escova de cerdas macias 1 vez por semana.

Já os banhos podem ser feitos apenas quando necessários (se ele estiver sujo ou com cheiro ruim) ou 1 vez ao mês.

Convívio do Chihuahua Com Crianças e Outros Pets

Muitas pessoas não indicam os Chihuahuas para famílias com crianças pequenas.

Eles são cães delicados e pode acontecer algum acidente e se machucar (ou ambos).

Qualquer interação entre um Chihuahua e uma criança deve sempre ser bem supervisionada por um adulto.

A respeito de outros cães e outros animais, Chihuahuas são geralmente bons ao redor deles, principalmente se foram criados juntos.

Alimentação do Chihuahua

Uma dieta bem equilibrada é vital para manter seu Chihuahua saudável e feliz.

Para uma boa nutrição, garanta que a sua dieta contenha equilíbrio de todos os nutrientes essenciais.

Uma suplementação com vitaminas e minerais pode ser feita se necessário. Para isso, fale com seu veterinário.

Conhecer alguns fatores básicos de dieta e nutrição vai ajudar você a determinar que tipo de dieta é melhor para seu Chihuahua.

Como com todos os seres vivos, existem cinco elementos básicos que são necessários para a saúde ideal do seu Chihuahua.

São eles: vitaminas, minerais, proteínas, gorduras e carboidratos (com restrição).

Outro elemento muito importante é a água, que é essencial para o organismo do seu Chihuahua.

As quantidades de cada elemento podem variar de acordo com a idade, nível de atividade, condições de saúde e/ou doença.

Todos estes nutrientes combinados, somam-se em suas calorias para montar uma dieta ideal.

Para calcular a quantidade de calorias que seu cachorro deve comer acesse esta calculadora de calorias própria para cachorros aqui.

Não se esqueça que Chihuahuas têm tendência a ganhar peso e isso pode fazer muito mal para sua saúde.

Aconselhamos, no entanto, que o ideal é que você consulte o médico veterinário.
Ao escolher entre as opções de rações comerciais seca ou úmida (ou ambas) ou a alimentação natural para cachorros certifique-se de estar oferecendo a melhor nutrição.

Mantenha seu Chihuahua em boa forma, sempre colocando a quantidade correta de alimento, e dividindo em 2 ou 3 refeições ao dia.

Preço de um Filhote de Chihuahua

Essa é uma dúvida frequente de muitas pessoas que estão em busca do seu filhote perfeito.

O preço de um filhote de Chihuahua pode variar absurdamente, de um criador para outro.

Algumas variáveis que compõem o preço de um filhote, seja ele Chihuahua ou de outra raça, são:

  • os custos que o criador tem para adquirir e para manter as matrizes;
  • os custos de todos os cuidados dispensados para produzir uma ninhada;
  • os custos com veterinários e outros profissionais envolvidos.

Ou seja, quanto maior o nível de profissionalismo e cuidados com todos os animais envolvidos, maior é o preço de um filhote.

Em contrapartida, infelizmente, existem criadores que mantêm seus cães em situações de vida insalubres e, por isso têm um preço mais baixo.

Fuja deles.

Essas questões não são vias de regra, por isso, é totalmente indicado que você pesquise a fundo como são as condições de criação e a reputação deste criador de cães.

Faça várias visitas ao canil, de preferência sem hora marcada para certificar de que está fazendo uma escolha certa.

Em nossa pesquisa encontramos preços de Chihuahua entre R$1.000,00 a R$6.000,00 reais.

Conclusão

Agora que você já sabe tudo sobre seu Chihuahua, queremos saber como é seu convívio e de sua família com essa raça incrível.

Compartilhe conosco suas experiências com seu(s) Chihuahua(es) deixando um comentário.

Além disso, também criamos uma hashtag perfeita para você e seu Chihuahua.

Publique no seu Instagram, uma foto do seu Chihuahua com a seguinte hashtag #Chihuahuasincriveis

Você poderá ter uma foto do seu Chihuahua aqui neste artigo!

Nos ajude também a compartilhar essas informações e ajudar centenas de milhares de pessoas com seus Chihuahua.

Compartilhe com seus amigos ou em suas redes sociais.

Um AUbraço! E até o próximo artigo!