Bulldog Americano10

O Bulldog Americano é uma das raças de cachorro descendentes do antigo Bulldog Inglês.

Inicialmente, ele foi criado para conduzir o gado e ajudar nos trabalhos de fazendas.

Por isso, ele é um cachorro robusto e musculoso, mas também ágil!

Esses cães são inteligentes e afetuosos, o que os torna excelentes cães de proteção para a família.

Entretanto, é bom que sejam famílias bastante ativas, porque essa raça tem alta necessidade de exercícios físicos!

Eles são simpáticos e amáveis, muito confiantes e nunca saem do controle.

Eles podem variar um pouco na aparência, não tendo um padrão muito bem definido.

Continue lendo para ver essas e outras características do Bulldog Americano neste guia completo que a Cachorros Incríveis preparou para você.

Perfil da Raça Bulldog Americano

Grupo: Cães de Trabalho

Tamanho: Porte Grande

Peso: Os machos podem pesar de 32 a 54 quilos, já as fêmeas, de 27 a 41 quilos.

Altura: Os machos podem ter de 50 a 71 centímetros, já as fêmeas, de 50 a 61 centímetros de altura.

Expectativa de vida: de 10 a 15 anos.

Origem: Estados Unidos

Pelagem: curta, lisa

Cores: Branco, Tigrado, Fulvo, Vermelho e Marrom

Destaques da Raça Bulldog Americano

Bulldogs Americanos São Cães Para Família

Embora tenham participado ​​antigamente em esportes de lutas, como os Bull-baitings, eles se tornaram ótimos cães para a família.

São companheiros inteligentes, leais e dedicados.

Inclusive, são muito bons ao redor de crianças de todas as idades.

>> Para saber mais sobre Bull-baitings leia nosso artigo sobre Bulldogs Ingleses <<

Bulldogs Americanos Quase Foram Extintos

Durante a Segunda Guerra Mundial a raça quase foi extinta.

Mas foi salva por John D Johnson no final da guerra.

Hoje a raça já foi revivida e não corre risco de desaparecer.

Bulldogs Americanos Podem Ter Aparências Variadas

Eles vêm em uma variedade de padrões e cores e possuem aparências variadas nos dias de hoje.

Inclusive, podem ser confundidos com várias outras raças, como Dogo Argentino, American Staffordshire Bull Terrier e o Pit Bull Americano.

Bulldogs Americanos Podem Ser Ótimos Cães de Guarda

Eles podem ser territorialistas e suspeitar facilmente de estranhos, o que os torna excelentes cães de guarda.

Por isso, é preciso treinamento e socialização para que eles saibam como se comportar ao redor de convidados.

História da Raça Bulldog Americano

Os Bulldogs em sua forma mais pura existem nos Estados Unidos desde o século XVII.

Inicialmente, eram usados em esportes de lutas, como os Bull-baitings.

Essa raça é descendente dos antigos Bulldogs Ingleses.

E, na época de sua criação, não eram considerados uma “raça”, mas um tipo genérico de buldogue.

Em algumas partes dos Estados, eles eram conhecidos como “Alabama” e “Bulldog do Sul”.

Nenhum registro de reprodução foi mantido com o objetivo final de criar um “tipo” de cão que atendesse às suas necessidades específicas.

Por isso, numerosos tipos de bulldog foram encontrados em diferentes regiões do sul dos Estados Unidos.

Eles foram muito utilizados para o trabalho na fazenda e acredita-se que os buldogues eram populares porque podiam controlar os porcos selvagens.

Era particularmente importante manter o número de porcos selvagens sob controle, pois não havia predadores naturais.

Então, os buldogues se tornaram altamente valorizados, afinal eram os únicos que conseguiam manter os porcos selvagens controlados.

No entanto, na época em que a Segunda Guerra Mundial começou, o número de buldogues na América caiu drasticamente.

Eles só foram salvos da extinção quando John D Johnson e seu pai resolveram encontrar tantos buldogues quanto pudessem a fim de salvá-los de desaparecer para sempre.

Seus esforços chamaram a atenção de Alan Scott, que começou a trabalhar com eles com o objetivo final de aumentar o número de bulldogs.

Johnson então cruzou sua linha de cães com Buldogues ingleses mais verdadeiros encontrados no norte, que eram cães que se gabavam de ter mantido sua robustez natural e atlética.

Hoje, o Bulldog Americano é uma das raças mais populares nos Estados Unidos e seus números aumentaram como resultado.

Personalidade da Raça Bulldog Americano

Como mencionado anteriormente, o American Bulldog é muitas vezes confundido com American Pit Bull ou American Staffordshire Terrier, mas elas não são raças relacionadas.

Os Buldogues Americanos não são agressivos nem descontrolados.

Pelo contrário: são conhecidos por serem determinados, confiantes e corajosos.

Eles também são cães dominantes por natureza e, por serem tão fisicamente fortes, não são a melhor escolha para tutores de primeira viagem.

Eles precisam ser corretamente socializados e adestrados. Nas mãos certas, são cães bastante amáveis e divertidos, ficando mais extrovertidos à medida que amadurecem.

Esses cães formam fortes laços com suas famílias.

Os Buldogues Americanos também têm bastante energia e são muito inteligentes, fáceis de adestrar e conhecidos por serem excepcionalmente obedientes.

Alguns Bulldogs Americanos são conhecidos por saltar mais de um metro para o ar!

Por isso, os muros da sua casa devem ser seguros e altos o suficiente para manter esses cães atléticos e poderosos em segurança dentro de casa.

Saúde do Bulldog Americano: Veja os Pontos Críticos

A raça Bulldog Americano tem uma expectativa de vida de 8 a 10 anos. São geralmente saudáveis, mas, como todas as raças, está propensa a certos problemas de saúde.

Nem todos os Bulldogs vão adquirir estas doenças, mas é importante estar ciente delas se você estiver pensando em ter um cachorrinho dessa raça

Displasia de quadril

Ocorre desenvolvimento anormal e/ou degeneração da articulação coxofemoral (quadril).

Displasia de Cotovelo

É uma má-formação da articulação do cotovelo em que as taxas de crescimento dos três ossos que a compõem causam frouxidão nesta articulação.

Trata-se de um problema muito comum em raças de cachorros de grande porte.

Catarata

Esta doença causa uma opacidade na lente do olhos causando dificuldade visual.

Os sinais de catarata aparentam uma mancha branca na lente do olho.

A catarata pode ser tratada cirurgicamente.

Demodicose

É um tipo de sarna causada pelo ácaro Demodex Canis, conhecida popularmente como Sarna Demodécica ou Sarna Negra.

Hipotiroidismo

É causado por uma deficiência de hormônio da tireoide.

Os sinais que incluem infertilidade, obesidade, aborrecimento mental e falta de energia.

O pelo do cão pode se tornar grosseiro e quebradiço e começar a cair, enquanto a pele fica dura e escura.

O tratamento para hipotireoidismo inclui a reposição do hormônio.

Geralmente, a medicação deve continuar durante toda a vida do cachorro.

Obesidade:

A obesidade é definida como um aumento de mais de 20% acima do peso corporal ideal.

Síndrome Braquicefálica

Este distúrbio é encontrado em cães com focinho curto, narinas estreitas ou palato mole alongado.

Suas vias aéreas podem ficar obstruídas em diferentes graus.

Pode causar desde respiração ruidosa ou difícil até o colapso total das vias aéreas.

Cães com síndrome braquicefálica comumente fungam e bufam.

O tratamento varia de acordo com a gravidade da doença, mas inclui a oxigenoterapia, bem como a cirurgia para alargar as narinas ou encurtar os palatos (cirurgicamente).

Pelagem do Bulldog Americano

A pelagem do Bulldog Americano é curta, lisa e com textura macia.

Esses cães têm queda de pelos moderada e trocam completamente a pelagem duas vezes por ano.

Cores

Eles podem ter uma variedade de cores, incluindo:

  • Branco
  • Tigrado
  • Fulvo
  • Vermelho
  • Marrom

Eles também podem ter uma mistura de branco e todas as outras cores.

Cuidados e Higiene Com o Bulldog Americano

Devido à sua pelagem curta, os cuidados podem ser mínimos.

Escovar a pelagem com uma escova macia 1 vez por semana é suficiente.

Quanto aos banhos, podem ser dados 1 vez ao mês ou conforme necessário.

Alguns bulldogs são propensos a se tornarem obesos, por isso é fundamental manter uma alimentação saudável.

Certifique-se também de exercitar regularmente seu Bulldog Americano com caminhadas diárias, de preferência em horários mais amenos.

Sem exercícios e estímulos adequados, os Bulldogs Americanos também podem começar a apresentar comportamentos indesejáveis, como mastigar objetos e móveis.

Então, forneça muitos brinquedos para que ele possa se distrair.

Também é necessário fazer a socialização desde filhote, pois esses cães são naturalmente protetores (às vezes até demais), então é preciso socializá-los para que tenham um comportamento aceitável.

O adestramento também é uma obrigação. Apesar da fama de serem teimosos, esses cães aprendem rápido e, se adestrados corretamentes, se tornam muito obedientes.

Convívio do Bulldog Americano Com Crianças e Outros Pets

Os Buldogues Americanos se dão bem com as crianças.

Principalmente com as quais cresceram em uma família e com crianças mais velhas que sabem como se comportar ao seu redor.

Esses cães não têm idéia de sua própria força, o que significa que eles podem facilmente derrubar uma criança mais nova.

Entretanto, qualquer interação entre as crianças e cães deve ser sempre bem supervisionada por um adulto.

Quanto aos outros animais, desde que eles sejam bem socializados, há possibilidade de convivência.

Mas é preciso ter cuidado quando eles estão perto de animais de pequeno porte, tais como gatos, pois eles têm tendência à dominância.

Alimentação do Bulldog Americano

Sabemos que o Bulldog Americano é um cachorro robusto e forte e, portanto, você deve dar conta das suas necessidades nutricionais.

Além do mais, a maneira mais rápida de fazer um cachorro feliz e saudável é por meio de uma alimentação balanceada.

Quer seja uma ração comercial ou uma alimentação natural para cachorros, é importante verificar os ingredientes para saber qual decisão tomar.

Se você alimentar seu Bulldog Americano corretamente, ele será mais enérgico, terá menos problemas de saúde e estará menos propenso ao ganho excessivo de peso.

Igualmente, com uma alimentação saudável, sua pele e pelagem também ficarão excelentes, com brilho e maciez e com certeza ele terá menor queda de pelos.

Então, para garantir todos os nutrientes que o seu Bulldog Americano precisa, vamos dar uma olhada nas necessidades dele.

Nutrientes Necessários Para o Bulldog Americano: Como Escolher a Melhor Nutrição

O principal item da dieta de um Bulldog Americano, assim como de outras raças de cachorros, é a carne.

Da carne são extraídas as proteínas, aminoácidos e uma pequena porcentagem de gordura, da qual ele necessita.

Se você observar no rótulo da sua ração preferida, o primeiro item da lista é geralmente uma proteína.

As fontes de proteína saudáveis e próprias para consumo são a carne, a farinha de carne, o frango e a farinha de frango.

Recuse as formulações com farinha de penas, farinha de ossos, farinha de carne e ossos, farinha de subprodutos, farelo de milho, farelo de soja, soja, trigo ou milho.

A porcentagem de proteínas para um Bulldog Americano pode variar de acordo com a idade:

  • para um Bulldog Americano adulto, o ideal é de 22 a 26% de proteína;
  • para um Bulldog Americano filhote, de 24 a 28% de proteína.

Certifique-se de que seu Bulldog Americano está consumindo essa porcentagem de proteína para que ele desenvolva uma boa saúde.

Um bom nível de proteínas na dieta também ajudará a evitar o sobrepeso, uma vez que a alimentação com proteínas favorece o metabolismo e evita o acúmulo de gorduras.

Falando em gorduras, é o segundo nutriente necessário na dieta do seu Bulldog Americano.

A gordura é uma fonte de energia principalmente para filhotes, que estão em fase de crescimento.

Assim como as proteínas, filhotes necessitam de maior nível de gorduras, em torno de 14 a 18%, enquanto que para um adulto esse nível varia de 12 a 16%.

Assim como falado no artigo sobre os Labradores Retrievers, todos os cachorros não necessariamente precisam de carboidratos em suas dietas.

Os alimentos do seu Bulldog Americano nunca devem conter conservantes químicos, açúcares ou corantes artificiais.

Preço de um Filhote de Bulldog Americano

Essa é uma dúvida frequente para muitas pessoas que estão em busca do seu filhote perfeito.

O preço de um filhote de Bulldog Americano pode variar absurdamente de um criador para outro.

Algumas variáveis que compõem o preço de um filhote, seja ele Bulldog Americano ou de outra raça, são:

  • Os custos que o criador tem para adquirir e para manter as matrizes;
  • Os custos de todos os cuidados dispensados para produzir uma ninhada;
  • Os custos com veterinários e outros profissionais envolvidos.

Ou seja, quanto maior o nível de profissionalismo e cuidado com todos os animais envolvidos, maior é o preço de um filhote.

Em contrapartida, infelizmente, existem criadores que mantêm seus cães em situações de vida insalubres e, por isso, têm um preço mais baixo.

Fuja deles!

Estas questões não são a regra e, por isso, é totalmente indicado que você pesquise a fundo como são as condições de criação e a reputação desse criador de cães.

Faça várias visitas ao canil, de preferência sem hora marcada, para se certificar de que está fazendo a escolha certa.

Em nossa pesquisa, encontramos preços de Bulldog Americano entre R$1.000,00 a R$3.500,00.

Conclusão

Agora que você já sabe tudo sobre seu Bulldog Americano, queremos saber como é seu convívio e de sua família com essa raça incrível.

Compartilhe conosco suas experiências com seu Bulldog Americano deixando um comentário.

Além disso, também criamos uma hashtag perfeita para você e seu Bulldog Americano.

Publique no seu Instagram uma foto do seu Bulldog Americano com a seguinte hashtag #bulldogsincriveis.

Você poderá ter uma foto do seu Bulldog Americano neste artigo!

Nos ajude também a compartilhar essas informações e ajudar centenas de milhares de pessoas com seus Bulldog Americano.

Compartilhe com seus amigos e em suas redes sociais.

Um AUbraço! E até o próximo artigo!