cachorro pode comer chocolate 1

Muitas pessoas me perguntam se cachorro pode comer chocolate.

E é natural, pois o assunto sobre cachorro pode comer chocolate é de extrema importância.

A maioria das pessoas que vivem com companheiros de quatro patas gostam de compartilhar suas vidas com seus amigos peludos.

E se há algo que cães adoram compartilhar com seus humanos, é a sua comida.

Nossos cães geralmente ficam mais do que felizes em ajudar nos a limpar nossos pratos, quer você esteja comendo uma carne suculenta ou uma maçã para o lanche da tarde.

Isso é só um exemplo, certo? Porque eu sei que você como um tutor incrível não oferece restos de comida para seu amado filho!

A comida para cachorro deve ser especialmente formulada para dar aos cães a melhor nutrição da qual eles precisam.

Além disso, alguns alimentos humanos simplesmente não são bons para os cachorros comerem.

Por exemplo, quando você está comendo aquela deliciosa barra de chocolate, não ceda aos olhos suplicantes do seu cachorro.

Pois o chocolate pode ser um alimento mortal!

E certamente, a maioria das pessoas sabe que cachorro não pode comer chocolate!

Pode ser até mesmo que alguém ainda tenha dúvidas sobre o assunto “cachorro pode comer chocolate”.

Ou talvez, você esteja se perguntando por que os cães não podem comer chocolate?

Ou então qual substância química presente no chocolate pode ser tóxica para cães?

E até mesmo será que todos os tipos de chocolate são igualmente ruins para os cães?

Bem, então você está no lugar certo!

Pois, neste artigo você vai aprender

Afinal, Por Que Cachorro Não Pode Comer Chocolate?

Porque o chocolate é altamente tóxico, e portanto, seu questionamento sobre cachorro pode comer chocolate pode acabar agora!

Vamos direto ao ponto: o chocolate contém uma substância tóxica para cachorros chamada teobromina.

Essa substância vem do fruto do cacau.

A teobromina é um alcalóide* que age como um estimulante, assim como a cafeína.

*Curiosidade: alcalóide é uma substância de pH alto (maior que 7) derivada principalmente de plantas, mas podendo ser também derivadas de fungos e bactérias.

Alguns exemplos de alcaloides: cafeína, cocaína, nicotina.

Nós humanos metabolizamos facilmente a teobromina, mas os cães não.

O metabolismo da teobromina em cães é lento, o que faz com que ela se acumule em níveis tóxicos em seu organismo.

O motivo pelo qual o metabolismo da teobromina é mais lento em cães, é que eles não têm uma enzima específica que os humanos têm para quebrar a partícula de teobromina.

Como resultado a teobromina pode causar:

  • super estimulação do sistemas nervoso central e cardiovascular, levando ao aumento da pressão arterial;
  • vômitos, desidratação, dores abdominais;
  • e, no pior dos cenários convulsões até a morte.

A gravidade dos efeitos da teobromina pode variar.

Se comer chocolate vai prejudicar o cão ou não vai depender de vários fatores.

Eles são: o tipo de chocolate consumido, quantidade de chocolate, tamanho e idade do seu cão.

Um cão de grande porte pode consumir mais chocolate do que um cão de pequeno porte antes de sofrer efeitos nocivos.

Mas uma pequena quantidade de chocolate pode acabar fazendo com que seu cachorro já apresente dores de estômago com vômitos ou diarreia.

A idade também influencia, cães idosos podem passar muito mal com pequenas quantidade de chocolate.

Além de não possuírem a enzima específica para quebrar a partícula de teobromina, seu metabolismo já é mais lento por causa da idade.

 

Todos os Tipos de Chocolate Fazem Mal Para Cachorro?

Sim, todos os tipos de chocolate fazem mal para cachorro.

Até mesmo seus derivados, como cacau em pó, chocolate em pó, achocolatados, pois a teobromina está no cacau.

Os diferentes tipos de chocolate têm diferentes níveis de teobromina, já que nem todo chocolate é feito de forma igual.

Como regra geral, quanto mais escuro o chocolate, mais teobromina ele terá.

Pois, quanto mais escuro o chocolate, mais cacau ele contém, e portanto, mais teobromina.

Portanto o chocolate amargo contém os níveis mais altos, enquanto o chocolate ao leite e o chocolate branco têm os mais baixos.

Para que você possa ter uma ideia, chocolates com maior porcentagem de cacau, podem conter até 16 mg de teobromina por grama de chocolate.

O chocolate amargo meio amargo pode conter até 5,7mg e chocolate ao leite 2,3 mg.

Em termos práticos isso significa que uma barra de 100g de chocolate meio amargo pode conter até 570 mg de teobromina!

E a mesma quantidade de chocolate ao leite pode conter até 230 mg de teobromina.

As barras geralmente vem fracionadas em quadradinhos menores de 25 gramas.

Então fazendo as contas, cada pedacinho daquela delícia pode conter até 142,5 mg de teobromina para o meio amargo e 57,5 mg para o chocolate ao leite.

Bom, mas este é uma artigo sobre chocolate e não sobre matemática não é mesmo?

Mas todos este cálculos acima são para que você possa comparar com a quantidade tóxica de teobromina para cães e possa identificar a gravidade em casos de acidentes.

Em geral, sintomas leves de toxicidade do chocolate ocorrem quando um cão consome 20 mg de teobromina por quilo de peso corporal.

Os sintomas cardíacos da toxicidade do chocolate ocorrem em torno de 40 a 50 mg  por quilo de peso corporal.

E as convulsões ocorrem em dosagens superiores a 60 mg  por quilo de peso corporal.

Isto significa que para um cachorro de 5 quilos, 100 mg de teobromina já começam a ter efeitos tóxicos!

E portanto, menos de dois quadradinhos de chocolate ao leite já bastam.

Você pode até se perguntar: e se eu der menos que isso, meu cachorro pode comer chocolate?

Ainda assim a resposta é não, não arrisque a vida do seu cachorro pensando que quantidade menores podem ser dadas.

E se você estiver lidando com um acidente com chocolate meio amargo, leve em consideração que apenas um quadradinho deste chocolate contém 147 mg de teobromina!

Isso torna um problema bastante grave, concorda?

Então, o que fazer se o seu cachorro comeu chocolate?

Meu Cachorro Comeu Chocolate e Agora?

Em muitos casos após a ingestão de chocolate, o animal já começa a passar mal e pode ocorrer o vômito.

Se isso não ocorrer, o tratamento usual para intoxicação por teobromina é induzir o vômito dentro de duas horas após a ingestão.

Mas não tente fazer isso em casa!

É necessário acompanhamento médico veterinário para o sucesso deste tratamento.

Agora que você já sabe as quantidades que podem causar intoxicação, com base no tamanho do seu cão e na quantidade e tipo de chocolate consumido, ligue ou dirija-se para seu veterinário e informe a situação.

Talvez seja necessário monitoramento dos sinais clínicos, talvez seja necessário atendimento imediato.

Para casos mais graves, a intervenção veterinária é totalmente necessária para:

  • fornecer tratamento suplementar, como medicamentos ou fluidos intravenosos;
  • para tratamento dos efeitos da intoxicação.

Cães que sofrem de convulsões podem precisar ser monitorados na clínica durante a noite.

Em todos os casos, não entre em pânico, siga as instruções e faça tudo conforme indicado.

 

Como Evitar Que Seu Cachorro Coma Chocolate

Você já percebeu que mesmo pequenas quantidades de chocolate ao leite podem causar problemas em cães de pequeno porte.

E mesmo que cães maiores possam ser menos vulneráveis, ainda assim não é recomendado que os donos de animais de estimação ofereçam seu chocolate como petisco.

Para evitar que seu cachorro roube chocolate:

  • Certifique-se de que todos os itens de chocolate, incluindo o cacau em pó, achocolatados sejam armazenados onde o cão não possa alcançá-los, como em uma prateleira alta em uma despensa fechada.
  • Lembre aos seus filhos e convidados que o chocolate deve ser mantido fora do alcance do cão e não deixado em balcões, mesas ou em bolsas.
  • Tenha em mente também que durante as festas e comemorações como a Páscoa são períodos onde nós humanos consumimos mais chocolate (oh God 🙂 ), então certifique-se de que cestas e ovos de Páscoa e outros itens também estejam fora do alcance dos cães.

E, claro, nunca considere o chocolate como recompensa ou petisco.

Ao invés disso simplesmente recompense seu cão com muito amor e atenção.

Ou você pode facilmente preparar algum PETISCO SAUDÁVEL para ele!

Aqui na Cachorros Incríveis já passamos algumas receitas incrivelmente fáceis e rápidas de fazer, e que você pode encontrar aqui e aqui.

Mas se quiser realmente dominar a arte de fazer petiscos incríveis (e até mesmo ganhar uma renda extra com isso) você pode conhecer nosso curso de PETISCOS SAUDÁVEIS!

Clique Aqui Para Conhecer o Curso

Neste curso você vai aprender passo a passo receitas de petiscos saudáveis extremamente recomendados para seu cachorro.

São receitas fáceis de fazer e seu cachorro vai adorar.

Importante: Nosso conteúdo é produzido por profissionais veterinários e tem caráter informativo.

Mas existem algumas questões particulares ao seu cachorro que você SEMPRE deve entrar em contato com o seu veterinário de confiança.

Portanto, de nenhuma forma, substitui a orientação de um médico veterinário.

Sempre que o seu cachorro apresentar sinais anormais, leve-o ao médico veterinário.

Esperamos que neste artigo você tenha encontrado todas as informações que procurava.

Afinal, a saúde do seu cachorro é muito importante para nós.

Então, se você gostou deste artigo, nos ajude a distribuir estas informações compartilhando este artigo com seus amigos e nas suas redes sociais.

Aliás, POR FAVOR, é muito importante que você compartilhe nosso artigo para que possamos ajudar milhares de cachorros e evitar possíveis intoxicações por chocolate!

E não se esqueça de deixar um comentário abaixo para que possamos saber se você está gostando dos nossos conteúdos!

Compartilhe suas experiências conosco!

Até o próximo artigo!

Um AUbraço