border collie 13

O Border Collie é considerado a raça de cachorro mais inteligente do mundo, ele está em primeiro lugar no ranking de inteligência canina.

Foram desenvolvidos na fronteira entre Inglaterra e Escócia como cães pastores, e são famosos por seu olhar intimidador para o rebanho.

Tem alto nível de energia e precisam de muito exercício, sem atividades eles podem se tornar destruidores.

São fáceis de adestrar e extremamente focados.

Ainda hoje são utilizados como cães de pastoreio ao redor do mundo.

Características do Border Collie

((( Se você tem um site adicione este infográfico – veja as instruções no final do artigo )))

Gostou? Compartilhe este Infográfico com seus amigos:

 

Para adicionar este infográfico no seu site, é preciso colocar os créditos e o link em sua publicação, então clique aqui para obter o código.

Perfil da Raça Border Collie

Grupo: Cães de Pastoreio

Tamanho: Porte grande

Altura: Os machos podem ter em torno de 48 a 56 centímetros de altura, e as fêmeas chegam ao máximo de 46 a 53 centímetros.

Peso: Para os machos o peso médio vai de 14 a 20 quilos, já para as fêmeas o  peso médio varia de 12 a 19 quilos.

Expectativa de vida: de 12 a 15 anos.

 

Destaques Da Raça Border Collie

Border Collie é o Cão Mais Inteligente do Mundo

O Border Collie é considerado o cão mais inteligente do mundo.

Ele está em primeiro lugar no Ranking de Inteligência, elaborado por Stanley Coren em seu livro A Inteligência dos Cães.

O ranking não só avalia a inteligência como a capacidade de trabalho.

Segundo Coren, animais na primeira faixa de inteligência (o Border Collie está em primeiro lugar da primeira faixa) começam a mostrar sinais de compreensão de comandos com apenas 5 repetições e não precisam de muita prática para manter os comandos.

Podem obedecer a ordem do treinador em 95% dos casos.

A resposta nestes cães é bem rápida, em questão de segundos, mesmo que o treinador esteja à distância.

 

Border Collie Tem Altos Níveis de Energia e Requer Bastante Exercício

Border Collies precisam de muito mais exercício físico e estimulação mental do que muitas outras raças.

São extremamente enérgicos, acrobáticos e atléticos, e frequentemente competem com grande sucesso em competições de esportes para cães.

Border Collies são famosos campeões de Frisbee e Agility.

 

Border Collie Irão Pastorear Qualquer Coisa Que Se Mova

Border Collies levam a sério seu trabalho. Eles são considerados os melhores cães para pastoreio.

Ele tentará pastorear tudo que se move, incluindo crianças, carros, pessoas em bicicletas, e outros animais como gatos e esquilos.

Nunca deixe um Border Collie fora da coleira quando estiver em uma área aberta, ou eles vão perseguir pessoas e outros animais e beliscar canelas.

Esta característica de pastoreio continua no sangue do Border Collie.

Um outro traço de pastoreio do Border Collie é o seu olhar hipnótico que obriga ovelha a se mover e virar.

Border Collies não terão escrúpulos em usar seu olhar em você para obter aquilo que ele quer.

 

Border Collie é um Excelente Cão de Guarda

O Border Collie está sempre alerta. São concentrados e observadores. Sabem o que está acontecendo em todo o tempo.

A raça é excelente cão de guarda e irá alertá-lo para a chegada do carteiro, de um ladrão ou de um rato.

Alguns podem se tornar até mesmo um incômodo de tanto latir.

 

Border Collie é um Excelente Cão de Esportes

Border Collies se destacam em vários esportes para cães, além do sucesso em testes de pastoreio.

Aliás, por causa do alto instinto de pastoreio, eles são excelentes neste esporte.

Sua performance também é ótima nos saltos em competições de Agitlity.

É tão boa, que na Inglaterra, fazem uma separação entre os outros cães e o Border Collie nas competições.

Sua treinabilidade também lhes deu grande destaque em competições de dança de cães.

 

História Da Raça Border Collie

Acredita-se que o Border Collie originou-se em um lugar na fronteira da Inglaterra e da Escócia, mais precisamente no condado de Northumberland.

A raça foi desenvolvida para o pastoreio de gado, principalmente ovelhas.

O nome "Border Collie" veio do simples fato da raça ter sido desenvolvida em um lugar na fronteira anglo-escocesa.

No século XIX, podemos encontrar várias publicações em que os cães com a descrição "Collie" ou "Colley" são mencionados.

As ilustrações que datam desta época mostram características externas variadas.

Às vezes, os cachorros se parecem mais com o atual pastor escocês, em outros casos eles se parecem com Border Collie, e às vezes é impossível reconhecer uma raça atual.

Embora estas ilustrações sejam relativamente recentes, estima-se que Border Collies e/ou seus ancestrais já trabalhassem como pastores de ovelhas há séculos ao redor da fronteira da Inglaterra e Escócia.

Acredita-se que a raça Border Collie como conhecemos hoje é descendente de um único cão, chamado Old Hemp.
Old Hemp foi um cachorro inteligente e silencioso usado por muitos pastores.

Ele era conhecido como o melhor cão de pastoreio ao redor.

Old Hemp competiu muitas vezes na modalidade de “testes de pastoreio” e foi invicto em sua carreira durante toda a sua vida.

De 1894, onde foi realizado o primeiro teste de pastoreio que aconteceu em Bala, País de Gales, até sua morte, em 1891.

Este Border Collie gerou mais de 200 filhos e um número desconhecido de filhas.

Os seus filhos e netos de Old Hemp também tiveram grande influência sobre o padrão da raça, já que herdaram com sucesso, as características físicas e habilidades de pastoreio de Old Hemp.

Muitos deles se tornaram cães de prova bem-sucedidos.

Desta forma, é graças a Old Hemp que o Border Collie se tornou popular no final do século XIX.

Em 1915, James Reid, secretário da Sociedade Internacional de Cães Pastores no Reino Unido, utilizou pela primeira vez o termo "Border Collie".

Esse nome foi utilizado para distinguir a raça de outros cães de trabalho, como o Scotch Collie, o Rough Collie e Smooth Collie, que eram então registrados pelo Kennel Club de Collies.

Os Border Collies ainda são os melhores cães de pastoreio no mundo, e altamente apreciado pela sua ética e capacidades de trabalho.

 

Personalidade Da Raça Border Collie

O Border Collie tem personalidade caracteristicamente alerta, energética, trabalhadora e inteligente.

Ele aprende rapidamente - tão rápido que às vezes é difícil mantê-lo desafiado.

Esta raça é capaz de aprender novos comandos com apenas algumas repetições, e isso significa que eles podem aprender hábitos ruins e comportamentos negativos de forma rápida também!

Por isso, se você quer ter um Border Collie, esteja pronto para fornecer uma liderança amorosa ao seu cão, treine-o de forma consistente e justa, e dê-lhe muito exercício e estímulos para sua inteligência.

O Border Collie pode se destacar em qualquer atividade de desempenho e trabalho como: pastoreio, Agility, obediência, etc.

Borders também podem fazer trabalhos de busca e resgate.

Com um olhar intenso e atento, eles abordam cada tarefa colocada diante deles com o foco de um atleta olímpico.

Ver um Border Collie no trabalho, seja em um campo ou em um curso de Agility é verdadeiramente de tirar o fôlego.

O Border Collie não é um cão de casa, eles precisam de muito espaço. É preciso que hajam brincadeiras e exercícios diariamente.

A ansiedade de separação é comum nesta raça e pode ser grave.

Isso pode acontecer porque Border Collie precisam de muita atividade para serem felizes, então, quando estão entediados e sozinhos, a ansiedade pode aparecer rapidamente.

Border Collies irão mastigar, latir, uivar e cavar quando deixados sozinho por muito tempo, a menos que sejam devidamente exercitados.

Muitos tutores de Borders relatam que seus cães são acumuladores. Eles acumulam ou colecionam brinquedos, e não é incomum encontrar uma seleção inteira de itens adquiridos enterrados em suas camas ou outros espaços seguros!

 

Saúde Do Border Collie: Veja os Pontos Críticos

Os Border Collies geralmente são saudáveis, mas, como todas as raças, estão propensos a determinados problemas de saúde.

Isso não significa que todos os Border Collies desenvolverão estas doenças, mas é importante que você fique ciente delas se estiver considerando adquirir essa raça.

Displasia de Quadril

Trata-se de uma deformidade genética na qual parte do osso do fêmur (cabeça do fêmur) não se encaixa adequadamente no encaixe do quadril (osso da bacia).

Atrofia Retiniana Progressiva

São distúrbios degenerativos do olho que eventualmente levam à cegueira permanente em ambos os olhos.

Alergias

São reações excessivas do sistema imunológico a um alérgeno, que é qualquer substância que seja capaz de induzir uma reação nesse animal em particular.

O tratamento para alergias deve ser direcionado a eliminar o alérgeno da convivência do cachorro.

Epilepsia

É uma doença neurológica que pode ser herdada ou não.

A epilepsia causa convulsões leves ou graves que podem se mostrar como um comportamento incomum (como correr freneticamente como se fosse perseguido, andar cambaleando ou se escondendo) ou mesmo caindo, membros rígidos e perda de consciência.

É assustador assistir a uma convulsão, mas a epilepsia idiopática geralmente é tratável.

É importante levar o seu cachorro ao médico veterinário para um diagnóstico adequado, pois as convulsões podem ter outras causas e é essencial descobrir a causa para o tratamento.

Anomalia de Olhos do Collie:

Esta é doença hereditária que causa mudanças e anormalidades no olho, o que às vezes pode levar à cegueira.

Essas mudanças podem incluir um desenvolvimento anormal da coróide (parte dos olhos com vasos sanguíneos), coloboma (um defeito no disco óptico), estafiloma (um desbaste da esclera) e desprendimento de retina.

Pode ocorrer na idade adulta, geralmente em torno dos dois anos de idade.

Não há tratamento para a condição.

Osteocondrose Dissecante (OCD):

Esta doença é causada pelo crescimento impróprio da cartilagem nas articulações, geralmente ocorre nos cotovelos, mas também pode acometer os ombros.

Promove endurecimento doloroso da articulação, até o ponto em que o cachorro não consegue mais movimentar a articulação.

 

Pelagem do Border Collie

O Border Collie apresenta uma grande variação na cor da pelagem.

Algumas cores são mais mais populares e outras mais difíceis de se ver.

Ele também possui duas variedade de comprimento de pelo, uma variedade de pelo curto (2,5 cm de comprimento) e variedade de pelo médio (8 cm de comprimento).

Essas duas variedades apresentam “capa dupla” de pelos, isto é, possui duas camadas de pelos.

Uma das camadas é a superior e mais grosseira, e a outra é a inferior e macia.

Para os Border Collies criados para trabalho, a cor da pelagem não é tão importante, mas sim a eficiência do cachorro no trabalho.

Já para os cães de exposição, a CBKC determina que todas as cores são permitidas, desde que o cão não tenha branco predominante (mais que 50%).

Para que o Border Collie expresse determinada cor é necessária combinação de vários genes específicos, que irão determinar se o cachorro será bicolor, tricolor, com marcas bronzeadas, com coloração diluída ou não.

A título de curiosidade, o número de genes que atua na expressão da cor é de em torno de oito.

Os principais são:

B: determina se é preto ou marrom

A: determina marcações do tipo tricolor, saddle e sable.

K: determina a manifestação do tipo tricolor, saddle e sable, isto é, mesmo que o cão tenha os genes acima, é o gene K que determina se ele vai se expressar.

D: responsável pela diluição (diluído ou não diluído)

M: responsável pela pelagem Merle (esse gene pode causar doenças)

E: responsável pelo vermelho australiano.

S: responsável pela distribuição de branco

T: responsável pelas manchinhas escuras no branco

L: determina pelagem curta ou longa

 

Cores do Border Collie

Preto e Branco:

A cor preta e branca é a cor mais comum!

Tricolor

O Border Collie tricolor pode ter  as cores preto, branco e bronze. Se caracteriza por um cão preto e branco com marcação nas "bochechas", "sobrancelhas", patas e abaixo do rabo.

Outra forma de tricolor é o marrom, branco e bronze. Se caracteriza por um cão marrom e branco com marcações bronze na bochecha, sobrancelhas, patas e abaixo do rabo.

Black Saddle

O Black Saddle é apenas uma variação do tricolor, onde as marcações bronze se estendem.

Sable

Fonte: chazakbordercollies. com

Borders Sable apresentam no mesmo pelo duas variações de coloração, uma mais clara e outra mais escura.

A distribuição de cores e as tonalidades podem variar bastante.

Azul e Branco

O Border Collie azul e branco é basicamente o preto e branco, porém com os genes da diluição, que fazem a pelagem preta clarear para um cinza amarronzado.

Azul e Branco Tricolor

É a versão diluída do preto, branco e bronze.

Sable Azul

O Sable Azul é o padrão sable sobre a pelagem diluída do preto.

Seal e Branco

Fonte: aviarybordercollies. com

O padrão Seal e branco é que ele se trata de um sable fantasma.

Isto é, o cachorro possui a genética para um cão sable, mas os genes dependentes para sua expressão não estão presentes.

Acontece apenas na cor preta, dando essa aparência de "queimado".

Marrom e Branco

Saddle Marrom

Fonte: thebluespirits.weebly. com

Red Saddle ou Saddle marrom é a variação tricolor, onde a marcação bronze se estende.

Sable Marrom

Fonte: border-wars. com

O padrão sable sobre a coloração marrom, isto é, no mesmo pelo duas cores, onde a mais externa é a marrom.

Lilás e Branco

Lilás e branco é a cor que se produz com a diluição do marrom e branco.

Lilás Tricolor

Fonte: border-wars. com

Lilás tricolor ou lilás, branco e bronze é o marrom diluído com marcações bronze no rosto, patas e rabo.

Tigrado

O tigrado é um padrão de pelagem que afeta a cor base, mas deixa "rastros". Isto é, enquanto no sable se percebe a cor base (preto, marrom, azul ou lilás) pela ponta dos pelos e no merle pelas manchas escuras, no tigrado será pelas listras.

Azul Merle

O azul merle ou blue merle, que é quando o cachorro preto e branco tem o gene M (merle) e apresenta esse efeito "marmorizado" da pelagem. Todo blue merle possui o manto cinza com manchas pretas.

Azul Merle Tricolor

Fonte: borderstarcollies.co.uk

O Azul Merle Tricolor é o Tricolor sob efeito do gene merle, apresentando as cores azul merle, branco e marcações bronze.

Saddle Merle

Saddle do preto + gene merle, marmorizando a cobertura preta no dorso.

Slate Merle

Fonte: thebluespirits.weebly. com

O Slate merle é o cachorro azul e branco que possui o gene merle. A pelagem será cinza claro e as manchas escuras serão azuis/cinzas escuras.

Slate Merle Tricolor

Slate merle tricolor ou slate merle e bronze. Azul tricolor + gene merle. Manto cinza com manchas azuis/cinzas escuras e marcações tan no rosto, sobrancelhas, patas e abaixo do rabo.

Sable Merle

Fonte: barvy.weebly. com

O Sable merle é quando se junta os genes para preto e branco, Sable e Merle.

Sable Slate Merle

O Border sable slate merle possui a pelagem azul, o gene sable e o gene merle.

Merle Marrom

O Border Merle marrom possui o gene merle sobre a pelagem marrom, criando um manto claro avermelhado com manchas aleatórias marrons.

Merle Marrom Tricolor

É um Border marrom e branco com bronze o gene merle.

Lilás Merle

Neste Border o gene merle está sobre a pelagem lilás, causando o efeito de marmorização.

Lilás Merle Tricolor

A cor é o lilás merle com marcações bronze.

Vermelho Australiano

O Vermelho Australiano é uma variedade na qual o Border é amarelo e pode ocultar qualquer outro gene que determine sua cor.

 

Um grande problema genético está no gene Merle (M)

Um cruzamento entre dois Borders merles (em qualquer uma das variedades) poderia produzir filhotes com gene duplo merle, isto é MM.

Com dois genes "M" agindo, pode ocorrer uma expressão genética onde há falta de pigmentação na pele e pelos, e que pode gerar surdez, pois  células capilares sensitivas que estão localizadas no ouvido precisam ser pigmentadas para que haja transformação do som em impulsos neurológicos.

Além disso, os mesmos genes duplicados (MM) podem causar deformações nos olhos como: irregularidades no formato da pupila, luxação da pupila, microftalmia (olhos pequenos) ou anoftalmia (sem formação dos olhos).

Por esses fatores a reprodução envolvendo merles requer mais atenção que em pelagens não merles.

 

Cuidados e Higiene Com o Border Collie

Cuidados com Adestramento e Exercícios

Comece a adestrar o seu Border Collie cedo e seja consistente. Tente apresentar os comandos com precisão.

Use um reforço positivo em seu treinamento e evite formas muito negativas de correção.

Corrija também os comportamentos característicos de pastoreio inapropriados, como a perseguição de carros, imediatamente.

Esteja em contato com seu Border Collie com frequência, acostumando-o com a manipulação das patas, da boca, da orelha, etc.

Tenha uma rotina de exercícios diariamente. Border Collies precisam de pelo menos 1 hora de exercício todos os dias.

 

Cuidados Com a Pelagem e Higiene

O Border Collie tem a pelagem resistente e que costuma ter queda de pelos moderada.

Procure manter uma rotina de escovação semanalmente para minimizar a queda de pelos por todo o ambiente.

Nas épocas de maior queda (verão e inverno) faça a escovação duas vezes por semana.

A pelagem do Border Collie não precisa de banhos frequentemente.

Então, em geral, você só vai ter que dar banho em seu Border quando ele estiver realmente sujo, mas uma vez ao mês pode ser suficiente.

Você terá que molhá-lo bem por causa da sua “capa dupla”, e na sequência esfregá-lo com um bom shampoo para cachorro e certifique-se de enxaguar bem depois.

 

Convívio do Border Collie Com Crianças e Outros Pets

Muitos tutores pensam que os Border Collies não são cachorros para a família no entanto, na realidade, nada poderia estar mais longe da verdade.

Existem diversos fatores que tornam ou não um cachorro apropriado para a família.

Em geral, Border Collies são cães ótimos para famílias.

Para isso é necessário que sejam criados desde filhotes, recebendo treinamentos e comandos.

Ele se dá bem com crianças e outros animais de estimação, embora seu instinto de pastoreio faça com que ele queira perseguir e latir para as crianças, especialmente muito pequenas.

Por isso, seus instintos devem ser corrigidos desde cedo para que possam conviver melhor com as crianças e outros animais.

 

Alimentação Do Border Collie

É muito importante você manter uma alimentação saudável para seu Border Collie

Uma dieta bem equilibrada é vital para manter seu Border Collie saudável e feliz.

Para uma boa nutrição do seu Border Collie, garanta que a sua dieta contenha equilíbrio de todos os nutrientes essenciais.

Uma suplementação com vitaminas e minerais pode ser feita se necessário. Para isso, fale com seu veterinário.

Ao escolher entre as opções de rações comerciais seca ou úmida (ou ambas) ou a alimentação natural para cachorros certifique-se de estar oferecendo a melhor nutrição.

Evite alimentos que contenham milho ou trigo como principais ingredientes, evite também quantidades excessivas de conservantes químicos.

Evite também formulações com estes ingredientes: farinha de carne e ossos, farinha de subprodutos, farinha de penas, farelo de milho, farelo de soja.

Ao comprar uma ração comercial seca ou úmida confira os níveis de proteínas, carboidratos e gorduras, assim como as fontes destes elementos.

Os níveis ideais de proteínas indicados para animais adultos variam de 18 a 21%, para filhotes variam entre 22 a 25%.

Já os níveis de gordura indicados variam de 5% para adultos, e 8% para filhotes e fêmeas em reprodução.

Os carboidratos não fazem mal para seu Border ou qualquer raça de cachorro, pois o sistema digestivo deles consegue utilizá-los.

Mas o ideal é mantê-los o mais baixo possível, pois não há necessidade real de alto carboidrato.

 

Conclusão

Agora que você já sabe tudo sobre seu Border Collie, queremos saber como é para você ter esse cachorro energético e atleta em sua casa.

Compartilhe conosco suas experiências com seu(s) Border(s) deixando um comentário.

Além disso, também criamos uma hashtag perfeita para você e seu Border Collie.

Publique no seu Instagram, uma foto do seu Border Collie com a seguinte hashtag #bordercolliesincriveis.

Você poderá ter uma foto do seu Border Collie aqui neste artigo!

Nos ajude também a compartilhar essas informações e ajudar centenas de milhares de pessoas com seus Border Collies.

Compartilhe com seus amigos ou em suas redes sociais.

Um AUbraço! E até o próximo artigo!

Links Úteis

Border Collie Advice

Border Collie Museum

 

Embed This Image On Your Site (copy code below):