cachorro pode comer brocólis 01

Cachorro pode comer brócolis?

Hoje você vai descobrir neste artigo, pois aqui estão todas as respostas que você está procurando.

Muitos tutores estão à procura de um petisco saudável para oferecer para o seu querido filho de 4 patas.

Enquanto algumas frutas e legumes estão fora de cogitação, como a uva, por exemplo, o brócolis pode ser uma boa adição à dieta do seu cão.

Mas a internet está cheia de informações mistas sobre esse vegetal verde.

O que faz ser totalmente necessário que este assunto seja totalmente esclarecido.

Afinal a saúde do seu cachorro é muito importante.

Por isso, preparamos um artigo completo com tudo que você precisa saber sobre alimentar seu cão com brócolis.

Incluímos neste conteúdo os benefícios para a saúde e os riscos do brócolis para cães.

Então continue lendo para saber se cachorro pode comer brócolis e muito mais!

Veja o que você vai aprender neste artigo:

Fonte: petcha. com

A resposta para essa pergunta não é muito simples, mas eu diria a você desta forma, sim, cachorro pode comer brócolis com moderação.

Além de ser um alimento com poucos calorias, o brócolis também é uma boa fonte de fibras, vitaminas e minerais.

Pode ser uma opção muito melhor do que petiscos processados, que podem conter corantes, conservantes, açúcares ou outros ingredientes potencialmente tóxicos.

Porém, deve ser dado com moderação, pois as florzinhas de brócolis contêm isotiocianatos (as hastes não contém a substância).

Esta substância pode causar irritação gástrica leve a potencialmente grave em alguns cães.

Brócolis e outros vegetais crucíferos, como repolho, couve e couve-flor, também podem causar gases e inchaço se consumidos em excesso.

Especialistas recomendam que não mais que 10% do total da ingestão diária de alimentos podem ser proveniente do brócolis.

Em particular o brócolis poderia ser potencialmente prejudicial acima de 25%.

Isso significa em um cão de 5 quilos pode consumir menos de 40 gramas por dia.

Portanto, o brócolis é seguro para os cães em quantidades muito pequenas.

Fonte: pawculture. com

Como já dissemos o brócolis é um vegetal verde com pouquíssimas calorias e contém muitas fibras.

As fibras contribuem para um bom funcionamento do intestino.

Além disso, o Brócolis contém vitaminas e minerais incríveis para a saúde do seu cachorro.

Ele é uma super fonte das Vitaminas C e B2, e contém minerais importantes como Cálcio, Potássio, Magnésio e Ferro.

Listamos alguns benefícios destas substâncias:

A vitamina C atua no sistema imunológico e é um excelente antioxidante, retardando o envelhecimento precoce, pois combate a degeneração celular.

A vitamina C também melhora o aspecto da pele e o funcionamento das articulações pois participa na produção de colágeno.

A Vitamina B2 (Riboflavina) ajuda a converter alimento em energia.

A Riboflavina também ajuda na desintoxicação por substâncias químicas.

O Cálcio é um mineral essencial para a construção e manutenção dos ossos e dos dentes, além de ser muito importante para a contração muscular e transmissão dos impulsos nervosos.

O potássio é um nutriente essencial para a saúde do coração do seu cachorro. No caso de falta de potássio, seu cachorro corre o risco de sofrer um ataque cardíaco ou ter insuficiência cardíaca.

O magnésio é um metal alcalino terroso conhecido na nutrição como um elemento essencial devido à grande quantidade necessária ao organismo, isto é, não pode faltar!

O magnésio é um dos elementos constituintes do esqueleto, fornecendo a consistência rígida.

O magnésio também é essencial para o bom funcionamento das transmissões nervosas e contrações musculares.

O Ferro é um nutriente essencial para o organismo. Ele é responsável pela formação da hemoglobina, elemento essencial para transportar oxigênio por todo o corpo, inclusive para o coração.

Como já dissemos acima, o brócolis contém uma substância em sua composição, o isotiocianato, que pode causar irritação gástrica.

O brócolis também pode causar gases e inchaço se consumidos em excesso.

Portanto, fique de olho aos sinais de exagero e se houver qualquer suspeita, converse com o médico veterinário.

Veja os sinais clínicos que podem ajudar a identificar qualquer problema gastrointestinal: vômito, diarreia, letargia, dor no abdômen, anorexia, olhos amarelos, gengiva pálida, desorientação, convulsões, colapso.

Você pode oferecer para seus cães brócolis cozidos e crus, desde que não haja temperos ou óleos adicionados, pois esses ingredientes não são bons para os cães.

É preciso respeitar a quantidade não maior do que 10% da quantidade total de alimentos que seu cachorro consome ao dia.

Para um cão de 5 quilos, 10% da alimentação é aproximadamente 20 gramas!

O brócolis é mais indicado como petisco ocasional do que parte da alimentação diária, a menos que seja especificado de outra forma pelo seu veterinário.

Falando em petiscos, aproveite e conheça nosso curso de PETISCOS SAUDÁVEIS!

Este curso é incrível para você que quer dominar a arte de fazer petiscos incríveis para seus cães (e até mesmo ganhar uma renda extra com isso)!

Clique Aqui Para Conhecer o Curso

 

Neste curso você vai aprender passo a passo receitas de petiscos saudáveis extremamente recomendados para seu cachorro.

São receitas fáceis de fazer e seu cachorro vai adorar.

Importante: Nosso conteúdo é produzido por profissionais veterinários e tem caráter informativo.

Mas existem algumas questões particulares ao seu cachorro que você SEMPRE deve entrar em contato com o seu veterinário de confiança.

Portanto, de nenhuma forma, substitui a orientação de um médico veterinário.

Sempre que o seu cachorro apresentar sinais anormais, leve-o ao médico veterinário.

Esperamos que neste artigo você tenha encontrado todas as informações que procurava.

Afinal, a saúde do seu cachorro é muito importante para nós.

Então, se você gostou deste artigo, nos ajude a distribuir estas informações compartilhando este artigo com seus amigos e nas suas redes sociais.

E não se esqueça de deixar um comentário abaixo para que possamos saber se você está gostando dos nossos conteúdos!

Compartilhe suas experiências conosco!

Até o próximo artigo!

Um AUbraço