cachorro pode comer coco 1

Eu tenho certeza que você já parou alguma vez para pensar: cachorro pode comer coco?

Afinal, a alimentação com coco e seus subprodutos, como água de coco e óleo de coco estão bastante em alta!

Mas será que coco faz bem para cachorros?

Será que os mesmos benefícios que temos nesta fruta são os mesmos para cães?

Pois, as pessoas estão consumindo o coco amplamente por causa de seus benefícios para saúde.

Além disso, muita gente tem utilizado também o óleo de coco na alimentação, nos cabelos, nos dentes.

Então, será que essa é uma tendência que você pode compartilhar com seu cachorro?

É isso que vamos descobrir neste artigo completo que a Cachorros Incríveis preparou para você!

 

Veja o que você vai aprender:

A resposta para essa pergunta é SIM, cachorro pode comer coco!

O coco é tão nutritivo que foi considerado um superalimento.

Ele é considerado uma das frutas mais saudáveis do mundo.

O coco não é tóxico para os cães e contém uma boa quantidade de gordura.

E essa gordura do coco é altamente benéfica tanto para humanos quanto para cachorros.

Portanto, seu cachorro pode comer coco com segurança.

Os únicos cuidados que você precisa ter com este alimento são:

  • Não exagere: nenhum alimento por mais nutritivo que seja deve ser dado exageradamente.

Converse com o médico veterinário para saber qual é a quantidade mais indicada.

  • Nunca dê ao seu amigo peludo um coco com casca para ele comer.

Pois isso quase sempre levará à obstrução do sistema digestivo.

Dito isto, vamos verificar quais os subprodutos do coco são indicados para alimentação de cachorros?

O coco verde é muito popular no verão, principalmente em regiões praianas.

A sua polpa é uma ótima opção para alimentar cachorros.

O coco verde ou cru é a melhor maneira de alimentá-lo por causa dos nutrientes da polpa fresca de coco.

Esta polpa é rica em vitaminas, minerais e antioxidantes.

Coco seco (e ralado) é muito popular em coberturas de bolos e sobremesas para humanos.

Entretanto, algumas marcas são carregadas com adição de açúcar para torná-lo mais palatável para as pessoas.

E é totalmente contra-indicado alimentar seu cachorro com açúcar.

O açúcar pode causar problemas digestivos ou ganho de peso em cães, entre outros problemas de saúde.

Somente o coco seco natural, sem adição de açúcar pode ser dado para cachorros.

Neste caso, você pode encontrá-lo em lascas ou ralado.

Certifique-se que também não há nenhum outro aditivo químico.

O óleo de coco explodiu em popularidade entre as multidões de pessoas que desejam melhorar sua saúde e sua forma física.

Ele é uma fonte natural de gordura saturada e ácido láurico, e também é naturalmente antimicrobiano e antifúngico.

Os cães podem ser alimentados com óleo de coco sim!

Desde que não haja exagero e sempre com indicação médica.

Muitos naturopatas usam óleo de coco para tratar uma variedade de infecções bacterianas, fúngicas e virais.

Também está ligado à redução do risco de câncer e à digestão adequada.

O óleo de coco virgem é o melhor tipo de óleo de coco para usar porque não é refinado.

Ele é seguro para uso em humanos e cães.

A água de coco é conhecida por suas diversas características nutritivas e benéficas para a saúde.

Ela contém vitaminas, minerais (cálcio, ferro, manganês, magnésio e zinco), eletrólitos e enzimas nutritivas.

Então, obviamente, sim, seu cão pode beber água de coco.

Na verdade, água de coco é uma ótima bebida para cães.

Além de ser super saborosa e refrescante, ela é conhecida por aumentar a energia do seu cão.

É perfeita para reposição de eletrólitos seja depois de exercícios ou em casos de desidratação.

Como já dissemos acima o coco é considerado um superalimento por causa de seus nutrientes e propriedades.

O coco contém principalmente ácidos graxos ricos em ácido láurico com grande ação anti-inflamatória.

Veja alguns dos benefícios desta fruta e de seus ácidos graxos para cães:

Melhora a Saúde da Pele

O óleo de coco é muito benéfico para a pele e pelagem do seu cachorro.

Ele pode ser usado internamente (ingestão) e externamente (uso tópico) com segurança.

Mas até mesmo a polpa do coco, pode fazer as condições de pele melhorarem.

Este benefício é devido às propriedades anti-inflamatórias dos ácidos graxos.

Elas ajudarão a reduzir quaisquer infecções fúngicas, alergias a pulgas e pele seca e com prurido (coceira).

Os ácidos graxos promovem um pelo macio e saudável.

Diminui a Inflamação

Topicamente, o óleo age como um hidratante e pode ser usado em feridas para ajudar a aliviar a inflamação e promover a cicatrização.

A inflamação é também a causa principal de artrite.

De forma que, alimentar seu cão com coco pode fazer com que suas articulações doloridas se sintam um pouco melhores.

Combate a Germes

O ácido láurico é particularmente bom no combate a vírus, como o vírus da gripe.

Também ajuda a tratar infecções fúngicas, micose e Giardia.

Melhora o Sistema Imunológico

Os antioxidantes contidos no coco também ajudam a melhorar o sistema de defesa do organismo.

Eles ajudam o organismo a formar uma resposta saudável aos germes.

Isso significa que o coco fornece ao corpo uma defesa extra contra bactérias, vírus, parasitas e fungos.

Sendo assim, um ótimo petisco para cães que estão em tratamento ou recuperação de doenças.

Uma questão que muitas vezes surge sobre coco ou óleo de coco é sobre o alto nível de gorduras.

É verdade que os cocos são ricos em gordura.

Entretanto, a gordura do coco é considerada segura.

Então, você poderá oferecer com moderação para o seu cão.

Sempre utilize qualquer alimento com moderação, pois muito de qualquer coisa pode ser ruim, e com o coco não é diferente.

Sempre que você adicionar qualquer alimento na dieta do seu cão, monitore as reações dele.

A fim de garantir que não ocorram efeitos colaterais negativos graves (como diarreia, por exemplo).

Introduza o coco na dieta em um ritmo gradual.

Caso você deseje adicionar o óleo de coco diariamente, uma boa regra é:

  • 1 colher de chá para cada 5 quilos de peso corporal
  • 1 colher de sopa por 15 quilos.

Entretanto, o ideal é que você consulte o médico veterinário responsável pelo seu filho de 4 patas.

Em dias quentes você pode congelar água de coco e oferecer como recompensas durante uma sessão de adestramento.

Ou você pode adicionar o coco fresco, seco, óleo ou líquido diretamente na refeição do cachorro.

Também pode utilizar como petiscos saudáveis ou até mesmo como ingrediente na receita de petiscos saudáveis.

Esse é o método preferido pela maioria dos tutores de cães.

Por isso, preparamos uma receita totalmente gratuita para você mimar o seu cachorro:

Beijinho Bom Para Cachorro

Ingredientes

  • 1/3 xícara de óleo de coco
  • 2-3 colheres de sopa de manteiga de amendoim
  • 2 1/2 xícaras de flocos de aveia
  • 1/3 xícara de coco seco ralado

Preparo:

Misture todos os ingredientes em um processador de alimentos, misturando bem!

Retire pequenas porções com uma colher e faça bolinhas.

Esta receita não vai ao forno.

Passe as bolinhas no coco seco ralado.

Coloque as bolinhas em um recipiente e leve ao congelador por 30 minutos.

Pronto, seu cachorro vai adorar esse petisco super saudável!


Importante: Nosso conteúdo é produzido por profissionais veterinários e tem caráter informativo.

Mas existem algumas questões particulares ao seu cachorro que você SEMPRE deve entrar em contato com o seu veterinário de confiança.

Portanto, de nenhuma forma, substitui a orientação de um médico veterinário.

Sempre que o seu cachorro apresentar sinais anormais, leve-o ao médico veterinário.

Esperamos que neste artigo você tenha encontrado todas as informações que procurava.

Afinal, a saúde do seu cachorro é muito importante para nós.


Então, se você gostou deste artigo, nos ajude a distribuir estas informações compartilhando este artigo com seus amigos e nas suas redes sociais.

E não se esqueça de deixar um comentário abaixo para que possamos saber se você está gostando dos nossos conteúdos!

Compartilhe suas experiências conosco!

Até o próximo artigo!

Um AUbraço