Cavalier King Charles Spaniel | O Guia Mais Completo Da Internet

Eles são charmosos e conquistam realezas. São grandes amigos, e também realizam proezas como cães de caça! Conhece o Cavalier King Charles Spaniel? Pois leia tudo sobre essa raça agora mesmo!

0
Cavalier King Charles Spaniel (2)

O Cavalier King Charles Spaniel, com esse nome imponente, é um dos maiores cães que representam as raças de pequeno porte.

Isso porque ele é frequentemente tão atlético quanto uma verdadeira raça esportiva!

Ele gosta de caminhar, correr na praia e praticar esportes como agilidade, flyball e rali.

Alguns até mostram suas proezas como cães de caça!

Mas sua natureza mesmo é ser um grande companheiro:

Ele adora um colinho da mamãe e uma boa esfregada na barriga.

E costumam ser muito tranquilos, fazendo sucesso como amigos da família e cães de terapia.

Perfil da Raça Cavalier King Charles Spaniel

Grupo: Cães de Companhia

Tamanho: Porte Pequeno

Peso: Tanto machos como fêmeas podem pesar de 5,9 a 8,2 kg

Altura: Tanto machos como fêmeas podem ter a altura de 30  a 33 cm
Expectativa de vida: de 9 a 14 anos

Origem: Reino Unido

Pelagem: encaracolada

Cores: Preto e canela, Tricolor, Blenheim, Ruby

 

Destaques da Raça Cavalier King Charles Spaniel

Cavalier King Charles Spaniels São Ótimos Cães de Companhia

Os cavaliers têm uma personalidade dependente. 

Por isso, adoram estar com as pessoas e não devem ser deixados sozinhos por longos períodos de tempo.

Cavalier King Charles Spaniels Não São Bons Cães de Guarda

Esses cachorrinhos simpáticos, podem até latir quando alguém bate em sua porta…

…mas por causa de sua natureza amigável, fazem logo uma amizade bem facilmente.

Por isso, eles não são bons cães de guarda.

Cavalier King Charles Spaniels Gostam de Caçar

Por ser um spaniel (grupo de cães de caça) de coração, ele pode tentar perseguir pássaros, coelhos, gatos e outras pequenas presas.

Sendo assim, tome cuidado caso você tenha outros animais na mesma casa. 

Apesar dele não oferecer perigo, uma brincadeirinha pode machucar outros pequeninos.

 

História da Raça Cavalier King Charles Spaniel

O Cavalier King Charles Spaniel é uma raça relativamente nova, criada há menos de um século.

Porém, os cães do tipo spaniel toy  já existem há séculos como companheiros da realeza e da nobreza européia.

Estes pequeninos foram imortalizados nas artes de retratistas renomados, como Van Dyck, Titian, Stubbs, Landseer e Gainsborough.

E, particularmente, os cavalier foram popularizados pela rainha Maria I, e pelos reis Charles I e II, da Inglaterra – daí seu nome “king charles spaniel”.

Maria, rainha da Escócia, tinha um spaniel toy que a acompanhou enquanto ela caminhava para a decapitação.

O rei Charles II era tão encantado com a raça que emitiu um decreto permitindo a presença de spaniels em qualquer lugar público, incluindo o parlamento.

Diz-se que o rei Carlos II, que reinou de 1660 a 1685, nunca foi a lugar nenhum sem pelo menos dois ou três desses pequenos spaniels.

Embora tenha sido um grande favorito dos aristocratas britânicos até o século XIX, sua popularidade diminuiu com o tempo, e os padrões da raça deixaram de ser seguidos por um período.

Apenas uma das linhagens foi conservada no Palácio de Blenheim, a propriedade rural dos duques de Marlborough.

Essa linhagem particular, era do tipo que o próprio rei Charles tanto amava: compadrões vermelhos e brancos.

Por consequência, os Cavalier King Charles Spaniels com esta coloração são chamados de Blenheim nos dias hoje.

No final do século XIX, a raça passou a ser cruzada com cães tipo toy asiáticos, como pugs e spaniels japoneses, para reduzir o tamanho de seus focinhos.

O interesse nos cães tipo cavalier só foi retomado a partir da década de 1920, quando Roswell Eldridge, um magnata norte-americano, mostrou-se intrigado com a raça retratada nas pinturas e retratos do século XV.

E então, ofereceu um prêmio em dinheiro para quem conseguisse reproduzi-lo conforme as imagens pictóricas da época.

A perspectiva do prêmio em dinheiro levou os criadores a tentarem fazer renascer o estilo antigo. 

E então, os cães criados à época deram origem ao cavalier king charles spaniels.

Nos Estados Unidos, o primeiro exemplar da raça documentado apareceu somente em 1952.

Mas foi só em 1995 que o American Kennel Club (AKC) a reconheceu.



Personalidade da Raça Cavalier King Charles Spaniel

O Cavalier King Charles Spaniel é perfeito para a família. 

Com seu temperamento amável e tolerante, ele se dá bem com pessoas de todas as idades. 

E isso inclui as mais variadas situações, que podem ir desde aquele sobrinho hiperativo até a avó que quer que ele fique no colo para sempre.

Conhecido por ser gentil, curioso e brincalhão, a raça Cavalier é muito usada como cão de terapia.

Isso porque essa função exige que o cachorro faça companhia, distraia, interaja de maneira amável e amigável com as pessoas, e o Cavalier é perfeito nessas tarefas. 

Além disso, como são bastante tolerantes, são extremamente adaptáveis. 

São calmos e tranquilos, mas também são bastante ativos, e gostam de perseguir coisas.

O único problema quanto à personalidade da raça é que ele pode ser um pouco carente.

Portanto, nada de colocá-lo para dormir no quintal, ou ele pode ficar chateado.

 

Saúde do Cavalier King Charles Spaniel: Veja os Pontos Críticos

A raça Cavalier King Charles Spaniel tem uma expectativa de vida de 8 a 10 anos. São geralmente saudáveis, mas, como todas as raças, estão propensas a certos problemas de saúde.

Nem todos os Cavaliers vão adquirir essas doenças, mas é importante estar ciente delas se você estiver pensando em ter um cachorrinho desta raça.

Displasia de quadril

Ocorre desenvolvimento anormal e/ou degeneração da articulação coxofemoral (quadril).

Luxação Patelar

Ocorre quando a patela (osso do joelho) é deslocada da articulação. Este deslocamento pode ser total ou parcial.

Doenças Cardíacas

A doença cardíaca afeta estes cães em várias formas, sendo a estenose aórtica mais comum. A estenose aórtica é um defeito cardíaco congênito, o que significa que é algo com que o cão nasce. É um estreitamento anormal da conexão entre o ventrículo esquerdo e a aorta. Alguns cães não têm sinais ou apenas sinais menores, enquanto outros podem ter pouca energia ou até morrer de repente. Se o seu veterinário ouvir um sopro no coração, uma radiografia do tórax e um eletrocardiograma podem confirmar o diagnóstico.

Ceratoconjuntivite Seca

Esta condição ocorre por deficiência na produção de lágrimas, impedindo o olho de ficar lubrificado.

Os sinais são secreção amarela pegajosa, e pode ser confundida com conjuntivite. 

O tratamento inclui medicação, lágrimas artificiais e, às vezes, cirurgia.

Catarata

Esta doença causa uma opacidade na lente do olhos causando dificuldade visual.

Os sinais de catarata aparentam como uma mancha branca na lente do olho.

A catarata pode ser tratada cirurgicamente.

Câncer

Cães, como seres humanos, podem desenvolver câncer. 

Existem muitos tipos diferentes de câncer e o sucesso do tratamento difere para cada caso individual. 

Para algumas formas de câncer, os tumores são removidos cirurgicamente, outros são tratados com quimioterapia e alguns são tratados com ambos.

Siringomielia

A siringomielia corresponde ao acúmulo de líquido cefalorraquidiano (Líquor) em qualquer segmento da medula espinhal.

Pode ocorrer de forma secundária às alterações de pressão dentro do canal medular ou por obstrução do fluxo do líquor em casos de malformações congênitas, processos inflamatórios ou neoplásicos.

 

Pelagem do Cavalier King Charles Spaniel

Os Cavaliers têm pelagem de comprimento médio que são sedosos ao toque e podem ser levemente ondulados. 

Além disso, os adultos irão apresentar mais pelos nas orelhas, tórax, pernas, pés e cauda.

Eles podem se apresentar em quatro cores:

1 – Blenheim: é uma pelagem de cor castanha em um fundo branco perolado. Alguns Blenheims têm um ponto castanho em forma de polegar no topo da testa, chamado losango.

2 – Tricolor: apresentam manchas pretas em uma pelagem branca, com manchas castanhas sobre os olhos, nas bochechas e na parte inferior da cauda

3 – Bicolor: preto com manchas castanhas sobre os olhos, nas bochechas, dentro das orelhas e no peito, pernas e parte inferior da cauda

4 – Ruby: marrom-avermelhado sólido sem manchas ou marcas brancas

Blenheim é a cor mais comum, mas as outras não são raras.



Cuidados e Higiene Com o Cavalier King Charles Spaniel

Os cães desta raça apresentam mudanças de pelagem sazonal, isto é, na primavera e outono!

Por isso necessitam de escovação regular e banhos ocasionais, pois podem apresentar muitos nós. 

Então, você precisa escová-lo pelo menos a cada dois dias com um pente ou uma escova de cerdas firmes, para evitar o emaranhamento. 

Outro cuidado importante com os pelos é a tosa.

Ela deve ser feita regularmente, no caso dos pelos da região dos olhos.

Além disso, com alguma frequência no resto do corpo, para ajudar na manutenção e para não criar emaranhados.

Quanto ao banho: tendo os cuidados com a escovação, o intervalo entre os banhos pode ser um pouco maior, como uma vez por mês, ou quando você achar necessário, dependendo da rotina e das atividades do seu Cavalier.

Já suas longas orelhas devem ser checadas e limpas com regularidade, evitando o acúmulo de cera e eliminando chances de infecção.

Por causa de seu pelo, o acúmulo de umidade é bastante comum na raça.

Por isso é importante limpar a região pelo menos uma vez por semana, e ficar atendo para ver se não há escamações ou inflamações.

 

Convívio do Cavalier King Charles Spaniel Com Crianças e Outros Pets

O Cavalier King Charles Spaniel é muito diplomático!

Ele vai tentar cativar a atenção daquele seu amigo que ele acabou de conhecer, da vizinha do andar de baixo (ou da casa ao lado), e do carteiro que veio entregar o boleto. 

O resultado disso é que, como cão de guarda, o cavalier é um ótimo cão de companhia.

Tendo esse temperamento tão aberto e bonachão, não tem como ele se dar mal com ninguém. 

 

Alimentação do Cavalier King Charles Spaniel

Uma dieta bem equilibrada é vital para manter seu Cavalier King Charles Spaniel saudável e feliz.

Para uma boa nutrição, garanta que a sua dieta contenha equilíbrio de todos os nutrientes essenciais.

Uma suplementação com vitaminas e minerais pode ser feita se necessário. Para isso, fale com seu veterinário.

Conhecer alguns fatores básicos de dieta e nutrição vai ajudar você a determinar que tipo de dieta é melhor para seu Cavalier King Charles Spaniel.

Como com todos os seres vivos, existem cinco elementos básicos que são necessários para a saúde ideal do seu Cavalier King Charles Spaniel

São eles: vitaminas, minerais, proteínas, gorduras e carboidratos (com restrição).

Outro elemento muito importante é a água, que é essencial para o organismo do seu Cavalier King Charles Spaniel.

As quantidades de cada elemento podem variar de acordo com a idade, nível de atividade, condições de saúde e/ou doença.

Todos estes nutrientes combinados, somam-se em suas calorias para montar uma dieta ideal.

Para calcular a quantidade de calorias que seu cachorro deve comer, acesse esta calculadora de calorias própria para cachorros aqui.

Aconselhamos, no entanto, que o ideal é que você consulte o médico veterinário.
Ao escolher entre as opções de rações comerciais seca ou úmida (ou ambas) ou a alimentação natural para cachorros certifique-se de estar oferecendo a melhor nutrição.

Mantenha seu Cavalier King Charles Spaniel em boa forma, sempre colocando a quantidade correta de alimento, e dividindo em 2 ou 3 refeições ao dia.

 

Preço de um Filhote de Cavalier King Charles Spaniel

Essa é uma dúvida frequente para muitas pessoas que estão em busca do seu filhote perfeito.

O preço de um filhote de Cavalier King Charles Spaniel pode variar absurdamente de um criador para outro.

Algumas variáveis que compõem o preço de um filhote, seja ele Cavalier King Charles Spaniel ou de outra raça, são: 

  • Os custos que o criador tem para adquirir e para manter as matrizes; 
  • Os custos de todos os cuidados dispensados para produzir uma ninhada;
  • Os custos com veterinários e outros profissionais envolvidos.

Ou seja, quanto maior o nível de profissionalismo e cuidado com todos os animais envolvidos, maior é o preço de um filhote.

Em contrapartida, infelizmente, existem criadores que mantêm seus cães em situações de vida insalubres e, por isso, têm um preço mais baixo.

Fuja deles!

Estas questões não a regra e, por isso, é totalmente indicado que você pesquise a fundo como são as condições de criação e a reputação desse criador de cães. 

Faça várias visitas ao canil, de preferência sem hora marcada, para certificar que está fazendo uma escolha certa.

Em nossa pesquisa encontramos preços de Cavalier King Charles Spaniel entre R$1.500,00 a R$5.000,00. 

Conclusão

 

Agora que você já sabe tudo sobre seu Cavalier King Charles Spaniel, queremos saber como é seu convívio e de sua família com essa raça incrível.

Compartilhe conosco suas experiências com seu Cavalier King Charles Spaniel deixando um comentário.

Além disso, também criamos uma hashtag perfeita para você e seu Cavalier King Charles Spaniel.

Publique no seu Instagram, uma foto do seu Cavalier King Charles Spaniel com a seguinte hashtag #cavaliersincriveis.

Você poderá ter uma foto do seu Cavalier King Charles Spaniel aqui neste artigo!

Nos ajude também a compartilhar essas informações e ajudar centenas de milhares de pessoas com seus Cavalier King Charles Spaniel.

Compartilhe com seus amigos ou em suas redes sociais.

 

Um AUbraço! E até o próximo artigo!