boston terrier 8

O Boston Terrier é uma raça de cachorro originário dos Estados Unidos.

Eles foram originalmente criados para serem cães de briga, mas hoje são companheiros gentis e afetuosos.

Eles são altamente inteligentes e podem ser facilmente adestrados.

Mas talvez sejam teimosos de vez em quando!

Essa raça contém padrões de cores em sua pelagem que lhe renderam o apelido de “cavalheiro americano”.

Os Boston Terriers amam estar em contato com outras pessoas e animais, principalmente amiguinhos da mesma raça.

Continue lendo para ver essas e outras características do Boston Terrier neste guia completo que a Cachorros Incríveis preparou para você.

Perfil da Raça Boston Terrier

Grupo: Cães de Companhia

Tamanho: Porte Pequeno

Peso: Tanto machos como fêmeas podem pesar de 4,5 a 11 quilos.

Altura: Tanto machos como fêmeas podem ter de 38 a 43 centímetros.

Expectativa de vida: de 13 a 15 anos.

Origem: Estados Unidos

Pelagem: curta, lisa

Cores: Preto e branco, Tigrado e branco

Destaques da Raça Boston Terrier

Boston Terriers São Ótimos Cães de Companhia

A raça é extremamente orientada para as pessoas, pois é carinhosa e gentil.

Ela também pode ser uma ótima opção para tutores de primeira viagem.


Bulldogs Franceses Podem Ter Dificuldades Respiratórias

Por causa do seu focinho achatado, Bostons podem ter problemas respiratórios.

Por isso, não lidam muito bem com o calor e precisam ser monitorados em dias quentes para garantir que não se excedam.

Eles podem superaquecer muito rapidamente no tempo quente por causa de suas faces mais planas.

É necessário manter seu Boston num ambiente fresco e confortável ou até mesmo no ar condicionado.

Esse não é um cão que pode ficar do lado de fora em um dia quente.


Boston Terriers Têm Tendência a Obesidade

Bostons adoram comer e vão comer demais se tiverem a chance.

Por isso, você deve monitorar sua ingestão de alimentos.

Também é importante que ele seja exercitado todos os dias para mantê-lo em forma.

Para prevenir de se tornarem obesos.

História da Raça Boston Terrier

De acordo com o clube oficial da raça, o Boston é uma verdadeira raça americana, nascida e criada nos EUA.

Entretanto, suas origens exatas são discutidas ainda hoje.

Mas nada pode ofuscar a importância do primeiro cão dessa raça, chamado de Judge.

Esse cachorrinho é tido como fundador da raça Boston Terrier.

Ele foi adquirido por Robert Hooper, um criador de cães, em meados de 1800.

Judge foi exportado da Inglaterra para os Estados Unidos e é fruto de um cruzamento entre o Bulldog Inglês e o antigo Terrier Inglês.

Robert Hopper era conhecido por ser um entusiasta do cruzamento entre essas duas raças.

Esses cruzamentos eram especialmente populares nas regiões de mineração da Inglaterra durante a década de 1870.

Eles eram valorizados por sua inteligência, tendo herdado os melhores traços de suas raças de pais, com a vantagem adicional de serem ótimos caçadores de ratos (uma característica bastante valorizada na época).

Já nos Estados Unidos, a raça começou a se desenvolver e se tornou favorita entre as classes mais altas de uma região de Boston conhecida como Beacon Hill.

Ao longo desenvolvimento da raça como vemos hoje, sua aparência foi sendo moldada com o cruzamento com outras raças, como o Bulldog Francês.

Nos primeiros anos, a cor e as marcas não eram muito importantes.

já no século XX, as marcas e cores distintivas da raça foram escritas no padrão, tornando-se uma característica essencial.

Esse padrão foi estabelecido em 1900, mas isso foi revisado várias vezes até que foi adotado quatro anos depois, em 1914.


Personalidade da Raça Boston Terrier

Embora originalmente criados para lutar, bem como caçar ratos em antigas fábricas, hoje Boston Terriers são cães de companhia.

Esses cães amam contato humano e atenção.

São brilhantes e ativos, sempre prontos para brincar e fazer amigos.

Mesmo sendo cheios de energia, são ótimos para famílias que vivem a apartamentos, pois não precisam de muito espaço para viver!

São também bastante inteligentes e podem ser adestrados com certa facilidade.

Por outro lado, Boston Terriers podem ser muito protetores com seus tutores, o que pode resultar em comportamento agressivo e territorial em relação a outros animais de estimação e estranhos se não forem socializados.

Tanto as fêmeas quanto os machos geralmente são quietos e latem apenas quando necessário.


Saúde do Boston Terrier: Veja os Pontos Críticos

A raça Boston Terrier tem uma expectativa de vida de 8 a 10 anos. São geralmente saudáveis, mas, como todas as raças, estão propensas a certos problemas de saúde.

Nem todos os Bostons vão adquirir estas doenças, mas é importante estar ciente delas se você estiver pensando em ter um cachorrinho dessa raça

Catarata

Esta doença provoca uma opacidade na lente dos olhos causando dificuldade visual.

Os sinais de catarata aparentam como uma mancha branca na lente do olho.

A catarata pode ser tratada cirurgicamente.

Obesidade:

A obesidade é definida como um aumento de mais de 20% acima do peso corporal ideal.

Síndrome Braquicefálica:

Este distúrbio é encontrado em cães com focinho curto, narinas estreitas ou palato mole alongado.

Suas vias aéreas podem ficar obstruídas em diferentes graus.

Pode causar desde respiração ruidosa ou difícil até o colapso total das vias aéreas.

Cães com síndrome braquicefálica comumente fungam e bufam.

O tratamento varia dependendo da gravidade da doença, mas inclui a oxigenoterapia, bem como a cirurgia para alargar as narinas ou encurtar os palatos (cirurgicamente).

Cherry Eye “Olho de Cereja”

Esta doença ocorre quando a glândula da terceira pálpebra aumenta e fica inchada. Parece uma massa vermelha – uma cereja – no canto interno do olho do cachorro.

O tratamento para a doença é geralmente a cirurgia.

Luxação Patelar

Ocorre quando a patela (osso do joelho) é deslocada da articulação. Esse deslocamento pode ser total ou parcial.

Surdez

Esta é uma condição hereditária, mas pode ser testada enquanto os filhotes são muito jovens.

Cães surdos não devem ser reproduzidos.

Pesquisas indicam que a surdez está ligada à cor.

Genes que causam filhotes brancos ou com pelos brancos que despertam um padrão diferenciado estão ligados à surdez.

Megaesôfago Congênito

Esta é uma doença que afeta o esôfago, tornando-o dilatado.

A comida e o líquido são retidos no esôfago do cão, fazendo com que regurgite sua comida.

Como resultado, os cães podem ter pneumonia por aspiração ou o esôfago pode ficar obstruído.

A dieta pode ser ajustada para fornecer o mínimo de regurgitação.

A doença em si não pode ser tratada, mas o manejo do cão pode ajudá-lo a viver bem normalmente.

Espirro invertido:

Este não é realmente um problema de saúde, mas geralmente ocorre quando os fluidos nasais escorrem pelo palato mole, fazendo com que ele se feche.

Esses sinais parecem muito piores do que realmente são. Tente acalmar seu Bulldog acariciando sua garganta e isso deve passar rapidamente.

Pelagem do Boston Terrier

No início da raça, Judge e seus primeiros descendentes possuíam pelos escuros e brancos.

Mas os Bostons de hoje são bem conhecidos por seu distinto padrão preto e branco, muito embora o padrão da raça permita tigrado e branco ou selo e branco também.

A impressão geral deve ser a de “um terno de smoking”.

Para especialistas na raça, um Boston Terrier ideal deve ter a cor branca cobrindo o tórax, focinho, faixa ao redor do pescoço, as pernas dianteiras, até os jarretes nas pernas traseiras e uma faixa branca entre os olhos.

A pelagem do Boston Terrier é curta, lisa e brilhante.

Esses cães têm queda de pelos moderada e trocam completamente a pelagem duas vezes por ano.


Cuidados e Higiene Com o Boston Terrier

Devido a sua pelagem curta, os Boston Terriers exigem pouca necessidade de higiene.

Escovar a pelagem com uma escova macia 1 vez por semana é suficiente, promove a saúde da pelagem porque distribui os óleos da pele e também estimula o crescimento de novos pelos.

Quanto aos banhos, podem ser dados 1 vez ao mês ou conforme necessário.

Também é necessário fazer a socialização nos cães desde filhotes, pois são naturalmente protetores, às vezes exageradamente, então é que tenham um comportamento aceitável.

O adestramento também é uma obrigação, pois esses cães aprendem rápido e, se adestrados corretamente, se tornam muito obedientes.

Convívio do Boston Terrier Com Crianças e Outros Pets

Os Bostons se dão bem com as crianças.

Principalmente as crianças com as quais cresceram em sua família e, especialmente, com crianças mais velhas que sabem como se comportar ao seu redor.

Esses cães não têm idéia de sua própria força, o que significa que eles podem facilmente derrubar uma criança mais nova.

Entretanto, vale lembrar que qualquer interação entre as crianças e cães deve ser sempre bem supervisionada por um adulto.

Quanto aos outros animais, desde que eles sejam bem socializados, há possibilidade de convivência.

Mas é preciso ter cuidado quando eles estão perto de animais de pequeno porte, tais como gatos, pois eles têm tendência à dominância.

Alimentação do Boston Terrier

Uma dieta bem equilibrada é vital para manter seu Boston Terrier saudável e feliz.

Para uma boa nutrição, garanta que a sua dieta contenha equilíbrio de todos os nutrientes essenciais.

Uma suplementação com vitaminas e minerais pode ser feita se necessário. Para isso, fale com seu veterinário.

Conhecer alguns fatores básicos de dieta e nutrição vai ajudar você a determinar que tipo de dieta é melhor para seu Boston Terrier.

Como com todos os seres vivos, existem cinco elementos básicos que são necessários para a saúde ideal do seu Boston Terrier

São eles: vitaminas, minerais, proteínas, gorduras e carboidratos (com restrição).

Outro elemento muito importante é a água, que é essencial para o organismo do seu Boston Terrier.

A quantidade de cada elemento podem variar de acordo com a idade, nível de atividade, condições de saúde e/ou doença.

Todos esses nutrientes combinados somam-se em suas calorias para montar uma dieta ideal.

Para calcular a quantidade de calorias que seu cachorro deve comer acesse esta calculadora de calorias própria para cachorros aqui.

Aconselhamos, no entanto, que você consulte o médico veterinário.
Ao escolher entre as opções de rações comerciais seca ou úmida (ou ambas) ou a alimentação natural para cachorros, certifique-se de estar oferecendo a melhor nutrição.

Mantenha seu Boston Terrier em boa forma, sempre colocando a quantidade correta de alimento e dividindo-a em 2 ou 3 refeições ao dia.

Preço de um Filhote de Boston Terrier

Essa é uma dúvida frequente para muitas pessoas que estão em busca do seu filhote perfeito.

O preço de um filhote de Boston Terrier pode variar absurdamente de um criador para outro.

Algumas variáveis que compõem o preço de um filhote, seja ele Boston Terrier ou de outra raça, são:

  • Os custos que o criador tem para adquirir e para manter as matrizes;
  • Os custos de todos os cuidados dispensados para produzir uma ninhada;
  • Os custos com veterinários e outros profissionais envolvidos.

Ou seja, quanto maior o nível de profissionalismo e cuidado com todos os animais envolvidos, maior é o preço de um filhote.

Em contrapartida, infelizmente, existem criadores que mantêm seus cães em situações de vida insalubres e, por isso, têm um preço mais baixo.

Fuja deles!

Estas questões não são a regra e, por isso, é totalmente indicado que você pesquise a fundo como são as condições de criação e a reputação desse criador de cães.

Faça várias visitas ao canil, de preferência sem hora marcada, para se certificar de que está fazendo a escolha certa.

Em nossa pesquisa, encontramos preços de Boston Terrier entre R$1.000,00 a R$6.500,00.

Conclusão

Agora que você já sabe tudo sobre seu Boston Terrier, queremos saber como é seu convívio e de sua família com essa raça incrível.

Compartilhe conosco suas experiências com seu Boston Terrier deixando um comentário.

Além disso, também criamos uma hashtag perfeita para você e seu Boston Terrier.

Publique no seu Instagram uma foto do seu Boston Terrier com a seguinte hashtag #bostonterriesincriveis.

Você poderá ter uma foto do seu Boston Terrier neste artigo!

Nos ajude também a compartilhar essas informações e ajudar centenas de milhares de pessoas com seus Boston Terrier.

Compartilhe com seus amigos ou em suas redes sociais.

Um AUbraço! E até o próximo artigo!